SEJA BEM VINDO

H1



H2



H3



H4



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


12/07 - Nível dos rios volta a subir e municípios do RS mantém alerta de enchente
Uma das cidades mais atingidas pelas enchentes na semana passada, Lajeado está em alerta para a possibilidade de uma nova inundação. Rios Caí, dos Sinos, das Antas e Uruguai, entre outros, voltaram a subir após as chuvas do fim de semana. Rio dos Sinos chega a 5,10 metros Prefeitura de São Leopoldo/Divulgação A subida do nível dos rios nas cidades gaúchas mantém as prefeituras e Defesas Civil em alerta pela possibilidade de enchentes, que castigam o estado desde a semana passada. Em São Leopoldo, o nível do Rio dos Sinos chegou a 5,10 metros, 2,10 metros acima do normal, na manhã deste domingo (12). A Defesa Civil do município orienta as comunidades que residem em áreas próximas ao rio a desocupar as casas. A água já cobriu alguns pontos da rua da Praia e também parte da rua das Camélias, no bairro Pinheiro. Ciclone extratropical causa estragos, alagamentos e bloqueio de rodovias no RS Em São Sebastião do Caí, também na Região Metropolitana de Porto Alegre, o nível do Rio Caí atingiu 8,6 metros, com uma média de 18 centímetros por hora. A Defesa Civil da cidade também alerta para a chance de enchente nas próximas horas. A passagem de um ciclone extratropical, que trouxe chuvas intensas para o estado a partir de terça-feira (7), causou enchentes nas cidades gaúchas. A chuva que atingiu o estado entre sábado (11) e domingo (12) fez com que o nível dos rios que já haviam baixado voltasse a subir. O Vale do Taquari registrou estragos e pessoas precisara deixar suas casas. A subida no Lago Guaíba também provocou transtornos. Alerta em Lajeado Uma das cidades mais afetadas pela enchente na semana passada, Lajeado, no Vale do Taquari, está em alerta com a possibilidade de uma nova enchente. A Defesa Civil orienta famílias que tiveram que sair de casa a não retornarem, mesmo com a recuada do nível do Rio Taquari. Nos últimos dias, o nível variou de 13 a 14 metros, porém, segundo o coordenador Heitor Hoppe, a chuva das últimas horas elevou novamente o rio para 15,62 metros, na medição das 13h. A avaliação é que o nível possa chegar a cerca de 20 metros, menos do que o 27,39 metros de pico na semana passada, mas suficiente para invadir casas e ruas. Monitoramento Segundo o monitoramento deste domingo da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, as bacias Ijuí, Pardo, Taquari-Antas, Caí, Sinos, Gravataí, Baixo Jacuí, Lago Guaíba seguem em condições de alerta. Assim como para o rio Uruguai, sobretudo no médio e baixo Uruguai. Desde as 12h de sábado (11), os maiores volumes ocorreram na metade norte do estado com distribuição irregular, sobretudo nas bacias do Ijuí, Turvo-Santa-Rosa Santo Cristo. Alto Jacuí, Taquari-Antas, Cai Sinos, Gravataí. Veja as condições atualizadas às 12h30 deste domingo pela sala de monitoramento hidrológico da Sema: Rio Uruguai na estação Passo São Borja: 9,25m (normal: ~2,5m; Cota de Alerta da CPRM: 8m): neste ponto e demais estações a montante já encontra-se em declínio. Rio Uruguai na estação Uruguaiana: 7,62m em elevação (Normal: ~3m; Cota de Alerta da CPRM 7,5). Também deve seguir em elevação em função da onda de cheia vinda de São Borja Rio das Antas na estação Linha José Júlio: 13,25m (Normal: ~2m) – Em elevação novamente em função das chuvas ocorridas nas últimas horas Rio Taquari na estação Muçum: 12,32m (Normal: ~2m) – Em elevação Rio Taquari na estação Estrela: 15,02m (Normal: ~12,5m) – Estável, porém deve entrar em elevação novamente em função das chuvas ocorridas nas últimas horas. Rio Caí na estação Barca do Cai: 8,35m (Normal ~2,0m) – Em elevação novamente em função das chuvas ocorridas nas últimas horas. Rio Caí na estação Montenegro: 5,74 m (Normal ~1,5m) - Em declínio, porém deve entrar em elevação novamente em função das chuvas ocorridas nas últimas horas. Rio dos Sinos na estação Campo Bom: 7,07m (Normal ~2m) – No momento encontra-se em declínio. Porém ainda pode apresentar elevações em função das chuvas ocorridas nas últimas horas. Rio dos Sinos em São Leopoldo: 5,15m (Normal ~2m) – Estável nas últimas medições. Rio Gravataí na estação Passo das Canoas: 4,94m (Normal ~2m) – Praticamente estável nesta estação. Rio Ijuí na estação PCH RS-155 Jusante: 5,78 m (Normal: ~1,5m) – Em elevação em função das chuvas. Rio Ijuí estação UHE São José Montante: 6,9m (Normal: ~ 2m). No momento praticamente estável nesta estação. Guaíba na estação Caís Mauá: 2,35m (Normal: 1,2m) – Apresentou em breve declínio nas últimas horas. Porém em função das altas vazões vindas do Região Hidrográfica do Guaíba o prognóstico do Guaíba requer muita cautela. Rio Jacuí na estação UHE Dona Francisca Jusante: 4,92m (Normal: 3m). Neste ponto o Jacuí está praticamente estável. Em demais pontos a jusante, como em Cachoeira do Sul, Eldorado do Sul e Triunfo o Rio Jacuí já apresenta um lento declínio. Rio Jacuí na estação Passo São Lourenço: 5,56m (Normal: ~3,5m). Nesta estação localizada nas proximidades de Cachoeira do Sul, o Jacuí já se encontra em declínio. Mais de 6 mil pessoas fora de casa Trinta cidades do Rio Grande do Sul foram afetadas pelas chuvas e 6.448 pessoas estão fora de casa, destas 1.362 estão desabrigadas e precisaram ser realocadas pelo poder público. As outras 5.086 ficaram desalojadas e estão na casas de amigos ou familiares. A informação é do Boletim da Defesa Civil do RS, divulgado na manhã deste domingo (12). Entre as cidades mais atingidas está Igrejinha, a 90 quilômetros de Porto Alegre, onde 7 pessoas estão desabrigadas e 2 mil estão desalojadas. Conforme a Defesa Civil, as famílias atingidas perderam móveis, vestuário, alimentos, colchões e utensílios domésticos. Foi realizado um levantamento da área atingida e 510 imóveis foram danificados pela enchente do Rio Paranhana. Roca Sales, no Vale do Taquari, também foi afetada pela chuva forte: são 45 pessoas desabrigadas, que foram encaminhadas para o Centro de Referência de Assistência Social do município, e 1 mil pessoas desalojadas, cerca de 350 famílias, que estão em casas de familiares. Duas pessoas morreram em decorrência das enchentes. Em Colinas, no Vale do Taquari, Nestor Mazzarolo, de 73 anos, foi encontrado na quinta-feira (7) dentro do carro. Ele estava desaparecido desde terça (5), após tentar chegar a uma propriedade em Linha Santo Antônio, no interior do município, quando desapareceu na enchente que atingiu a ERS-129. Em Caxias do Sul, na Serra, Geisson Maximo Vitz, de 34 anos, morreu após o deslizamento de terras, provocado pela chuva, na terça-feira (7).
Veja Mais

