SEJA BEM VINDO

H1



H2



H3



H4



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


01/04 - VÍDEOS: TEM Notícias 2ª edição de Sorocaba e Jundiaí desta quarta-feira, 1º de abril
Assista aos vídeos do telejornal com notícias de Sorocaba, Jundiaí e região. Assista aos vídeos do telejornal com notícias de Sorocaba, Jundiaí e região.
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: MG2 quarta-feira, 1º de abril
Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Minas Gerais. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Minas Gerais.
Veja Mais

01/04 - Diagnóstico de coronavírus pode precisar de um segundo exame, diz secretário de Saúde
O secretário de Saúde estadual explicou que no resultado 'falso negativo', o paciente está infectado, mas o vírus está em local diferente do que foi feita a coleta. Exames podem dar resultado falso negativo Reprodução/TV Anhanguera O diagnóstico da Covid-19 pode não ser exato no primeiro teste. Por isso, em alguns casos, há a necessidade de um segundo exame. O secretário de Saúde estadual explicou que no 'falso negativo', o paciente está infectado, mas o vírus está em local diferente do que foi feita a coleta. "O vírus que causa a Covid-19 pode estar alojado no pulmão. No entanto, ele pode não ser detectado, em alguns casos, por não estar presente no local da coleta da amostra, que normalmente é feita no nariz ou na faringe", explica. Esse foi o caso do cineasta mato-grossense Bruno Bini, que foi diagnosticado com Covid-19, nesta quarta-feira (1º). Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Cuiabá desde a semana passada. Ele já tinha sido submetido a um exame que havia apontado negativo para a doença. O secretário explica que não são todos os casos que precisam ser feitos um segundo teste. "Se o paciente faz uma coleta em um determinado momento, passar os 14 dias de isolamento e três dias depois do fim da quarentena ele não apresentar mais nenhum sintoma, provavelmente ele está curado. Nesse caso, não há necessidade de um segundo teste", afirma. Ele também explica que há o caso inverso: o falso positivo. Nesse resultado há detecção do vírus, no entanto a pessoa não está doente. O secretário afirma que um novo exame pode ser feito, mas em cada caso é levado em consideração a necessidade do paciente, ou seja, se ele tem sintomas, se está hospitalizado e o qual o seu quadro de saúde." O número de casos confirmados do novo coronavírus em Mato Grosso subiu para 28 nesta quarta-feira (1º), segundo informou a Secretaria Estadual de Saúde (SES). São quatro casos confirmados a mais que o balanço anterior, divulgado nessa terça-feira (31). Destes, 19 são em Cuiabá, cinco em Rondonópolis, dois em Várzea Grande, um em Nova Monte Verde e outro em Tangará da Serra. Cinquenta e um por cento dos pacientes são homens.
Veja Mais

01/04 - Santos recebe 20 mil testes para diagnóstico do novo coronavírus
A partir desta quarta-feira (1º), exames serão realizados em um laboratório particular, contratado pela Secretaria de Saúde. Ao todo 20 mil testes chegaram na cidade de Santos (SP) Isabela Carrari/ Prefeitura de Santos A Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, divulgou que recebeu 20 mil testes para agilizar diagnóstico do novo coronavírus. A partir desta quarta-feira (1º) os exames de pacientes internados em unidades de saúde municipais da cidade serão feitos em um laboratório particular contratado pela Secretaria da Saúde. O objetivo, de acordo com a administração municipal, é acelerar os testes já que o Instituto Adolfo Lutz, laboratório de referência no Estado, está sobrecarregado, causando uma espera que ultrapassa dez dias. A prefeitura ainda informa que o Laboratório Centro de Genomas será o responsável pela análise dos exames nas unidades municipais. A estimativa é que sejam enviados de 50 a 100 exames para análise, diariamente. Os profissionais de saúde que trabalham em unidades municipais também terão direito a realizar o exame no caso de suspeita da Covid-19. Coleta é feita com secreção nasal e oral do paciente Isabela Carrari/ Prefeitura de Santos Exame A Secretaria de Saúde explica que as análises são feitas a partir de testes moleculares, de alta precisão e confiabilidade, o mesmo realizado pelo Instituto Adolfo Lutz. A previsão é de que os resultados fiquem prontos em até 48 horas. O laboratório também será responsável pelo fornecimento dos insumos necessários para a coleta das amostras, além da retirada delas na Seção Centro de Diagnóstico da SMS. Este exame é feito a partir da amostra de secreções das mucosas nasal e oral, coletada por meio de uma haste de plástico chamada swab. Essa amostra é colocada em um frasco específico, preenchido com soro fisiológico para preservar o material coletado antes de seguir para o laboratório. Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - Suspeito de tráfico é preso em flagrante após usar próprio apartamento para vender drogas
Suspeito foi preso em prédio na quadra 1.304 Sul, em Palmas. Prisão foi feita pela Denarc em desdobramento de operação que prendeu duas pessoas nesta terça-feira (31). Droga e dinheiro apreendidos com o suspeito Denarc Palmas/Divulgação Um homem de 21 anos foi preso pela Delegacia de Repressão a Narcóticos (Denarc) de Palmas, nesta quarta-feira (1º), suspeito de traficar drogas no próprio apartamento. Com ele foram encontrados três quilos de maconha. De acordo com a Polícia Civil, a prisão é um desdobramento da operação realizada nesta terça-feira (31) na região sul da capital. O jovem foi preso em um prédio na quadra 1.304 Sul, onde ele comercializava drogas. De acordo com a polícia, o suspeito teria recebido um carregamento de uma mulher que foi presa um dia antes na região sul de Palmas. "Em continuidade a ação de ontem, obtivemos informações de que a mulher presa havia distribuído drogas pela cidade, sendo que um dos suspeitos teria ficado com cerca de 20 kg do entorpecente para revender", explicou delegado Ênio Walcacer. Os agentes da delegacia montaram vigilância no prédio e observaram um intenso fluxo de usuários entrando e saindo do apartamento do jovem. Conforme a Polícia Civil, os policiais entraram no local e foram recebidos pelo próprio dono do imóvel, que estava de posse de uma porção grande de maconha. Os agentes fizeram uma busca completa no local e localizaram várias barras e pedaços de maconha, dinheiro e uma balança de precisão. O jovem foi preso em flagrante e levado para a Denarc, onde foi autuado por tráfico de drogas. Depois, foi mandado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP). Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Veja Mais

01/04 - Sobe para 71 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Maranhão
Ao todo, foram 19 novos casos nas últimas 24 horas. Atualmente, a SES monitora 774 casos suspeitos e outros 1413 foram descartados. Novo coronavírus tem infectado centenas de milhares de pessoas ao redor do mundo Reprodução/Getty Images Subiu para 71 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Maranhão, segundo último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Apenas um óbito pela doença foi registrada até o momento. Ao todo, foram 19 novos casos nas últimas 24 horas. Atualmente, a SES monitora 774 casos suspeitos. Outros 1413 casos suspeitos foram descartados e 12 pessoas foram curadas da doença. Na manhã desta quarta (1º), o governador Flávio Dino (PCdoB) chamou atenção para as medidas preventivas tomadas no estado e já previa o crescimento de casos. "Estamos enfrentando um inimigo grave e real: o coronavírus. Próximo boletim da Secretaria de Saúde vai registrar crescimento de casos. Reforço o apelo por medidas preventivas. Dependemos da consciência e engajamento de todos para evitar mortes e sofrimentos", publicou em uma rede social. Quarentena Por causa da evolução no número de casos, a proibição de funcionamento de diversos comércios e estabelecimentos no Maranhão foi mantida por tempo indeterminado, mas, segundo o Governo do Maranhão, será reavaliada semanalmente. A proibição de funcionamento afeta os seguintes segmentos: Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres; Templos, igrejas e demais instituições religiosas; Museus, cinemas e outros equipamentos culturais, público e privado; Academias, clubes, centros de ginástica e estabelecimentos similares; Lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio ou prestem serviços de natureza privada; “Shopping center”, galeria/centro comercial e estabelecimentos congêneres, salvo quanto a supermercados, farmácias e locais que prestem Serviços de saúde no interior dos referidos dos estabelecimentos; Feiras e exposições; Indústrias, excetuadas as dos ramos farmacêutico, alimentício, de bebidas, produtos hospitalares ou laboratoriais, obras públicas, alto forno, gás, energia, água, mineral, produtos de limpeza e higiene pessoal, bem como respectivos fornecedores e distribuidores. Primeira morte no Maranhão O secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Lula, confirmou no domingo (29) a primeira morte por infecção pela Covid-19 no Maranhão. A vítima é um homem de 49 anos, de São Luís e que tinha histórico médico de hipertensão. Ele estava internado em uma unidade hospital da capital maranhense. Centro de Testagem O Maranhão possui dois Centros de Testagem para casos do novo coronavírus. O primeiro, é localizado localizado na Policlínica Diamante em São Luís. O segundo também é localizado em São Luís, no Viva Beira-Mar. Devem procurar os centros pessoas que estejam com sintomas de febre, tosse e dificuldade de respirar ou tenham feito viagens para outras áreas que estejam com casos confirmados da doença, e tenham tido contato com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19. Os laboratórios estão recebendo a coleta de material para a realização de exames para Covid-19 e dando orientações sobre as medidas que devem ser tomadas após o laudo. Os locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Cuidados Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas. Dicas de prevenção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - Coronavírus: Justiça do Trabalho destina mais de R$ 600 mil para Hospital Odilon Bherens
Quantia depositada em juízo faz parte de dívida trabalhista de uma empresa de transportes. O valor será destinado para o combate à covid-19. Recursos depositados em juízo por uma empresa de transportes rodoviários urbanos foram repassados para o Hospital Odilon Bherens em Belo Horizonte. O valor de cerca de R$ 650 mil é referente à parte de uma dívida da empresa com a justiça. A decisão foi tomada pela juíza June Bayão Gomes Guerra, da 19ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, nesta terça-feira (31). Segundo a Justiça do Trabalho, no acordo entre a empresa de transportes e o Ministério Público do Trabalho (MPT), ficou decidido que a destinação dos valores pagos seria indicada pelo próprio ministério. Foi determinado que a quantia já depositada fosse revertida ao hospital, em função da crise de saúde atual e a escassez de equipamentos, para atender à comunidade. De acordo com a magistrada, “são de conhecimento público os efeitos catastróficos da pandemia, em países nos quais a doença já se espalha em estágio mais avançado, especialmente no que diz respeito à insuficiência dos sistemas de saúde e sua falência”.
Veja Mais