12/07 - Mais de 20 linhas de ônibus em Florianópolis têm alterações a partir de segunda-feira
As mudanças incluem a desativação temporária de linhas e horários. Mudança transporte irá atingir 24 linhas em Florianópolis Cristiano Andujar/PMF O transporte coletivo de Florianópolis terá alterações a partir de segunda-feira (13). As mudanças incluem a desativação temporária de linhas e horários. Ao todo, 24 linhas que terão horários alterados. Linhas com horários alterados 135 - Volta ao Morro Carvoeira Norte 136 - Volta ao Morro Carvoeira Sul 137 - Volta ao Morro Pantanal Norte 138 - Volta ao Morro Pantanal Sul 163 - Córrego Grande 168 - Monte Verde 169 - Monte Verde via Mané Vicente 178 - Saco Grande - Retorno SC-401 183 - Corredor Sudoeste via Tisac 186 - Corredor Sudoeste via Túnel 333 - Tila/Titri via Madre Benvenuta 431 - Ticen Aeroporto 461 - Tapera via Túnel 463 - Castanheiras via Eucaliptos 464 - Castanheiras via Gramal 467 - Tapera via Saco dos Limões 561 - Caieira da Barra do Sul 474 - Morro das Pedras via Gramal 565 - Ribeirão da Ilha 631 - Capoeiras 660 - Aracy Vaz Callado 663 - Coloninha 668 - Promorar via Ivo Silveira 670 - Monte Cristo Outras seis linhas serão reorganizadas. Para atender passageiros de determinados locais com alta demanda e continuar evitando lotação durante a pandemia da Covid-19, essas linhas foram desativadas temporariamente e serão atendidas por outras linhas. Confira a seguir a lista de linhas que atenderão as que foram suspensas: 162 – Saco dos Limões: As linhas 136 – Volta ao Morro Carvoeira Sul, 138 – Volta ao Morro Pantanal Sul e 467 – Tapera via Saco dos Limões atenderão os passageiros que utilizavam a 162. 177 – Santa Mônica: As linhas 330 – Tilag Ticen via Mauro Ramos via Titri, atende sentido Titri Cepon, e a 233 – Tican Titri via UFSC, Sentido Madre Benvenuta atenderão os passageiros que utilizavam a linha 177 – Santa Mônica. 180 – Titri UFSC: As linhas 163 – Córrego Grande, 164 – Córrego Grande / Posição, 179 – Serrinha, 233 – Tican Titri via UFSC, 320 – Tilag Ticen via Beira Mar e 333 – Tilag Titri via Madre Benvenuta atenderão os passageiros que utilizavam a linha 180. 943 – Saco dos Limões/Trindade: As linhas 163 – Córrego Grande, 164 – Córrego Grande / Poção, 179 – Serrinha, atendendo a região da Trindade e a linha 138 – Volta ao Morro Pantanal Sul atenderão a região do Pantanal. 601 – Circular Abraão Estreito e 605 – Circular Estreito Abraão: O usuário que precisar utilizar essas linhas deverá fazer a integração no Ticen. A administração municipal orienta os usuários a checarem dos horários e itinerários nos sites da prefeitura de Florianópolis, no aplicativo Floripa no Ponto e pelo Consórcio Fênix. Veja as notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

12/07 - Unidade de Saúde da Família da Vila Amorim começa cadastramento de moradores, em Suzano
Atividades dos agentes da USF envolvem contagem de casas e visita às famílias. Mais de 15 mil pessoas de cinco bairros serão beneficiadas USF da Vila Amorim, em Suzano, foi entregue recentemente. Wanderley Costa/Secop Suzano A Secretaria Municipal de Saúde de Suzano começou a cadastrar pessoas que serão atendidas pela nova Unidade de Saúde da Família (USF) Vereador Marsal Lopes Rosa, na Vila Amorim, terá início oficialmente nesta quarta-feira (8). A expectativa é de que mais de 15 mil moradores de cinco bairros passem a contar com esse serviço oferecido. A construção foi finalizada recentemente. A unidade é gerenciada pelo Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS) e conta, a princípio, com uma equipe de 20 profissionais, como médicos generalistas, dentistas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde, entre outros. A área de abrangência é formada pelos bairros Vila Amorim, Vila Urupês, Vila Nova Urupês, Vila Mazza e Jardim Santa Lúcia. O secretário municipal de Saúde, Luis Claudio Guillaumon, lembrou que, por se tratar de uma USF, os profissionais que lá atuam vão ao encontro das pessoas para realizar o cadastramento dos futuros pacientes. “Primeiramente vão os agentes comunitários de saúde, para conhecerem as pessoas e a realidade em que vivem. Depois os auxiliares de enfermagem, enfermeiros e médicos também participam dessa aproximação”, explicou o chefe da pasta. Inicialmente é feita a territorialização, com a contagem de residências, visita às famílias, apresentação dos profissionais e o cadastramento de cada pessoa. No sábado (11), a equipe estará nas ruas para intensificar o trabalho, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. É necessário apresentar RG, CPF e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) de cada morador, além de um comprovante de endereço. O objetivo é montar os prontuários por família. Quem era atendido em outras unidades, como no centro e no Jardim Colorado, por exemplo, terá os dados migrados para o novo posto. “Esta é uma ação que levará meses, pois se trata de uma população estimada em mais de 15 mil pessoas. Mas durante o trabalho já vamos iniciando o atendimento daqueles que estiverem cadastrados. E mesmo àqueles que ainda não tiverem cadastro e procurarem a unidade, iremos prestar o serviço necessário”, destacou a coordenadora da Estratégia Saúde da Família do INTS, Joyce Moreira da Silva. Estrutura A USF está localizada na rua Professor Jeremia, na mesma área da Praça da Bíblia. Tem 450 metros quadrados de área construída em um terreno de 1,2 mil metros quadrados e conta com 31 salas: consultórios médicos e odontológicos, recepção, arquivo, vacinação, medicação, dispensário de medicamentos, Central de Material Esterilizado (CME), entre outras. O expediente no local será das 7h às 17h. Para a construção da unidade, a Prefeitura de Suzano investiu mais de R$ 1,2 milhão, entre recursos próprios e emendas parlamentares.
Veja Mais