01/04 - Prefeitura de Araraquara confirma mais dois casos de Covid-19 e total chega a cinco
Pacientes de 41 e 46 anos estão internados em hospital de Américo Brasiliense. teste coronavírus exame covid-19 Francisco França/Secom-PB O Comitê de Contingência do Coronavírus de Araraquara (SP) confirmou mais dois casos positivos para coronavírus, na noite desta quarta-feira (1º). Com as confirmações, o município soma cinco casos de Covid-19. Segundo a prefeitura, os pacientes, de 41 e 46 anos, estão estáveis, internados na enfermaria do Hospital Regional de Américo Brasiliense e respondem bem ao tratamento. Na terça-feira (31), Araraquara havia confirmado os três primeiros casos positivos de Covid-19, registrando a primeira morte pela doença na região. Até a última atualização, realizada na noite desta quarta-feira, Araraquara tem 33 casos suspeitos sendo monitorados e aguardando resultado de exames, dos quais 14 pessoas permanecem internadas. Há também duas mortes em investigação. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.
Veja Mais

01/04 - Confira as últimas notícias sobre o coronavírus em Itapetininga e região
Cidades monitoram casos suspeitos, há confirmações de Covid-19 na região Confira as últimas notícias sobre o coronavírus em Itapetininga e região Cidades monitoram casos suspeitos, há confirmações de Covid-19 na região
Veja Mais

01/04 - Polícia conclui que jovem desaparecida há 2 meses foi morta e suspeito é preso no Acre
Homem foi apresentado por videoconferência à Justiça do Acre. Jovem sumiu depois de deixar filho em lanchonete da família. Polícia conclui que jovem que sumiu há 2 meses foi morta e suspeito é apresentado em vídeo à Justiça no AC Arquivo da família Um dos investigados na morte da jovem Kesia Nascimento da Silva foi preso na terça-feira (31) pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia cumpriu um mandado de prisão temporária contra o rapaz, que foi levado para o Complexo Prisional Francisco d’Oliveira Conde, em Rio Branco. Devido à pandemia de Covid-19, a Justiça acreana suspendeu os atendimentos presenciais e viagens, no último dia 16, para evitar a proliferação da doença, mas o suspeito participou de uma audiência de apresentação por videoconferência com a juíza Luana Campos. Kesia sumiu no dia 28 de janeiro deste ano após deixar o filho pequeno em uma lanchonete da família, na Estrada da Floresta, em Rio Branco. Ela tinha esquizofrenia, fazia tratamento contra a doença e tomava remédios. O delegado responsável pelo caso, Martin Hessel, confirmou a prisão do rapaz, mas disse que só vai comentar sobre o caso após concluir o inquérito, o que ainda não ocorreu. O corpo de Kesia ainda não foi achado. Videoconferência Ao G1, a juíza Luana Campos, titular 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco, explicou que a audiência é usada para informar os motivos da prisão ao suspeito e quanto tempo ele vai ficar no presídio. “A Resolução do Conselho Nacional de Justiça prevê dois tipos de custódias, que são por prisão em flagrante e a audiência de apresentação em que a pessoa não é presa em flagrante e tem uma prisão preventiva ou temporária decretada. Esse pessoal que integra facção criminosa é preso em vários processos, então, nem sabem o motivo da prisão. Fazemos essa audiência para saberem”, resumiu. Investigações No dia 27 de fevereiro, a Polícia Civil disse que já tinha ouvido dez pessoas envolvidas no caso. Porém, o delegado Martin Hessel disse, na época, que não ia divulgar mais informações para não atrapalhar as investigações. No dia do sumiço, Kesia deixou o filho de 6 anos na lanchonete da tia e saiu. Os parentes não viram a direção tomada pela jovem e nem se ela estava acompanhada. A Polícia Civil do Acre chegou a informar que buscava imagens que pudessem ajudar a descobrir com quem a jovem saiu da lanchonete. Em entrevista ao G1 no dia 14 de fevereiro, a mãe de Kesia, a professora Maria Darc do Nascimento, disse que tinha procurado a polícia quase todos os dias em busca de notícias.
Veja Mais

01/04 - Três suspeitos de roubar fazenda se acidentam na fuga e um deles é baleado em confronto com a PM em MT
PM conseguiu localizá-los em rodovia e eles tentaram fugir até que se acidentaram e foram presos. Carro capotou durante perseguição PM-MT Três homens suspeitos de roubo foram presos na BR-364, em Rondonópolis, na região sul do estado, em um confronto com a polícia nesta quarta-feira (1º). A polícia soube que os suspeitos de roubo a uma fazenda, em Itiquira, estavam na BR-163 em um Uno. A polícia localizou os suspeitos e ao abordá-los os criminosos furaram o bloqueio fugindo pelo pátio de um posto de combustível. Um dos suspeitos foi baleado e outro ficou ferido no acidente PM-MT Eles seguiram em direção à BR-364 - sentido Pedra Preta - e, segundo a polícia, um deles que estava no banco de trás apontavam uma arma em direção ao carro da polícia. A Polícia Militar mandou por várias vezes que eles parassem, mas eles se recusaram e continuaram a tentativa de fuga. Um dos policiais atirou nos pneus traseiros do veículo e quando os pneus murcharam o motorista perdeu o controle da direção e o carro caiu em um barranco. O veículo capotou. Policiais apreenderam armas com os suspeitos PM-MT Um dos suspeitos saiu por uma das portas traseiras do veículo e atirou contra os policiais. Ele foi atingido em uma das pernas e foi preso. Os outros dois suspeitos foram presos dentro do veículo. Foram apreendidas três armas de fogo. Um dos suspeitos ficou preso nas ferragens. O Corpo de Bombeiros foi ao local e resgatou o homem das ferragens. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou os dois feridos ao Hospital Regional de Rondonópolis para atendimento. O proprietário da fazenda que foi invadida e um funcionário reconheceram os suspeitos detidos. Um deles tinham mandado de prisão em aberta e todos os três tinham várias passagens por roubo furto e receptação.
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: TEM Notícias 2ª edição de Itapetininga desta quarta-feira, 1º de abril
Assista aos vídeos do telejornal com notícias de Itapetininga e Região. Assista aos vídeos do telejornal com notícias de Itapetininga e Região.
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: Jornal Tapajós 2ª edição de quarta-feira, 1º de abril
Assista a todos os vídeos do telejornal com notícias de Santarém e Região. Assista a todos os vídeos do telejornal com notícias de Santarém e Região.
Veja Mais

01/04 - Pacientes de Porto Alegre contam como está a rotina após se recuperarem do coronavírus
Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre estima que 26 pacientes já não estejam com a Covid-19. De acordo com médico, para considerar um paciente curado, é necessário não haver mais os sintomas iniciais do vírus. Curados da Covid-19 contam como foi passar pela doença Entre os 190 casos confirmados da Covid-19 em Porto Alegre até esta quarta-feira (1º), a Secretaria Municipal de Saúde estima que 26 pacientes já não estejam mais com o vírus. Após os 14 dias de quarentena, os infectados que apresentem melhora na saúde podem voltar a realizar atividades que o coronavírus os impedia. MAPA DO CORONAVÍRUS: avanço dos casos nas cidades CORONAVÍRUS NO MUNDO: n° de infectados passa de 840 mil PANDEMIA: veja quais países já registraram casos da doença Segundo o médico Renato Gabriel, para considerar um paciente curado, é necessário não haver mais os sintomas iniciais do vírus. "O conceito de cura é o desaparecimento dos sintomas iniciais da doença, que seria a febre, a tosse, a dor no corpo. Passado o período de quarentena e o paciente não apresentando esses sintomas, ele está curado." É o caso do casal Antonio Carlos Minuzzi Filho e Xuxa Pires, que após enfrentarem a doença, são considerados curados. Antônio, que é médico, conta que agora está ainda em um sistema de quarentena não mais de isolamento. "Eu fico muito tempo brincando com a minha filha. Uma coisa que eu não fazia há anos é tocar violão, ela canta. Estou tentando desfrutar esse momento familiar, almoçar juntos", relata. Ele foi infectado em Porto Alegre e após testar positivo, a esposa também apresentou os sintomas. "Eu poderia dizer que é um tsunami. O coronavírus entra no teu corpo, te derruba geral. Ele tira toda a tua energia.Tu não consegue fazer nenhuma atividade, tu fica acamada", ressalta Xuxa, que é produtora de eventos. O médico conta que foi melhorando um pouco a cada dia. "Fui começando a ter um pouco mais de disposição e o quadro de me sentir realmente mais disposto. De viver uma vida quase normal, eu fui ter com 15 dias." Os presidentes da dupla Gre-Nal também superaram o coronavírus. O dirigente do Grêmio, Romildo Bolzan apresentou sintomas leves, mas o do Internacional, Marcelo Medeiros, teve um quadro mais forte. "Foram 16 dias de isolamento completo, longe de todo mundo, agora voltei para o convívio da família. Tô muito feliz", diz o presidente do Internacional. Porém, ainda não se sabe se quem teve a doença pode pega-lá novamente. Os médicos recomendam que mesmo após o diagnostico, os hábitos de higiene devem prosseguir. Medeiros afirma que mesmo considerado curado, permanecerá em isolamento. "Apesar de estar liberado, vou continuar em casa. E é isso aí, fique em casa porque assim a gente vai superar essa crise de saúde que estamos vivendo." Xuxa ressalta que o coronavírus não é apenas uma gripe. "Tudo vai dar certo, nós somos prova disso. Mas não desprezem o vírus, ele não é só uma gripezinha", conclui. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - 'Pratique e Inspire': veja atividades em família e em casa para o período de isolamento social
Em quadro do RJ2, Carol Barcellos mostra exemplos do que fazer para aliviar estresse. Brincadeiras, atividades físicas e até trabalhos estão sendo realizados em grupo. RJ2 mostra como sair do tédio durante a quarentena Famílias do Rio estão criando formas de aproveitar o convívio dentro de casa e aliviar o estresse do período de isolamento social. Brincadeiras, atividades físicas e até trabalhos estão sendo realizados em grupo. Na estreia do quadro "Pratique e Inspire" no RJ2, a repórter Carol Barcellos mostrou algumas tarefas que podem ser colocadas em prática durante o período de quarentena entre pais, filhos e pessoas de todas as idades. Enquanto os menores podem ajudar os adultos nos afazeres de casa, os mais velhos podem aproveitar para brincarem com os jovens (veja no vídeo acima). Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - Avenida que sedia feira livre passa por higienização em Dracena
Trabalho é feito com uma solução à base de hipoclorito de sódio. Cidade confirmou 1º caso positivo de Covid-19 nesta quarta-feira (1º). Higienização foi realizada na Avenida Rui Barbosa, em Dracena Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Dracena A Prefeitura de Dracena, por meio da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Limpeza Pública, realizou na tarde desta quarta-feira (1º) a higienização na Avenida Rui Barbosa para a realização da feira livre. O trabalho também será feito após o término da feira. Para a desinfecção está sendo usada uma solução à base de hipoclorito de sódio, autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e eficaz para o extermínio de vírus e bactérias. De acordo com a Prefeitura, a retomada da feira livre, com restrições de atendimento, é baseada na resolução da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. Aos feirantes é exigido cuidado redobrado com a higiene, inclusive com a disponibilidade de álcool 70% para os clientes, e proibido que idosos e pessoas em grupo de risco trabalhem no local ou mesmo frequentem o ambiente. Também não deve haver mesas e cadeiras para os clientes, pois não pode ser consumido nada no local, segundo o Poder Executivo. Ainda conforme a Prefeitura, a Secretaria Municipal de Infraestrutura aumentou a distância entre as barracas e o Setor de Fiscalização inspeciona se os feirantes estão seguindo as recomendações, pois o descumprimento das medidas acarretará em multa. Higienização foi realizada na Avenida Rui Barbosa, em Dracena Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Dracena 1º Caso confirmado de Covid-19 A Prefeitura, juntamente com a Santa Casa de Misericórdia, confirmou na manhã desta quarta-feira (1º) o primeiro caso positivo de Covid-19 em Dracena. É também o primeiro caso positivo anunciado por um órgão oficial na região de Presidente Prudente (SP). A Prefeitura informou que foi feito o exame PCR para detecção do vírus Sars-CoV-2 junto ao Laboratório Hermes Pardini, em Belo Horizonte (MG), e nesta quarta-feira (1º) foi revelado o resultado positivo. A Prefeitura salientou que ainda espera o resultado de segundo exame feito junto ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo (SP). Higienização foi realizada na Avenida Rui Barbosa, em Dracena Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Dracena Higienização foi realizada na Avenida Rui Barbosa, em Dracena Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Dracena Initial plugin text Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: AB2 de quarta-feira, 1º de abril
Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Caruaru e Região. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Caruaru e Região.
Veja Mais

01/04 - Bolsonaro se desculpa por ter publicado vídeo fake sobre desabastecimento na Ceasa-MG
Central de Abastecimento de Minas Gerais informou que gravação compartilhada por Bolsonaro foi feita em dia de limpeza e que, por isso, local estava vazio. O presidente Jair Bolsonaro se desculpou nesta quarta-feira (1º) por ter publicado um vídeo fake sobre desabastecimento na Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa-MG). O vídeo foi compartilhado por Bolsonaro na manhã desta quarta. Na gravação, um apoiador do presidente afirma que a data é 31 de março. Ele mostra um galpão com pouco movimento e diz: "Isso aqui se chama desabastecimento. Fome também mata, desespero e caos matam". Conforme a Ceasa-MG, porém, a gravação foi feita no momento de limpeza e que, por isso, o local estava vazio. "Foi publicado em minhas redes sociais um vídeo que não condiz com a realidade para com o Ceasa/MG. Minhas sinceras desculpas pelo erro", publicou o presidente em uma rede social. Nesta quarta, o Globocop sobrevoou a Ceasa-MG e constatou o oposto do que relatava o vídeo publicado por Bolsonaro: muito movimento de caminhões e clientes no local. A assessoria de imprensa da Ceasa também informou que não há falta de produtos. Mais cedo, nesta quarta-feira, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que o abastecimento no país está "razoavelmente tranquilo" mesmo diante da pandemia do novo coronavírus. "Não temos notícia que esteja faltando qualquer tipo de alimento nos mercados e nas vendas", acrescentou a ministra.
Veja Mais