12/07 - Domingo é marcado por aglomerações e pessoas sem máscara na ilha do Combu, em Belém
Estabelecimentos abrigavam pessoas sem máscara e descumprindo as determinações de distanciamento impostas pelo decreto municipal. Aglomeração na ilha do Combu, em Belém Brenno Rayol/ TV Liberal O primeiro domingo após a liberação de funcionamento de restaurantes não continentais em Belém foi marcado por várias filas e pontos de aglomeração na ilha do Combu. Nos estabelecimentos que ficam na localidade, foram registradas pessoas sem máscara e descumprindo as determinações de distanciamento impostas pelo decreto municipal. Os restaurantes de distritos e ilhas de Belém estavam proibidos de funcionar, devido à pandemia de coronavírus. Um decreto da última quinta (9) autorizou o funcionamento nas orlas de praias e balneários, incluindo a ilha do Combu, bastante procurada durante o verão. O decreto determina que: restaurantes funcionem somente das 11h às 23h; lanchonetes, casas de chás, padarias e similares podem funcionar de 6h às 20h; banhistas devem evitar aglomerações; bares e estabelecimentos especializados em servir bebidas alcoólicas estão proibidos. Ainda segundo o decreto, os estabelecimentos são obrigados a seguir protocolos de segurança sanitária: uso de máscara obrigatório; aferir temperatura de clientes e colaboradores na entrada do espaço; disponibilizar álcool em gel; limitar a lotação a 40% da capacidade do local; manter distanciamento mínimo de dois metros entre mesas e limitadas a quatro cadeiras. Aglomeração na ilha do Combu, em Belém Brenno Rayol/ TV Liberal No entanto, o que se observou nos estabelecimentos foram vários pontos de aglomeração. Em alguns restaurantes, mesas abrigavam até 10 pessoas, todas sem máscara. Além disso, a capacidade de alguns locais estava próxima a 100%. Sobre os descumprimentos registrados, o G1 entrou em contato com a prefeitura de Belém e aguarda resposta. Acidente na ilha deixa ao menos cinco feridos Piso quebrado em restaurante na ilha do Combu Brenno Rayol/ TV Liberal Na manhã desse domingo (12), pelo menos cinco pessoas ficaram feridas depois que parte do chão do restaurante 'Combu Grill' desabou na ilha do Combu. Segundo uma atendente do restaurante, um grupo de quase dez pessoas estava fazendo uma foto, no momento do acidente. Por conta do desabamento, a área foi isolada. Um barqueiro informou que ajudou na travessia de cinco feridos para a praça Princesa Isabel, no bairro de Condor, onde foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Veja Mais

12/07 - Onça é capturada em árvore de residência na área urbana de MS
Jaguatirica estava em uma jabuticabeira, no Centro de Costa Rica. Jaguatirica capturada em Costa Rica PMA/Divulgação Uma onça jaguatirica foi capturada na árvore de uma residência, no Centro de Costa Rica, em Mato Grosso do Sul, na manhã deste domingo (12). A moradora da casa ligou para a PM e disse que tinha um filhote de onça na jabuticabeira do quintal dela. Quando os policiais chegaram, verificaram que se tratava de jaguatirica. Conforme a Polícia Militar Ambiental (PMA), a onça estava assustada e logo foi capturada. Depois, foi solta no Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari, na região de Alcinópolis, no seu habitat natural.
Veja Mais

12/07 - No AC, motociclista sofre grave acidente de trânsito e no hospital testa positivo para Covid-19
Demilson Silva da Cunha permanece em um dos leitos para pacientes graves, sendo acompanhado pela equipe. Motociclista sofre acidente vai para o hospital em estado grave e testa positivo para Covid-19 Alcinete Gadelha/G1 O motociclista Demilson Silva da Cunha, de 22 anos, sofreu um grave acidente de moto, na noite desse sábado (11), na Avenida Nações Unidas, no bairro Bosque, em Rio Branco. Levado ao Pronto-socorro, ele onde foi diagnosticado com a Covid-19. O acidente ocorreu por volta das 21 horas, quando Cunha bateu a moto que pilotava em um carro e sofreu traumatismo craniano, segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) que fez o atendimento do jovem. Quando o Samu chegou ao local, a vítima estava no chão sendo socorrida por um popular que informou que ele estava com dificuldade para respirar e com a pupila aumentada, o que indica o traumatismo craniano, segundo o Samu. O paciente foi socorrido e levado ao PS, onde deu entrada em estado grave. “Deu entrada em estado grave, após acidente de trânsito. Foi atendido, estabilizado e transferido para a enfermaria Covid, pois ele testou positivo”, informou o diretor do PS, Areski Peniche. O diretor disse que o paciente permanece em um dos leitos para pacientes graves, sendo acompanhado pela equipe.
Veja Mais

12/07 - Dois bailes funk com centenas de pessoas são flagrados, em Contagem, pela Guarda Municipal
Uma festa acontecia no bairro Vila Pérola, com cerca de 150 pessoas. A segunda no Xangrilá, tinha cerca de 300 participantes. Guarda Municipal de Contagem flagra dois bailes funks na madrugada deste domingo. Divulgação/Guarda Municipal de Contagem A Guarda Municipal de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, encerrou dois bailes funk na cidade na madrugada deste domingo (12). Segundo a corporação, no bairro Vila Pérola, haviam cerca de 150 pessoas. Já no bairro Xangrilá, eram cerca de 300 participantes. Em ambos havia aglomeração, consumo de álcool e pessoas sem máscara. Ninguém foi preso. Na Vila Pérola, comerciantes que vendiam bebida alcoólica no local foram notificados. O organizador da festa no bairro Xangrilá não foi encontrado, mas segundo a Guarda, promove com frequência o mesmo tipo de evento.
Veja Mais

12/07 - Estátuas de cera do museu Madame Tussauds de Istambul usam máscara para conscientizar contra coronavírus; FOTOS
Museu aderiu às máscaras para conscientização da população local; autoridades turcas tornaram obrigatório uso de máscara na maior parte do país após aumento de casos. Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, máscaras são colocadas nas estátuas de cera de jogadores de futebol famosos: Neymar, do Brasil; Lionel Messi, da Argentina e Cristiano Ronaldo, de Portugal, no Madame Tussauds, em Istambul Emrah Gurel/AP Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, máscara é colocada na estátua de cera de Beyonce, no Madame Tussauds, em Istambul, na Turquia Emrah Gurel/AP Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, funcionário coloca máscara na estátua de cera de Albert Einstein durante sessão fotográfica, no Madame Tussauds, em Istambul, na Turquia Emrah Gurel/AP Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, máscara é colocada na estátua de cera de Michael Jackson, no Madame Tussauds, em Istambul, na Turquia Emrah Gurel/AP Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, máscara é colocada na estátua de cera de Steve Jobs, no Madame Tussauds, em Istambul, na Turquia Emrah Gurel/AP Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, funcionário coloca máscara na estátua de cera de Muhammad Ali durante sessão fotográfica, no Madame Tussauds, em Istambul, na Turquia Emrah Gurel/AP Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, máscara é colocada na estátua de cera de Usain Bolt, no Madame Tussauds, em Istambul, na Turquia Emrah Gurel/AP Para aumentar a conscientização contra a disseminação do coronavírus, máscara é colocada na estátua de cera de Wolfgang Amadeus Mozart, no Madame Tussauds, em Istambul, na Turquia Emrah Gurel/AP
Veja Mais

12/07 - Guia supremo do Irã pede ao povo para "salvar o país" ante avanço do coronavírus
Em seu primeiro pronunciamento ao novo Parlamento, o aiatolá Ali Khamenei defendeu, entre outras medidas, o uso de máscaras. O Irã registrou recorde de 200 mortes em 24 horas. O aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã. Morteza Nikoubazl/Reuters O guia supremo do Irã chamou neste domingo de "verdadeira tragédia" a epidemia de Covid-19 e pediu aos iranianos que respeitem as normas de saúde para conter o avanço da doença e "salvar o país". A República Islâmica, que anunciou os primeiros casos de coronavírus em fevereiro, é o país mais afetado pela pandemia no Oriente Médio. "Que cada um contribua com seu grão da melhor maneira para romper a cadeia de transmissão a curto prazo e salvar o país", declarou o aiatolá Ali Khamenei em uma videoconferência com deputados, de acordo com trechos do discurso divulgados por seu gabinete. Este foi o primeiro discurso do guia supremo aos deputados do novo Parlamento, que iniciou a legislatura no fim de maio, dominado pelos conservadores e ultraconservadores após as legislativas de fevereiro. De acordo com o site oficial, Khamenei elogiou os profissionais da saúde por seus "sacrifícios" e criticou "algumas pessoas que não cumprem algo tão simples como usar a máscara" para impedir a propagação do vírus e cujo comportamento provoca "vergonha". Número de casos A epidemia de Covid-19 está em propagação no Irã desde o início de maio. De acordo com dados oficiais, nas últimas 24 horas o país registrou 194 mortes e 2.186 contágios. A última terça-feira (7) registrou o recorde de óbitos: 200 em 24 horas. O Irã reporta 257.303 casos acumulados e 12.829 vítimas fatais na pandemia, anunciou neste domingo Sima Sadat Lari, porta-voz do ministério da Saúde. Em março, o Irã decidiu fechar escolas, cancelar eventos públicos e proibiu a circulação entre as 31 províncias, mas desde abril o governo suspendeu progressivamente as restrições para tentar reativar a economia. O presidente Hassan Rohani disse no sábado (11) que o país não pode permitir a paralisação da economia, mesmo com o agravamento da pandemia. Initial plugin text
Veja Mais

12/07 - Entre capotamentos e poste derrubado, Manaus tem alto registro de acidentes de trânsito neste domingo (12)
Um pessoa morreu e outras duas ficaram feridas. Trânsito na capital teve registros de acidente em diferentes zonas. Manaus teve alto número de acidentes de trânsito neste domingo Divulgação Entre capotamentos, poste e outdoor derrubados, Manaus registrou cinco acidentes de trânsito, um deles com uma vítima fatal, neste domingo (12), de acordo com o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu). As colisões aconteceram em zonas distintas da capital. A primeira ocorrência foi registrada por volta das 6h, na avenida Efigênio Sales, na Zona Centro-Sul da cidade. Um jovem de 22 morreu após perder o controle da motocicleta que ele dirigia e colidir com o canteiro central. De acordo com informações da Polícia Técnico Científica (DPTC), o rapaz, que teve uma lesão na coluna e quebrou o pescoço, morreu no local antes que o socorro chegasse. Ainda pela manhã, o Immu foi acionado para uma ocorrência na avenida Constantino Nery, nas proximidades de um balneário, na Zona Oeste de Manaus. Segundo informações dos agentes, um veículo ainda não identificado invadiu o canteiro central e derrubou um poste. A via foi sinalizada até que chegasse a empresa responsável pela retirada do poste da via. Registros foram feitos em diferentes zonas da capital amazonense Divulgação Houve, ainda, uma colisão que resultou num capotamento, envolvendo três carros de passeio, na Avenida do Turismo, na Zona Oeste de Manaus. O acidente resultou na perda parcial e total dos veículos, mas não houve registro de vítimas. Já na Zona Norte de Manaus, por volta das 7h30, o condutor de um carro ficou ferido após após o veículo que ele dirigia invadir a calçada e bater em um suporte de outdoor, na avenida Camapuã, no bairro Cidade Nova, nas proximidades de um posto de gasolina. O acidente acabou causando outra colisão, no mesmo local, por volta das 9h, quando um homem ficou ferido após colidir a moto que pilotava na traseira de um carro. A 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada e informou que o condutor da moto se distraiu ao olhar para o outdoor que estava caído na via, por cima de um veículo, quando perdeu a direção e bateu em outro carro.
Veja Mais