01/04 - ES deixa de contabilizar pacientes de outros estados e número de casos de coronavírus cai para 120
Governador Renato Casagrande chegou a divulgar que total era 122. Mas a Secretaria de Saúde explicou que dois casos são do RJ e de MG e não entram na contagem do ES. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) fixou em 120 o número de casos confirmados de novo coronavírus (Covid-19) no Espírito Santo até esta quarta-feira (1º). Antes da publicação do Boletim Epidemiológico diário, o governador Renato Casagrande havia divulgado um total de 122. Entretanto, dois casos são de pacientes de outros estados e que procuraram atendimento em cidades capixabas. Por isso, deixam de entrar na contagem da Sesa nos próximos boletins. Além disso, o Estado investiga uma morte por suspeita de Covid-19. Os dois casos a mais notificados pelo governador em uma publicação no Twitter são de um morador do Rio de Janeiro, identificado no início da semana, e um de Minas Gerais. Ambas notificações já foram repassadas pela Sesa aos estados de origem dos pacientes. "Logo, hoje não tivemos 25 e sim 24 novos casos. E não temos 122 e sim 120 notificações. Pedimos desculpas pela inconsistência nos números. A partir de amanhã (2), os casos do RJ e MG não serão mais contabilizados pelo governador", diz uma nota do governo enviada à imprensa. Total de casos Dos 1.823 casos notificados até o momento, 1.029 já foram descartados e 674 ainda estão em investigação. Dos confirmados, 13 pacientes já estão curados, 88 estão em isolamento residencial e 19 estão internados, sendo nove em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Não há registro de óbitos por Covid-19 no Estado e nenhum sepultamento ocorreu como indeterminado considerando-se essa doença. Casos confirmados por município: Vila Velha: 36 Vitória: 34 Serra: 22 Santa Teresa: 1 Linhares: 7 São Mateus : 3 Cariacica: 7 Cachoeiro de Itapemirim: 1 Castelo: 2 São Roque do Canaã: 1 Guarapari: 2 Itapemirim: 1 Viana: 1 Aracruz: 1 Afonso Cláudio: 1 Caso do RJ identificado no ES: 1 Caso de MG identificado no ES: 1 Transmissão comunitária O Governo do Estado reconheceu que há casos de transmissão comunitária, ou seja, quando não é possível identificar a origem do contágio. Com isso, medidas mais restritivas poderão ser adotadas. Coronavírus: o que se sabe sobre o novo vírus OMS declara pandemia de coronavírus Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Veja perguntas e respostas sobre a doença Cronologia dos casos O primeiro caso de coronavírus confirmado no Espírito Santo foi uma mulher de 37 anos que já cumpriu isolamento domiciliar e foi liberada. O segundo foi o paciente que viajou para São Paulo horas antes de receber o resultado positivo. Ele foi localizado pela Polícia Federal e encontra-se em isolamento num hotel da capital paulista. Na ocasião, o paciente alegou que saiu do isolamento ainda no Espírito Santo, “por achar que não tinha nada”. O terceiro é um homem, professor em Linhares, que não viajou para exterior e é cunhado do paciente que viajou para São Paulo. O quarto caso foi confirmado no domingo (15) pela Sesa. Depois, o número saltou para oito, de acordo com boletim da segunda-feira (16). Na quarta-feira (18), com o anúncio de três novos casos, o número subiu para 11. Na quinta-feira (19), dois novos casos foram confirmados. Na sexta-feira (20), o número chegou a 16. No boletim divulgado no sábado (21), foram contabilizados dez novos casos, totalizando 26. Já na segunda-feira (23), o número subiu para 33. Na terça (24), foram contabilizados 40 casos. Na quarta-feira (25), não houve mudança no número. Na quinta-feira (26), a quantidade de casos confirmados chegou a 48. No dia seguinte, o total chegou a 54. No sábado (28), o número de casos subiu para 61. No domingo (29), foram registrados 11 novos casos, saltando para um total de 72. Na segunda-feira (30), o total de casos subiu para 85. Na terça-feira, chegou a 97. Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão Infografia/G1
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: GR2 de quarta-feira, 1º de abril
Confira os vídeos do telejornal com as notícias do Sertão de Pernambuco. Confira os vídeos do telejornal com as notícias do Sertão de Pernambuco.
Veja Mais

01/04 - Estudo estima que 93% da população mundial têm restrições de viagem por Covid-19
Em 31 de março, 143 países tinham fronteiras completa ou parcialmente fechadas, segundo o Centro de Pesquisa Pew dos Estados Unidos. Pandemia também teve grande impacto nas reivindicações de asilo. Aviões de passageiros da Delta são vistos estacionados devido à redução no número de voos para retardar a propagação da doença por coronavírus (COVID-19) no Aeroporto Internacional de Birmingham, nos EUA, em 25 de março Elijah Nouvelage/Reuters Nove em cada dez pessoas em todo o mundo estão sujeitas a restrições de viagem devido a medidas tomadas pela pandemia da Covid-19, informou o Centro de Pesquisa Pew dos Estados Unidos nesta quarta-feira (1). À medida que o planeta se aproxima de um milhão de infectados e 50 mil mortos, 93% da população global de 7,2 bilhões de pessoas vivem em países que limitam a circulação pelas fronteiras daqueles que não são cidadãos ou residentes, e 39% em países com fronteiras totalmente fechadas para turistas, viajantes de negócios ou novos imigrantes. "Em 31 de março de 2020, 143 países tinham fronteiras completamente fechadas (64) ou parcialmente (79) devido ao surto da Covid-19", informou o centro Pew com base em anúncios de nações e dados da ONU. "À medida que mais países implementam ou expandem as restrições de viagem, espera-se que esses números aumentem", alertou. A China, o país mais populoso do mundo (1,4 bilhão) e onde o novo coronavírus foi relatado pela primeira vez em dezembro, fechou suas fronteiras inteiramente a todos os estrangeiros que não sejam funcionários diplomáticos ou científicos desde 18 de março. A Índia, com mais de 1,3 bilhão, e os Estados Unidos, com cerca de 330 milhões, ordenaram fechamentos parciais. Em grande parte dos países da América Latina, aplica-se o fechamento total de fronteiras. Em alguns, como Argentina e os andinos, com limitações de circulação para seus próprios cidadãos. Outros, como México e Venezuela, têm fechamentos parciais, enquanto a Nicarágua é a única que mantém suas fronteiras abertas, segundo o instituto. A pandemia da Covid-19 também teve impacto nas reivindicações de asilo. Os Estados Unidos anunciaram que rejeitarão potenciais requerentes de asilo em sua fronteira sul com o México e o Canadá, e que não atenderão aos pedidos daqueles que entrarem por terra em seu território. Na Europa, muitos pedidos de asilo foram suspensos. "Os 272 milhões de migrantes internacionais no mundo podem ter dificuldades em retornar aos seus países de origem em um futuro próximo devido ao aumento das restrições de viagens e ao menor número de voos comerciais", segundo o Pew. No entanto, as fronteiras ainda estão abertas ao fluxo de mercadorias, embora nos países da União Europeia, por exemplo, o período de espera para a circulação comercial tenha aumentado "substancialmente", destacou. Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - Comerciantes e banhistas de Aracaju são flagrados na praia descumprindo medidas contra o novo coronavírus
Defesa Civil disse que barracas estavam abertas reunindo dezenas de pessoas. Comerciantes e banhitas, na Orla da Atalaia, descumprindo o decreto municipal Defesa Civil/PMA Mesmos com os alertas e decretos abordando as medidas de isolamento e distanciamento social, a Defesa Civil do município de Aracaju flagrou, nesta quarta-feira (1º), durante uma fiscalização na Orla da Atalaia algumas barracas abertas na praia, reunindo dezenas de pessoas. De acordo com o órgão municipal, as fiscalizações e denuncias têm sido constantes. Eventualmente, há situações dessa natureza, exigindo a necessidade de atuação da Defesa Civil. “Nós orientamos que as barracas fechassem para evitar o uso comunitário de mesas e cadeiras, por exemplo, que podem transmitir o vírus. Como a ação é mais de orientação, demos um prazo para que as pessoas pudessem encerrar suas contas e deixassem o local”, ressalta o coordenador da Defesa Civil do município, major Silvio Prado. O decreto municipal, editado nesta quarta-feira pelo prefeito Edvaldo Nogueira, estabelece o não funcionamento desses locais. "Estamos monitorando os espaços públicos e orientando a população. No momento em que estamos, é necessário se preservar dentro das suas casas", disse. Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: SE2 desta quarta-feira, 1º de abril
Assista aos vídeos do telejornal. Assista aos vídeos do telejornal.
Veja Mais