12/07 - Deputado federal Júlio César e o filho Georgiano Neto são transferidos para São Paulo
Pai e filho foram diagnosticados com Covid-19 semana passada e apresentam sintomas leves da doença. Deputado federal Júlio César e o filho, o deputado Georgiano Neto, estão com Covid-19 Divulgação/Alepi O deputado federal Júlio César (PSD) e o filho, o deputado estadual do Piauí Georgiano Neto (PSD), foram transferidos neste domingo (12) para o Hospital Sírio-Libânes, em São Paulo. Ambos foram diagnosticados com Covid-19 semana passada e apresentam sintomas leves da doença. Segundo a assessoria do parlamentar, pai e filho estão bem e a transferência teve caráter preventivo, já que os dois permanecem com sintomas leves, como febre e tosse. Em Teresina, os dois não chegaram a ser internados e estavam em isolamento domiciliar desde o resultado positivo. "Eles estão no Hospital Sírio-Libanês, fazendo acompanhamento, já que o médico da família encontra-se em São Paulo. A transferência foi feita em uma avião do plano de saúde, já que infectados pelo coronavírus não podem viajar em voo comercial", informou a assessoria. Veja serviços afetados pelo coronavírus no Piauí O que fazer e para onde ir em caso de aparecimento dos sintomas Acompanhe a evolução da curva epidêmica no estado O deputado Georgiano Neto enviou uma nota informando que vem seguindo os protocolos e recomendações médicas. "Boa tarde, estou bem e seguindo o tratamento contra a COVID-19, fui transferido para São Paulo por opção e decisão familiar, já que o nosso médico reside aqui. Fiz todo esse procedimento de transferência estável e caminhando. Estou seguindo todos os protocolos. Qualquer alteração eu comunico pelas minhas redes sociais. Um grande abraço e se cuida", disse Georgiano Neto. Decretos determinam distanciamento social Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas. Aulas em escolas e universidades, a maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral estão suspensas por tempo indeterminado. Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados continuam mantidos mas estão regulamentados. O atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, assim como o funcionamento de escritórios de advocacia e contábeis também foram liberados mediante cumprimento de regras. O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão. Prevenção, contágio e sintomas Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia da Covid-19 É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar). Um guia ilustrado preparado pelo G1 ajuda a tirar dúvidas. Initial plugin text
Veja Mais

12/07 - Praça de alimentação da Vila do Artesão reabre a partir desta segunda, em Campina Grande
Reabertura está prevista dentro do plano de flexibilização das atividades econômicas divulgado pela prefeitura. Vila do Artesão, em Campina Grande, em 2018 Krystine Carneiro/G1/Arquivo A Praça de Alimentação da Vila do Artesão, em Campina Grande, vai reabrir com ocupação máxima de 50% da capacidade total a partir desta segunda-feira (13). De acordo com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), a reabertura está prevista na segunda etapa do plano de flexibilização das atividades econômicas do município. Apesar da reabertura, segundo o plano divulgado pela prefeitura, o projeto Forró na Praça continua suspenso, para evitar aglomerações que causam risco de disseminar o novo coronavírus. Além da praça de alimentação da Vila do Artesão, bares, restaurantes, academias e parques de Campina Grande voltam às atividades também nesta segunda-feira. Os bares e restaurantes podem abrir com horário restrito das 10h às 15h e das 18h às 22h, com distanciamento de mesas e cadeiras e com no máximo 50% da capacidade. Também voltam a funcionar a sede da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), além de escolas e creches municipais, mas as aulas presenciais seguem sem data prevista para o reinício.
Veja Mais

12/07 - Veja as últimas notícias sobre o coronavírus no Amapá
Foram confirmadas 474 mortes em decorrência da Covid-19 no estado. Todos os 16 municípios têm pacientes testados positivos. Veja as últimas notícias sobre o coronavírus no Amapá Foram confirmadas 474 mortes em decorrência da Covid-19 no estado. Todos os 16 municípios têm pacientes testados positivos. Coronavírus: o que é preciso saber? Veja perguntas e respostas. Macapá mantém rodízio de veículos e flexibiliza mais atividades econômicas; entenda. Amapá prorroga quarentena até 15 de julho
Veja Mais

12/07 - Banhistas voltam a lotar praias de SP e ignoram obrigatoriedade do uso de máscaras
Em Santos, no litoral paulista, milhares de pessoas aproveitaram o dia de sol na orla. Muitas foram flagradas em aglomerações e sem máscara de proteção. Banhistas lotam praias de Santos, SP, pelo segundo dia consecutivo Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal Apesar das restrições quanto ao uso da faixa de areia, aberta somente para a prática de atividades físicas individuais, milhares de pedestres e banhistas foram às praias da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, neste domingo (12). O G1 flagrou moradores e turistas sem máscaras e desrespeitando as recomendações de distanciamento. Aproveitando a previsão de sol durante todo o dia e temperaturas que chegaram a 31°C em pleno inverno, a população lotou a faixa de areia das praias de São Vicente e Santos, conforme flagrou a Reportagem no início desta tarde. Além de correr e pedalar, muitos banhistas aproveitaram o dia ensolarado para ir ao mar e se bronzear. As praias ficaram lotadas pelo segundo dia consecutivo, após o Governo do Estado anunciar a flexibilização do comércio na Baixada Santista, bem como no Vale do Ribeira. Na fase amarela do 'Plano São Paulo', as cidades deverão seguir rígidos protocolos sanitários para reabrir bares, restaurantes e salões de beleza com 40% da capacidade. Já academias podem funcionar com 30% da capacidade. Em São Vicente, SP, banhistas foram flagrados em aglomerações em sem máscaras G1 Santos Em Santos, apesar de não haver restrições de horário para a prática de banho de mar e atividades físicas individuais na orla, a prefeitura determina a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção. Em caso de descumprimento, o infrator pode ser multado, conforme o decreto municipal nº 8.944, de 23 de abril de 2020. Em São Vicente, dezenas de pessoas foram flagradas aglomeradas e sem máscaras em mesas instaladas na orla da Praia do Gonzaguinha. O G1 questionou as prefeituras de ambas as cidades a respeito da fiscalização, no entanto, não obteve resposta até a última atualização desta matéria. De acordo com o último boletim epidemiológico enviado pelas prefeituras, no último sábado (11), Santos registrou 11.519 casos confirmados de Covid-19, bem como 396 mortes causadas pela doença. Em São Vicente, foram registrados 3.683 diagnósticos positivos e 188 óbitos. Banhistas e pedestres são flagrados sem máscaras de proteção em Santos, SP Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal Milhares de banhistas foram às praias da Baixada Santista neste domingo (12) Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal Ciclista trafega pela orla de Santos, SP, sem máscara de proteção Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal
Veja Mais

12/07 - Tocantins registra 184 novos casos da Covid-19 e quatro mortes nas últimas 24h
O número total de casos no Tocantins chegou a 15.132. As mortes somam 255. O estado registrou 184 novos casos da Covid-19 neste domingo (12). O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde também confirmou quatro novas mortes causadas pela doença. O total de óbitos agora é de 255 desde o início da pandemia. O número de casos chega 15.132. Conheça as vítimas do coronavírus no Tocantins. Os pacientes que não resistiram aos sintomas da doença tinham entre 21 e 79 anos: Homem, de 70 anos, morador de Araguaína. Ele tinha hipertensão e diabetes. A morte foi no dia 10 de julho, no hospital Don Orione. Mulher, de 21 anos, também moradora Araguaína. Morreu no dia 11 de julho, no hospital Dom Orione. Homem, de 79 anos, de Araguaína. Morreu em 11 de julho, no Dom Orione. Mulher, de 70 anos, moradora de Palmas, estava em tratamento contra câncer e sofria de insuficiência cardíaca. Morreu no dia de julho, no HGP. Novos casos Araguaína, no norte do Tocantins, teve 74 novos casos confirmados neste domingo (12) e segue como a cidade mais afetada pela pandemia no Tocantins. Ao todo, são 4.983 casos positivos e 73 mortes na cidade. Em Palmas foram 27 novos disgnósticos. A capital chegou ao total de 2.857 casos e 26 mortes. Em seguida estão as cidades de Formoso do Araguaia (15), Porto Nacional (12), Lagoa da Confusão (8), Presidente Kennedy (8), Darcinópolis (6), Lagoa do Tocantins (6), Tocantinópolis (6), Gurupi (3), Paraíso do Tocantins (3), Santa Fé do Araguaia (3), Lizarda (2), Aliança do Tocantins (1), Araguatins (1), Babaçulândia (1), Guaraí (1), Miracema do Tocantins (1), Miranorte (1), Piraquê (1), Riachinho (1), Silvanópolis (1), Tocantínia (1) e Xambioá (1). Atualmente, 128 das 139 cidades do estado têm casos confirmados da doença. Veja abaixo a lista com as 10 cidades mais afetadas pela doença. A tabela completa com todos os municípios pode ser encontrada no site sobre o coronavírus da Secretaria de Estado da Saúde. Segundo a Secretaria de Saúde, do total de casos, 9.419 pacientes estão recuperados e 5.458 ainda estão em acompanhamento. O estado tem 179 pessoas hospitalizadas com coronavírus neste domingo (12). São 60 pacientes em leitos clínicos públicos e 45 em leitos clínicos particulares. O estado também tem 47 pacientes em UTIs públicas e outros 27 em leitos de terapia intensiva particulares. Araguaína - 4.983 casos e 73 mortes Palmas - 2.857 casos e 26 mortes Porto Nacional – 538 casos e oito mortes Xambioá – 480 casos e oito mortes Gurupi - 391 casos e cinco mortes Formoso do Araguaia – 394 casos e quatro mortes Tocantinópolis - 337 casos e seis mortes Augustinópolis – 317 casos e quatro mortes Colinas do Tocantins – 293 casos e três mortes Paraíso do Tocantins – 285 casos e nove mortes Veja mais notícias da região no G1 Tocantins. Initial plugin text
Veja Mais

12/07 - Taxa de ocupação de leitos de UTI para casos de Covid-19 chega a 93,3% em Limeira
Prefeitura observou, no entanto, que número de novos casos teve regressão neste domingo. Unidade de Referência para o Coronavírus em Limeira Adilson Silveira/ Prefeitura de Limeira A taxa de ocupação de leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Unidade de Referência Coronavírus (URC) chegou a 93,3% neste domingo (12), segundo dados oficiais sobre a doença em Limeira (SP), divulgados pela Secretaria de Saúde. Já os leitos clínicos apresentam taxa de ocupação na ordem de 84,8% e a ocupação total é de 88,9%. Com relação aos leitos gerais em Limeira (URC + hospitais), a ocupação na UTI é de 82%; nos leitos clínicos, 70,9%; e no total, 74%. Ao todo, o município tem 85 pacientes de Limeira internados, 50 deles com resultados positivo para a doença e 35 aguardando resultado do exame. Regressão no número de novos casos Segundo dados da Secretaria de Saúde, o número de novos casos da doença sofreu uma retração significativa neste domingo. Foram 8 novos casos, o que elevou o total de positivados para 2.783 (ontem, eram 2.775). Desse total, 2.617 estão recuperados (94%) e 70 estão em recuperação. As estatísticas demonstram ainda que as notificações da doença em Limeira somam 10.235 registros. Os casos descartados são 3.709, enquanto que 3.743 suspeitas aguardam resultados de exames. Segundo o balanço, houve um novo óbito nas últimas 24 horas. Trata-se de um homem, de 89 anos, que apresentava comorbidade. Com esse caso, já são 96 os registros de óbitos no município por coronavírus. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Veja Mais

12/07 - Em uma semana, Goiás registra 8 mil novos casos de Covid-19
Estado tem 36,5 mil casos confirmados. Ao todo, 849 pessoas perderam suas vidas para a doença. Servidores da saúde morrem vítimas da Covid-19, em Goiás Goiás registrou 502 novos casos confirmados de coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o boletim diário da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado na tarde deste domingo (12). Nesse período, cinco mortes pela doença foram registradas no estado. Ao todo, Goiás já registrou 849 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia. Os casos confirmados chegaram a 36.541. Até o momento, a taxa de letalidade do vírus no estado é de 2,32%. De acordo com a SES, 10.472 pessoas se recuperaram da doença. Há 86.606 casos suspeitos em investigação. Outros 40.338 já foram descartados. Ainda segundo a Secretaria, a ocupação dos leitos de UTI da rede estadual está em 86,25%. Em uma semana, o estado registrou mais de 200 mortes pela doença e 8 mil casos confirmados de Covid-19. Seis cidades já têm mais de 1 mil registros positivos: Goiânia - 9.385 casos e 266 mortes Rio Verde - 5.232 casos e 89 mortes Aparecida de Goiânia – 4.158 casos e 78 mortes Anápolis - 1.376 casos e 22 mortes Senador Canedo - 1.072 e 23 mortes Luziânia - 1.064 casos e 21 mortes Teste coronavírus Covid-19 Goiás Reprodução/TV Anhanguera Evolução dos casos No dia 12 de março, o governo registrou os três primeiros casos de Covid-19 em Goiás; Em 11 de abril, os números saltaram para 209 casos e 10 mortes; Em menos de um mês, em 6 de maio, Goiás ultrapassou 1 mil casos confirmados e atingiu 45 mortes; Em 15 de junho, o estado contabilizou 10 mil casos de coronavírus e 226 mortes; Já em 21 de junho, Goiás registrou mais de 300 mortes pelo coronavírus; Em apenas cinco dias, entre 21 e 26 de junho, Goiás teve mais de 100 óbitos passou a marca de 400 mortos; Entre 1º e 30 de junho, o estado registrou 84% dos casos de coronavírus desde o início da pandemia, em março; O maior número de pessoas mortas pelo novo vírus em 24 horas foi registrado em 7 de julho, com 61 notificações. Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Veja Mais