01/04 - É #FAKE que Holanda reduziu mortes pela Covid-19 mesmo sem isolamento social
Mensagem foi publicada pelo ex-ministro Osmar Terra, mas não é verdadeira. Os Países Baixos, também chamados de Holanda, adotaram, sim, medidas de isolamento social e regras para quem ainda precisa ir às ruas. Uma mensagem compartilhada nas redes sociais pelo deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), ex-ministro da Cidadania, diz que os Países Baixos, também chamados de Holanda, não adotaram medidas de isolamento social. O texto afirma ainda que, apesar disso, o número de mortes pelo novo coronavírus "já passou do pico da epidemia e está indo para o fim". É #FAKE. G1 Os Países Baixos adotaram, sim, medidas de isolamento social, determinaram o fechamento de parte dos estabelecimentos comerciais e divulgaram uma série de regras para diminuir a disseminação da Covid-19, conforme consta de comunicado oficial. Caso a regra da distância de 1,5 metro entre as pessoas não seja cumprida, por exemplo, o governo pode multar os envolvidos. No texto, o governo diz que restaurantes e bares estão fechados, mas ainda é possível receber delivery ou buscar os itens no local. Os mercados, as lojas e o transporte público podem funcionar, mas os clientes devem manter a distância mínima de 1,5 metro e sempre higienizar as mãos. As escolas, as creches e as universidades também estão fisicamente fechadas e funcionam apenas com educação à distância. Museus e teatros também não podem abrir. Em relação a parques, praias e lojas, a decisão de fechar ou manter aberto é do governador de cada estado. Comunicado do governo dos Países Baixos pede a cidadãos que fiquem em casa o máximo possível, mantenham 1,5 metro de distância e lavem as mãos com mais frequência Reprodução/Internet Além disso, o governo publicou um novo comunicado nesta terça-feira (31) em que prorroga o fechamento até 28 de abril. No caso das escolas, as aulas não devem ser retomadas ao menos até meados de maio. Não poderão ser realizados eventos até 1º de junho. Ainda de acordo com o comunicado, o governo pede que todos os cidadãos evitem sair de casa, lavem mais as mãos, mantenham a distância em relação a outras pessoas, entre outras medidas. "O número de doentes ainda está aumentando, mas isso não é tão rápido quanto algumas semanas atrás, antes que as medidas fossem anunciadas. Qualquer pessoa que esteja infectada com o vírus o passará para menos pessoas em média do que seria o caso sem medidas. Isso significa que as medidas funcionam", diz trecho do comunicado do governo dos Países Baixos publicado nesta terça-feira (31). Segundo os dados mais recentes sobre a Covid-19 no mundo, compilados pela Universidade de Johns Hopkins, os Países Baixos registram 13.696 casos confirmados do novo coronavírus nesta quarta-feira. Foram 1.173 mortes por causa da Covid-19. Pela análise dos dados, ainda não é possível afirmar que os Países Baixos já atingiram o "pico da epidemia". O gráfico publicado na mensagem falsa do ex-ministro foi publicado originalmente no relatório diário desta quarta-feira (1º) do Ministério da Saúde, Bem-estar e Esporte do governo dos Países Baixos. Esse boletim informa que, no começo da pandemia, os Países Baixos testavam tanto pessoas com sintomas quanto quem tivesse tido contato com pessoas confirmadas com a Covid-19. Atualmente, porém, o teste do novo coronavírus é feito em quem pode ter um quadro grave do novo coronavírus e que, portanto, os números reais são superiores aos informados no relatório. É #FAKE que Holanda reduziu mortes pela Covid-19 mesmo sem isolamento social G1 Vídeo: Veja como identificar uma mensagem falsa Veja outras checagens feitas pela equipe do FATO ou FAKE Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - Coronavírus: Lacen realiza 600 testes por dia no Paraná, diz diretora
Resultados dos exames da Covid-19 saem em até 72 h a partir da chegada ao laboratório; governo aumentou quantidade de profissionais para atender demanda da pandemia. Laboratório Central do Estado reforça estrutura para fazer mais exames de coronavírus O Laboratório Central do Estado (Lacen) realiza 600 testes do novo coronavírus por dia, segundo a diretora técnica Irina Riediger. Ela concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (1º), na unidade do laboratório em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Veja no vídeo acima quais são as etapas do exame. COVID-19: Paraná tem 229 casos confirmados Segundo ela, há uma margem de segurança. Por isso, a capacidade poderá ultrapassar a casa dos 700 testes diários. Esses exames levam até 72 h para sair o resultado. O tempo é contado a partir da chegada da amostra ao laboratório, que recebe materiais de todo o estado. "[A quantidade] pode ser ampliada imediatamente com a capacidade que já temos instalada, caso seja necessário", afirma Irina. Ela explica não há uma fila de espera para os testes. Porém, a análise das amostras respeita uma ordem de prioridade. Casos suspeitos de profissionais da saúde, pessoas internadas em estado grave e óbitos têm preferência, conforme a diretora. Até esta quarta, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 4.514 testes para a Covid-19 tinham sido realizadas no estado, contando com laboratórios privados. O Lacen também já realizou contraprovas de exames privados. Profissionais e materiais O quadro de profissionais do Lacen foi ampliado em mais de 20%, de acordo com o Governo do Paraná. O número de funcionários deve chegar a 73 com o ingresso de dez bolsistas, dois profissionais temporários e outro que virá de um convênio com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas-Brasil). Segundo o governo, os bolsistas ajudam a desafogar os trabalhos administrativos, que antes eram executadas pelos biomédicos que trabalham nos laboratórios. Os materiais usados nos testes são enviados pelo Ministério da Saúde. Irina conta que, desde 11 de março, quando o Lacen começou a fazer os testes, os reagentes têm sido enviados de maneira ininterrupta. "Não tem nada que indique que vá ter desabastecimento", diz. Aumento da capacidade De acordo com a diretora técnica, o aumento da capacidade do Lacen depende de três variáveis, que são equipamentos, insumos e equipe. "A gente ainda tem espaço, equipes que podem ser usadas por mais tempo. Não estamos trabalhando 24 h ainda, mas poderíamos se for necessário", afirma. Os profissionais estão trabalhando no local entre 7h e 23h em dias de semana e das 8h às 18 aos sábados e domingos, informou a diretora. Vale lembrar que, paralelamente ao trabalho relacionado ao coronavírus, há a realização de outros testes pelo Lacen, como os exames da dengue. Os outros testes, conforme a diretora técnica, foram contingenciados. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Veja Mais

01/04 - Sindicato de Enfermeiros cria espaço para receber doações de EPIs em Caruaru
Doações poderão ser feitas na subsede do Sindicato que fica na Rua Afonso Celso. O Sindicato de Enfermeiros de Pernambuco criou um espaço para receber doações de equipamentos de proteção individual (EPIs) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Produtos como luvas, toucas, máscaras, álcool em gel, sabão líquido, papel toalha estão sendo aceitos pelos enfermeiros com o objetivo de combater o coronavírus. Veja os dados de coronavírus em Pernambuco As doações poderão ser feitas na subsede do Sindicato que fica na Rua Afonso Celso, 25, no bairro São Francisco, de 9h às 10h e à tarde 15h às 16h.
Veja Mais

01/04 - Avião da FAB com nove toneladas de equipamentos de proteção individual e álcool em gel chega ao Recife
Material é para o combate ao novo coronavírus no estado. O envio faz parte da Operação Covid-19, do Ministério da Defesa com o apoio do Ministério da Saúde. Avião da FAB chega a PE com 9 toneladas de equipamentos de proteção individual e álcool Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) carregado com nove toneladas de equipamentos de proteção individual e álcool 70% em gel para o combate ao novo coronavírus pousou no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre, na tarde desta quarta-feira (1º) (veja vídeo acima). Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Coronavírus: confira perguntas e respostas Saiba como estão os serviços no estado O avião, do modelo Hércules, partiu da base da força aérea, em Guarulhos, em São Paulo. O envio do material faz parte da Operação Covid-19, do Ministério da Defesa com o apoio do Ministério da Saúde. A Secretaria Estadual de Saúde informou que vai checar o material para definir como será feita a distribuição do material para a rede pública de saúde. Materiais de saúde desembarcam no Recife Reprodução/TV Globo Coronavírus em Pernambuco Até esta quarta (1º), o estado registrou 95 casos de pacientes com a doença Covid-19. Desse total, oito pessoas faleceram, ou seja, duas a mais do que no boletim divulgado na terça (31). Os dois novos óbitos em Pernambuco são de homens de 64 e 81 anos, moradores do Recife e de Olinda, respectivamente. O comparativo com os dados divulgados na terça mostra o registro de oito novos casos: sete no Recife e um em Aliança, na Zona da Mata. Além dessas duas cidades, os casos estão espalhados em dez municípios pernambucanos e no arquipélago de Fernando de Noronha. Também há pacientes que passaram por Pernambuco, mas moram em outros estados e países. Dicas de prevenção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - Rui Costa anuncia compra de 1 milhão de máscaras para profissionais da saúde da Bahia
Governador também incentivou uso das máscaras pela população, principalmente reutilizáveis, feitas de tecido, como medida de prevenção contra disseminação do novo coronavírus. Governador anuncia compra de 1 milhão de máscaras para os profissionais da saúde do estado O governador Rui Costa anunciou, nesta quarta-feira (1º), a compra de um milhão de máscaras do tipo N95 para serem distribuídas aos profissionais de saúde da Bahia. Durante uma live realizada nesta manhã, o governador falou sobre os recursos enviados pelo Ministério da Saúde e de que forma pretende usá-los. Coronavírus: o que se sabe sobre o novo vírus Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Veja perguntas e respostas sobre a doença "O único valor que chegou foi de R$ 32 milhões do Governo Federal, do qual estamos contratando serviços que estão sendo montados. Estamos montando as UPAs regionais que estavam fechadas. Mandei equipe para avaliar o Hospital São Lucas, que vai precisar de obras. Vamos contratar de toda essa rede de assistência do interior, estamos contratando para abrir serviços em Paulo Afonso. Hoje saiu material para Conceição do Coité. Estamos usando esses recursos. Chegaram ontem mais R$ 37 milhões do Ministério da Saúde. Aprovamos no conselho de gestão que o recurso seria uma parte para Feira de Santana e Salvador", disse. "Com o restante o estado pagaria o recurso, a assistência e os insumos para enviar para outras cidades. Estamos finalizando a compra de um milhão de máscaras N95, que é para ser utilizada por profissionais de saúde”, afirmou o governador. Durante a transmissão, Rui incentivou o uso das máscaras pela população, principalmente as reutilizáveis, feitas de tecido, como mais uma medida de prevenção contra a disseminação do novo coronavírus. A transmissão também contou a presença do infectologista Roberto Badaró e o secretário de saúde, Fábio Vilas Boas. "Evidentemente que a máscara não é uma barreira que protege 100%. As máscaras servem como barreira mecânica, o vírus não vai pelo ar, ele vai de pessoa a pessoa. Vale ressaltar que as máscaras não são as específicas para trabalhadores da área de saúde. Não há condições de comprar as máscaras N95 para distribuir para a população. O efeito não seria tão grande quanto o esperado", disse o infectologista. Governador anuncia compra de 1 milhão de máscaras para os profissionais da saúde do estado Reprodução/TV Bahia De acordo com Fábio Vilas Boas, o uso da máscara pode ser mais eficiente se a quantidade de pessoas usando o material aumentar. "Quem usa evitar emitir gotas de saliva no próximo. Eu lhe protejo, você me protege. Se a pessoa tosse no metrô, a máscara garante 50% de proteção de uma gotícula de saliva atingir a boca de outra pessoa. Se usa lente, melhor trocar por óculos. São formas de proteção que serão mais eficientes quanto mais pessoas usarem”, disse. Nesta quarta, Rui Costa também anunciou que dois espaços em Salvador serão utilizados para abrigar pessoas em condição de vulnerabilidade social infectadas pelo coronavírus: o Parque de Exposições e um local onde funcionava uma faculdade no Rio Vermelho. Cuidados Dicas de prevenção contra o coronavírus Arte/G1 Veja mais notícias no G1 Bahia.
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: Diário TV 2ª Edição de quarta-feira, 1º de abril
Assista as matérias dos telejornais da TV Diário. Assista as matérias dos telejornais da TV Diário.
Veja Mais

01/04 - Câmara aprova texto que adia contribuição previdenciária das empresas em até 90 dias
Suspensão do prazo vale por 60 dias, prorrogáveis por mais 30 a critério do governo. Depois, valores poderão ser parcelados em até 12 meses com correção pela Selic. Texto vai ao Senado. A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º) um projeto de lei que pode adiar, por até 90 dias, o pagamento da contribuição previdenciária por parte das empresas. A medida faz parte do pacote econômico frente à pandemia do novo coronavírus. O texto vai à análise do Senado. O projeto prevê que os prazos para depósito ficam suspensos por 60 dias, prorrogáveis por mais 30 a critério do governo federal. Depois, essa contribuição pode ser "quitada" em até 12 parcelas corrigidas pela taxa Selic. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a medida como alívio para a manutenção dos empregos. Desde o início do combate à Covid-19, Maia vem cobrando medidas mais rápidas e amplas do Executivo para proteger a economia. "O diferimento [adiamento] da contribuição patronal [...] também dá um alívio na manutenção dos empregos para muitas empresas. A gente sabe que é uma contribuição que no Brasil é muito maior que nos outros países", afirmou. O texto original previa o adiamento pelo prazo integral de 90 dias. A mudança, com os últimos 30 dias dependendo de análise, foi sugerida pelo líder do governo na Câmara, deputado Vitor Hugo (PSL-GO). Durante a análise em plenário, os deputados também aprovaram a prorrogação, por 30 dias, do prazo de entrega de declaração da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) referentes ao ano de 2019. Ministro da Casa Civil anuncia a sanção de R$ 200 bilhões para economia O projeto A proposta aprovada pela Câmara cria o "Regime Tributário Emergencial", que deve vigorar durante o estado de calamidade em saúde pública relacionado ao coronavírus. Segundo o relator, deputado Luiz Miranda (DEM-DF), o regime é facultativo. Pelo texto, os valores não recolhidos neste período podem ser pagos total ou parcialmente, sem a cobrança de juros ou de multa, até o dia 20 do mês seguinte ao fim do prazo de prorrogação. Para aderir ao parcelamento em até 12 meses, com correção pela Selic, a empresa precisa apresentar um requerimento até o último dia útil do primeiro mês de adiamento da contribuição. Se as empresas deixarem de pagar duas parcelas consecutivas ou quatro parcelas alternadas, o parcelamento será suspenso. O mesmo vale para o empregador que não mantiver, pelo menos, o mesmo número de empregados que estavam registrados em 3 de fevereiro de 2020. O contribuinte que for excluído do sistema de parcelamento precisará pagar imediatamente o débito. Além disso, estará sujeito ao pagamento de multa e juros moratórios. Estão excluídas da possibilidade de prorrogação dos prazos de pagamento da contribuição as empresas: de seguros privados de capitalização bancos distribuidoras de valores mobiliários corretoras de câmbio e de valores mobiliários sociedades de crédito, financiamento e investimentos sociedades de crédito imobiliário administradoras de cartões de crédito sociedades de arrendamento mercantil administradoras de mercado de balcão organizado associações de poupança e empréstimo bolsas de valores e de mercadorias e futuros entidades de liquidação e compensação O projeto determina, ainda, que pelos meses em que valer a lei, está proibida a aplicação de multa pelo descumprimento dos prazos para apresentação de declarações e documentos fiscais de tributos federais, como por exemplo: Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS); Livro Caixa Digital do Produtor Rural (LCDPR); Escrituração Contábil Digital (ECD) Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb) Escrituração Fiscal Digital das Contribuições incidentes sobre a Receita (EFD-Contribuições) Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf) O projeto aprovado também prorroga, enquanto durar a lei, os prazos das obrigações acessórias impostas aos microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte.
Veja Mais

01/04 - Pouso Alegre tem novo caso confirmado; Varginha agora é 2ª cidade com mais suspeitas
Dados divulgados pelas prefeituras foram contabilizados pelas secretarias municipais até a tarde desta quarta-feira (1º) Pouso Alegre confirmou mais um caso do novo coronavírus nesta quarta-feira (1º). É a terceira infecção da cidade até o momento, sendo que apenas uma delas já aparece no boletim oficial da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Em relação aos casos suspeitos divulgados pelas prefeituras até esta tarde, Passos, com 277, continua como o município do Sul de Minas com mais investigações do vírus. Varginha tem 221 suspeitas da doença e agora é a segunda cidade da região com mais casos em análise. Antes era Pouso Alegre, que na nova atualização ocupa a quarta posição. São Lourenço é a terceira cidade com mais casos suspeitos na região com 195 casos. O município os classifica de maneira separada, sendo seis suspeitos e 188 com síndrome gripal. Outras cidades como Itajubá, Três Corações e Três Pontas seguem padrão parecido de divulgação de dados. Por enquanto, nove casos do novo coronavírus foram confirmados no Sul de Minas pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Outros três casos já confirmados por prefeituras (dois em Pouso Alegre e um em Toledo) ainda não aparecem na lista oficial do Estado. Há pelo menos oito mortes em investigação pela doença. Cidades com mais casos suspeitos segundo dados municipais: Passos: 277 Varginha: 221 São Lourenço: 195 (6 suspeitos coletados e 189 por síndrome gripal) Pouso Alegre: 194 Itajubá: 184 (154 com síndrome gripal e 30 casos aguardam resultado) Poços de Caldas: 178 São Sebastião do Paraíso: 165 (151 com sintomas gripal e 14 aguardam resultado de exame) Três Corações: 95 (13 suspeitos, 2 suspeitos internados e 80 por síndrome gripal) Três Pontas: 93 (11 aguardam exames e 82 com síndrome gripal) Guaxupé: 94 Alfenas: 73 Camanducaia: 37 Para fazer o levantamento, o G1 utilizou como base as cidades do Sul de Minas que também apresentam o maior número de casos suspeitos de acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. O número de casos suspeitos da região ainda não foi atualizado pela SES-MG. Na plataforma onde vinha atualizando o número, o órgão informou que está migrando o sistema de notificação para outro do Ministério da Saúde e que, assim que possível, as informações serão atualizadas. Até o último boletim divulgado, eram 1.467 casos em investigação em 122 cidades. Os números divulgados pelas secretarias municipais, secretaria estadual e o Ministério da Saúde não são necessariamente iguais, já que os órgãos têm horários e procedimentos distintos para apresentação de seus boletins diários. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: RJ2 de quarta-feira, 1° de abril
Veja Mais