12/07 - Dez bares são fiscalizados durante operação em Soure, no Marajó
Ação busca conscientizar sobre as medidas de restrição impostas pelos decretos governamental e municipal. De acordo com a Prefeitura, bares só podem funcionar na cidade até às 0h. Cerca de 10 bares foram fiscalizados na noite de sábado (11) no município de Soure, no Marajó. De acordo com a Divisão de Polícia Administrativa (DPA), a ação visa conscientizar os donos dos estabelecimentos sobre as medidas de restrição impostas pelos decretos governamental e municipal. De acordo com a Prefeitura, bares só podem funcionar na cidade até às 0h. A restrição para o funcionamento dos bares na cidade é uma forma de controlar a contaminação pela Covid-19 no município. Além de horário de funcionamento limitado, os estabelecimentos devem cumprir normas sanitárias e proporcionar o isolamento social entre os clientes. Segundo a Prefeitura de Soure, o município tem 248 casos confirmados e 9 mortes pelo novo coronavírus. De acordo com a polícia, por ter um caráter educativo, nenhum estabelecimento foi fechado durante a fiscalização. Apesar disso, quase todos os bares foram flagrados descumprindo as determinações do decreto. "Nós constatamos que não houve os cuidados necessários por parte dos donos dos bares. Verificamos quem estava sem máscara e quem não estava cumprindo o distanciamento. As pessoas sem máscara foram orientadas a se retirarem. Já fizemos a orientação verbal e, se houver reincidência, haverá punição", afirmou Romero Brasil, Chefe de Operações da DPA.
Veja Mais

12/07 - Ato pede justiça no caso de empresária morta no AP; policial civil foi preso por feminicídio
Panos brancos foram colocados em frente a casas pra lembrar crime. Ana Kátia Silva foi morta baleada na quarta-feira (8), em Macapá. Leandro Freitas foi preso em flagrante. Casa da mãe da empresária Ana Kátia Silva participou do ato contra feminicídio neste domingo (12) Ronaldo Brito/Rede Amazônica Neste domingo (12) um ato contra o feminicídio pediu justiça para o caso que vitimou a empresária Ana Kátia Silva, de 46 anos, na quarta-feira (8), em Macapá. Ela foi morta com um disparo feito pelo namorado dela, o policial Leandro Freitas, de 29 anos. A defesa afirma que o tiro foi acidental. Empresária é morta baleada durante festa; policial civil foi preso como autor do crime 'Ele sempre mostrou ser agressivo', diz nora de empresária sobre policial civil Exame aponta que tiro que matou empresária foi feito por policial, mas perícia ainda avalia se foi intencional Ana Katia Almeida da Silva foi morta a tiros nesta quarta-feira (8), em Macapá Arquivo Pessoal O convite, feito pelas redes sociais, era para colocar uma faixa branca em frente as casas pela cidade. Onde a mãe de Kátia mora, na Zona Sul, uma das faixas simbolizava um laço, um pedido de paz. Algumas fotos foram publicadas na web com a hashtag "#JustiçaPorKátiaSilva". A sede da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) também participou do ato. Ato contra feminicídio neste domingo (12), no Amapá, pediu justiça no caso de empresária Kátia Silva Ronaldo Brito/Rede Amazônica Em altar na casa da família tinha fotos de Ana Kátia Silva ao lado de imagens de santos, bíblia e velas Ronaldo Brito/Rede Amazônica Caso Delegacia da Mulher, em Macapá, investiga o crime como feminicídio Caio Coutinho/G1 A empresária Ana Katia Almeida da Silva, de 46 anos, foi morta baleada na madrugada de quarta-feira, durante uma festa de aniversário. O policial civil foi preso em flagrante como autor do crime e apresentado na Delegacia de Crimes Contra a Mulher (DCCM). Ele estava baleado no ombro e o caso foi registrado como feminicídio. A Justiça converteu a prisão em flagrante em preventiva na sexta-feira (10), após audiência de custódia. A arma do crime foi apreendida. A polícia já sabe que o policial estava com a arma de fogo e consumindo bebida alcoólica desde a tarde de terça-feira (7), em outra festa. Segundo familiares dela, o casal tinha uma breve relação amorosa; em entrevista, a nora afirmou que ele sempre mostrou ser agressivo. Arma utilizada no crime contra a empresária Ana Kátia PM/Divulgação No depoimento, ele não falou que era namorado de Katia, mas declarou que a conheceu recentemente. Segundo a delegada responsável pelo caso, Cássia Costa, Freitas afirmou que não lembrava de ter atirado e nem como foi baleado. Um exame residual realizado pela perícia detectou vestígio de pólvora em uma das mãos de Freitas, o que comprovou a autoria. A policia busca identificar, por meio do trajeto da bala, se o tiro foi proposital ou não. A investigação quer saber também como o policial foi lesionado. A DCCM declarou que ele não tem histórico criminal e nem de agressões. A entidade explicou que, antes de assumir um cargo, o agente passa por uma investigação social sinuosa. No entanto, a Justiça, ao converter a prisão, ressaltou que ele respondeu a alguns crimes como lesão corporal, e que os casos foram arquivados após acordo. Além da investigação criminal, um processo administrativo também será aberto para apurar a conduta do policial. A Justiça determinou ainda que a Corregedoria da Polícia Civil suspenda ou restrinja o porte de armas de Freitas. Charles Bordalo, advogado de Leandro Freitas Caio Coutinho/G1 A versão do policial civil, de acordo com o advogado de Freitas, Charles Bordalo, é de que houve uma luta corporal entre Freitas e o filho de Katia antes do crime, e quando a arma caiu, disparou acidentalmente e atingiu a vítima. Bordalo afirmou na quarta-feira que o tiro no ombro de Freitas foi feito pelo próprio filho da vítima, que pegou a arma dele; a família contesta essa afirmação. “No momento que meu cliente estava se dirigindo para o carro dele, ele pegou a arma para guardar. Daí o filho [da vítima] viu e talvez imaginou que ele pegou a arma para atirar em alguém e partiu pra cima. Eles travaram luta corporal, nesse momento e a arma disparou. [...] Estão dizendo que o tiro pegou na parte posterior da vítima, e não é verdade, pegou na parte frontal, foi um acidente”, declarou Bordalo, na quarta-feira. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
Veja Mais