01/04 - Mega-Sena, concurso 2.248: resultado
Veja as dezenas sorteadas: 09 - 15 - 20 - 29 - 30 - 42. Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h Marcelo Brandt/G1 O concurso 2.248 pode pagar um prêmio de R$ 4,8 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorreu nesta quarta-feira (1º) em São Paulo (SP). Veja as dezenas sorteadas: 09 - 15 - 20 - 29 - 30 - 42. O rateio ainda não foi divulgado pela Caixa. Para apostar na Mega-Sena As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. Probabilidades A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.
Veja Mais

01/04 - Coronavírus: Prefeitura de Ponta Grossa anuncia linhas de crédito e substituição de dívidas de empresas por doações
Prefeito Marcelo Rangel (PSDB) disse que empresas com dívida ativa acima de R$ 100 mil poderão substituir débitos com doações de insumos e equipamentos para a Saúde. Prefeito Marcelo Rangel anuncia novas medidas de combate ao novo coronavírus A Prefeitura de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, anunciou um pacote para reduzir o impacto do novo coronavírus no desenvolvimento econômico da cidade. As medidas foram anunciadas na tarde desta quarta-feira (1º). Bolsonaro sanciona com vetos auxílio de R$ 600 mensais a trabalhadores informais Ponta Grossa tem três casos confirmados da Covid-19, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Em todo o Paraná são 229 diagnósticos. Entre as medidas que serão adotadas está a possibilidade da substituição de díidas ativas de empresas com o município por doações à Fundação Municipal da Saúde. Poderão participar empresas com dividas acima de R$ 100 mil. A prefeitura espera que as organizações contribuam com insumos, equipamentos, entre outros, para o combate à pandemia. Prefeitura de Ponta Grossa determina fechamento do comércio Ponta Grossa suspende eventos e anuncia contratação emergencial de 30 médicos A prefeitura anunciou ainda uma linha de crédito de R$ 4 milhões para pequenas e médias empresas. Cada empresário poderá contratar empréstimos até de R$ 20 mil com município. Outras medidas Durante uma transmissão ao vivo em uma rede social, o prefeito Marcelo Rangel (PSDB) disse ainda que o município irá adotar outras medidas. Entre elas está o pagamento de adicionais de insalubridade para profissionais da saúde que estão atuando na linha de frente do combate ao novo coronavírus Além disso, autônomos inscritos no programa municipal Ambulante Legal vão entrar automaticamente no cadastro para receber o auxílio de R$ 600 anunciado pelo Governo Federal. O prefeito disse ainda que a administração irá disponibilizar nos próximos dias inscrições para cursos profissionalizantes que poderão ser feitos pela internet. Prefeitura de Ponta Grossa anuncia linha de crédito de R$ 4 milhões para pequenas e médias empresas Prefeitura de Ponta Grossa/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Veja Mais

01/04 - Após mobilização de moradores e políticos, Lago de Furnas atinge cota mínima 762
Cota atingida no dia 24 de março não era vista há 3 anos e meio. Lago de Furnas atinge meta após período de chuvas O Lago de Furnas atingiu a cota 762, cota mínima que os municípios banhados pelo Lago de Furnas consideram ideal para o funcionamento de várias atividades. A cota foi atingida no dia 24 de março. No mês passado, uma mobilização de moradores e políticos pediu o retorno das águas ao lago. Esse nível é uma reivindicação da Associação dos Municípios do Entorno do Lago de Furnas (Alago), comerciantes e empresários de 39 cidades que são banhadas pelo lago no Sul e no Sudoeste de Minas. Segundo a associação, com 762 metros, as 39 cidades às margens do lago têm água suficiente para o uso múltiplo: além da geração de energia, o turismo e atividades econômicas como piscicultura. "Nós temos que lutar por uma cota maior, para a gente manter no período das secas a cota 762", destacou Hiberaldo Henrique Silva, presidente da Alago. O nível máximo do lago é de 768 metros acima do nível do mar. Mas a última vez em que ele atingiu essa cota foi em março de 2011, quando Furnas abriu as comportas para liberar água. Desde então, o nível oscila. Em dezembro de 2012, chegou a 15 metros abaixo da cota máxima. Em 2016, a água voltou a subir e em julho, o lago chegou aos 765 metros. Depois, nova queda no volume, chegando a 752 metros em novembro de 2017. O lago não alcançava a cota mínima há 1.263 dias, desde 9 de outubro de 2016. Mas nem deu para comemorar. Em plena pandemia do novo coronavírus, os restaurantes e pousadas à beira do lago precisam continuar fechados e sequer podem fazer planos para recuperar a atividade econômica. "A água subiu muito, mas em muitos lugares ainda não chegou e dificilmente vai cobrir aquela margem que era", disse Jesaías dos Santos, participante do grupo Todos Por Furnas. Lago de Furnas atingiu cota desejada por associação, que alerta que a luta agora é para mantê-la Reprodução/EPTV Mobilização de moradores e políticos No mês passado, quando o lago estava com 760 metros, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais chegou a aprovar uma proposta de emenda constitucional para tombar a Bacia Hidrográfica do Rio Grande e o Lago de Furnas. Ainda em março, em Brasília, uma audiência no Senado também discutiu o nível do lago. Na época, Furnas justificou que, com o nível mais alto, o custo de operações também subiria. E ainda que o lago abastece outras oito hidrelétricas e contribui para a navegação da Hidrovia Tietê-Paraná. "Não basta apenas o lago ficar nessa cota, nós precisamos manter essa cota. Por isso, nós continuaremos vigilantes, para não permitir que as agências reguladoras possam abrir os vertedouros e consequentemente nós perdermos essa conquista", afirmou o deputado estadual Cleiton de Oliveira (PSB). Como estamos entrando nos meses mais secos, de outono e inverno, o temor é que o nível volte a oscilar e prejudique novamente os moradores que vivem do lago. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: TEM Notícias 2ª edição de Bauru e Marília desta quarta-feira, 1º de abril
Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Centro-Oeste Paulista. Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Centro-Oeste Paulista.
Veja Mais

01/04 - Governo reconhece que há transmissão comunitária de coronavírus em três municípios de MT
São consideradas ocorrências de transmissão comunitária do coronavírus em um município quando não se pode identificar a origem da transmissão, ou seja, não tem vínculo epidemiológico a um caso confirmado. Palácio Paiaguás Assessoria O governo de Mato Grosso reconheceu que há transmissão comunitária de coronavírus em Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis em decreto publicado no Diário Oficial que circulou nessa terça-feira (31). De acordo com o decreto, são consideradas ocorrências de transmissão comunitária do coronavírus em um município quando não se pode identificar a origem da transmissão, ou seja, não tem vínculo epidemiológico a um caso confirmado.  Já a transmissão local ocorre quando existe o vínculo epidemiológico a um caso confirmado e identificado. Apesar de inicialmente ter reconhecido que o município de Nova Monte Verde tinha transmissão local, a Secretaria Estadual de Saúde não registrou nenhum novo caso nos últimos 14 dias e, portanto, o município deixa de ser considerado como ocorrência. O decreto estabelece medidas que devem ser adotadas pelos municípios que tiverem casos reconhecidos de transmissão local e comunitária. No caso da transmissão local, os municípios devem determinar quarentena para pessoas dos grupos de risco, como aquelas com mais de 60 anos, diabéticos, hipertensos, com insuficiência renal crônica, com doença respiratória crônica, com doença cardiovascular, com câncer, com doença autoimune ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico e/ou gestantes e lactantes. Nesses casos, a população tem assegurada a circulação apenas para realização de necessidades imediatas de alimentação, cuidados de saúde e exercício de atividades essenciais. Já nos casos de transmissão comunitária, as medidas a serem adotadas são, além da restrição de circulação de pessoas pertencentes ao grupo de risco, restringir também o exercício de atividades não consideradas essenciais, que também estão definidas pelo decreto. (Confira abaixo a relação das atividades consideradas essenciais) Medidas que devem ser tomadas O decreto determina ainda que todos os municípios devem vedar atividades que provoquem aglomeração de pessoas e adotar medidas de prevenção e combate a Covid-19, tenham casos confirmados ou não. Para tanto, devem permanecer fechados: parques públicos e privados; praias de água doce; teatro; cinema; museus; casas de shows; festas; feiras; academias; ginásios esportivos e campos de futebol; missas, cultos e celebrações religiosas; outros eventos e atividades que demandem aglomeração ou reunião de pessoas. Os municípios ainda devem orientar a população e estabelecimentos privados a evitar circulação, caso estejam no Grupo de Risco; disponibilizar locais com água e sabão para lavar as mãos com frequência e/ou disponibilização de álcool na concentração de 70%; ampliar a frequência de limpeza de pisos, corrimãos, maçanetas e banheiros; adotar de medidas para impedir aglomerações, tais como a manutenção de distância mínima de 1,5m entre os frequentadores; quando possível, realizar atividades de forma remota mediante o uso de ferramentas tecnológicas; evitar consultas, exames e cirurgias que não sejam de urgência; locomover-se em automóveis de transporte individual e coletivo com vidros abertos; evitar atividades em grupo, ainda que ao ar livre, exceto para a execução das atividades essenciais. Atividades consideradas essenciais e que devem seguir as exigências sanitárias de higienização constante para prevenção ao vírus: Assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares; Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade; Atividades de segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos; Atividades de defesa nacional e de defesa civil; Transporte intermunicipal, interestadual e internacional de passageiros e o transporte de passageiros por táxi ou aplicativo; Telecomunicações e internet; Serviço de call center; Captação, tratamento e distribuição de água; Captação e tratamento de esgoto e lixo; Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, incluído o fornecimento de suprimentos para o funcionamento e a manutenção das centrais geradoras e dos sistemas de transmissão e distribuição de energia, além de produção, transporte e distribuição de gás natural; Iluminação pública; Produção, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas, ficando vedado, o consumo de alimentos e bebidas no local do estabelecimento; Serviços funerários, ficando os funerais limitados a 20 (vinte) pessoas, salvo em caso de medida mais restritiva imposta pelo órgão sanitário competente; Guarda, uso e controle de substâncias radioativas, de equipamentos e de materiais nucleares; Vigilância e certificações sanitárias e fitossanitárias; Prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doença dos animais; Inspeção de alimentos, produtos e derivados de origem animal e vegetal; Vigilância agropecuária internacional; Controle de tráfego aéreo, aquático ou terrestre; Serviços de pagamento, de crédito e de saque e aporte prestados pelas instituições supervisionadas pelo Banco Central do Brasil; Serviços postais; Transporte e entrega de cargas em geral; Serviços relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados (data center) para suporte de outras atividades previstas neste Decreto; Fiscalização tributária e aduaneira; Produção e distribuição de numerário à população e manutenção da infraestrutura tecnológica do Sistema Financeiro Nacional e do Sistema de Pagamentos Brasileiro; Fiscalização ambiental; Produção de petróleo e produção, distribuição e comercialização de combustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo; Monitoramento de construções e barragens que possam acarretar risco à segurança; Levantamento e análise de dados geológicos com vistas à garantia da segurança coletiva, notadamente por meio de alerta de riscos naturais e de cheias e inundações; Mercado de capitais e seguros; Cuidados com animais em cativeiro; Atividade de assessoramento em resposta às demandas que continuem em andamento e às urgentes; Atividades médico-periciais relacionadas com a seguridade social, compreendidas no art. 194 da Constituição; Atividades médico-periciais relacionadas com a caracterização do impedimento físico, mental, intelectual ou sensorial da pessoa com deficiência, por meio da integração de equipes multiprofissionais e interdisciplinares, para fins de reconhecimento de direitos previstos em lei, em especial na Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 - Estatuto da Pessoa com Deficiência; Outras prestações médico-periciais da carreira de Perito Médico Federal indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade; Fiscalização do trabalho; Atividades de pesquisa, científicas, laboratoriais ou similares relacionadas com a pandemia de que trata este Decreto; Atividades de representação judicial e extrajudicial, assessoria e consultoria jurídicas exercidas pelas advocacias públicas, relacionadas à prestação regular e tempestiva dos serviços públicos; Unidades lotéricas; Clínicas veterinárias e estabelecimentos que comercializam produtos e medicamentos veterinários; Transporte coletivo municipal e metropolitano, sem exceder a capacidade de passageiros sentados; Produção, distribuição e comercialização de etanol e demais derivados; Obras de infraestrutura pública. “Também são consideradas essenciais as atividades acessórias, de suporte e a disponibilização dos insumos necessários a cadeia produtiva, relativas ao exercício e ao funcionamento dos serviços públicos e das atividades essenciais, tais como estabelecimentos que armazenem mercadorias, comercializem peças de reposição, prestem serviços de manutenção e que forneçam alimentação em rodovias estaduais e federais, inclusive para consumo no local”, estabelece o decreto.
Veja Mais

01/04 - Moradores em São Luís dão comida e celebram o trabalho de agentes de limpeza na pandemia do coronavírus; VÍDEO
Momento foi gravado por moradores no Bairro Fátima. Os garis foram recebidos com balões e um café da manhã especial. Moradores dão comida e celebram o trabalho de agentes de limpeza em São Luís Na manhã desta quarta (1), moradores do 4° travessa Dagmar no Bairro de Fátima, em São Luís, fizeram uma homenagem aos agentes de limpeza que passavam pela comunidade (veja no vídeo acima). A ação foi um ato de carinho e de respeito a esses profissionais, que realizam um serviço essencial em meio a pandemia do novo coronavírus. Ao chegar no bairro, os garis foram recebidos com balões brancos e um café da manhã especial. "Mesmo com essa pandemia toda que está acontecendo no mundo, com sol, com chuva, eles não podem parar", declarou uma das moradoras. Café da manhã oferecido pelos moradores aos agentes de limpeza Reprodução/Redes Sociais Em um dos vídeos, uma moradora exclama que os 'guerreiros' estão chegando. A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana de São Luís, Carolina Estrela, agradeceu o carinho da população em nome dos agentes. "Isso é maravilhoso. É de encher nosso coração de alegria e me deixa muito orgulhosa por ver que essa profissão hoje é reconhecida e não inferiorizada", afirmou em uma rede social. Moradores recepcionam os agentes de limpeza e agradecem pelos trabalhos em meio a pandemia da Covid-19 Reprodução/Redes Sociais Initial plugin text
Veja Mais

01/04 - Coronavírus: STTP disponibiliza atendimento virtual para usuários de Campina Grande
Usuários podem consultar as infrações de um veículo e dar entrada em solicitações de guia de pagamento e baixa de multa paga. Coronavírus: STTP disponibiliza atendimento virtual para usuários de Campina Grande STTP/Divulgação A Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) de Campina Grande disponibilizou atendimento virtual para que usuários tenham acesso aos serviços oferecidos pelo órgão. A medida foi tomada para evitar a aglomeração de pessoas e o possível contágio pelo novo coronavírus. Curva de contágio do coronavírus na Paraíba: veja evolução de casos suspeitos e confirmados Saiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na Paraíba Como ficam os serviços na Paraíba após medidas para conter a pandemia No site do órgão os usuários podem consultar as infrações de um veículo; dar entrada em solicitações de guia de pagamento e baixa de multa paga; restituição de valores; indicação de condutor, e apresentação de recurso. O atendimento público da STTP foi suspenso por 30 dias. Outro canal de atendimento é o telefone 1517, da central de rádio. Por meio dele, o usuário pode tirar dúvidas, solicitar informações e reportar informações atípicas.
Veja Mais

01/04 - VÍDEOS: Reveja as reportagens do EPTV2 desta quarta-feira, 1º de abril
Confira o que foi notícia nas cidades da região. Confira o que foi notícia nas cidades da região.
Veja Mais