12/07 - Paraná passa de mil mortes e tem mais de 42 mil casos confirmados de coronavírus, diz Sesa
Boletim deste domingo (12) confirmou 1.729 novos casos e 30 novas mortes em relação ao relatório de sábado (11). Paraná passa de mil mil mortes e tem mais de 42 mil casos confirmados de coronavírus, diz Sesa G1 O Paraná chegou a 1.028 mortes registradas e a 42.058 casos confirmados de Covid-19, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) neste domingo (12). Conforme o boletim, foram registradas 30 novas mortes e 1.729 novos casos confirmados da doença em relação ao relatório de sábado (11). ***Esta reportagem está em atualização. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias DÚVIDAS: Perguntas e respostas sobre o assunto BEM AQUI: RPC tem plataforma com estabelecimentos e serviços que estão atendendo As 30 mortes divulgadas pela Sesa neste domingo são de 13 mulheres e 17 mulheres, com idades entre 10 e 84 anos. Esses óbitos, segundo a Sesa, aconteceram entre os dias 5 e 12 de julho. Das 399 cidades do Paraná, 379 têm pelo menos um caso confirmado da Covid-19. Já as mortes foram registradas em 190 municípios. Coronavírus no Paraná Casos de coronavírus no Paraná Initial plugin text Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Veja Mais

12/07 - Polícia apreende mais de 30 mil calçados e bolsas falsificadas na BA; produtos são avaliados em R$ 815 mil
Operação foi da Decarga e contou com apoio da PRF; quatro foram conduzidos à delegacia. Apreensão ocorreu na BR-116, em Feira de Santana. Polícia apreende mais de 30 mil calçados e bolsas falsificadas na Bahia Divulgação/Polícia Civil Mais de 30 mil pares de sapatos e sandálias falsificadas, além de 60 bolsas foram apreendidos, durante uma operação conjunta da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga) e prepostos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Bahia. De acordo com a Polícia Civil, a apreensão ocorreu na última sexta-feira (10), na BR-116, em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador. Todos os produtos foram avaliados em R$ 815 mil, informou a polícia. A polícia detalhou que a carga saiu do estado de Minas Gerais e seria comercializada em diversos shoppings da região Nordeste. O material era transportado em uma carreta que foi interceptada pela polícia na altura do Km-423, da BR-116. O motorista, de 36 anos, e outros três ocupantes do veículo, foram conduzidos à sede da especializada em Feira de Santana. Não há detalhes se os homens encaminhados para a delegacia foram ouvidos e liberados. A polícia detalhou que foram encontrados 11.226 pares de sapatos e tênis falsificados de diversas marcas, inclusive de grifes, avaliados em mais de R$ 510 mil, mais de 20 mil pares de sandálias, também falsificados avaliadas em R$ 300 mil, e outras 60 bolsas, cuja polícia estima valor em mais de R$ 5 mil. O titular da Decarga, delegado Gustavo Coutinho, explicou que produtos falsificados, muitas vezes vendidos como originais, lesam financeiramente o consumidor, que ainda corre riscos ao utilizar um produto que não segue os critérios de qualidade. De acordo com o delegado, toda carga será encaminhada para a Receita Federal. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Polícias Civil e Rodoviária Federal durante apreensão de calçados e bolsas falsificadas na Bahia Divulgação/Polícia Civil Polícias Civil e Rodoviária Federal durante apreensão de calçados e bolsas falsificadas na Bahia Divulgação/Polícia Civil
Veja Mais

12/07 - Bairro do Horto, em Juazeiro do Norte, tem dois homicídios registrados neste domingo
Ninguém foi preso pelos casos, segundo a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) de Juazeiro. Dois homens foram assassinados no Bairro Horto, em Juazeiro do Norte, neste domingo (12). O primeiro homicídio ocorreu às 6h e o segundo foi registrado às 14h. Ninguém foi preso pelos casos, segundo a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) de Juazeiro. Antoniele Soares Rosendo de Sousa, de 33 anos, foi morto à tiros no bairro na manhã deste domingo. Populares não souberam informar como ocorreu o crime. O homem chegou a ser socorrido para um hospital, mas não resistiu. Ele tinha passagem na polícia por tráfico de drogas, de acordo com a Ciops. Já no período da tarde, mais um homicídio à bala foi registrado no Bairro do Horto. A vítima foi identificada como José Ivan Douglas Rodrigues Ferreira, 26 anos. Segundo a Ciops, também não há testemunhas do caso, e a vítima respondia por roubo, ameaça e violência doméstica.
Veja Mais

12/07 - Homem morre depois de cair de parapente em Viana, ES
Ele estava fazendo um salto com um professor quando caiu. O acidente aconteceu no final da manhã desse domingo (12). Corpo de homem que morreu depois de cair de parapente é levado para DML de Vitória Danielle Cariello/ TV Gazeta Um homem morreu depois de cair de um parapente durante um voo, por volta de 11h20 deste domingo (12), na região da Pedra do Urubu, no bairro Universal, em Viana, na região metropolitana do Espírito Santo. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, uma equipe foi chamada até o local pelo instrutor de parapente. O professor informou que estava fazendo um voo com o aluno, quando o homem caiu do parapente em área de mata. Os militares fizeram buscas na região e encontraram o homem já morto. O corpo foi retirado da região de difícil acesso e levado até uma rampa. A Polícia Civil foi chamada e informou que o corpo será encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado pelos familiares e para ser feito o exame cadavérico. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Veja Mais

12/07 - Caminhão cai em ribanceira na Serra do Rio do Rastro
Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Bom Jardim da Serra, veículo caiu de uma altura aproximada de 100 metros. Caminhão caiu em ribanceira na Serra do Rio do Rastro PMRv/ Divulgação Um caminhão caiu numa ribanceira de uma altura aproximada de 100 metros na tarde deste domingo (12) na Serra do Rio do Rastro. As informações são da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Bom Jardim da Serra. A corporação foi acionada depois que pessoas viram a mureta da SC-390 quebrada em um curva e destroços espalhados na mata. As equipes da polícia e do resgate tentam chegar ao local. Ainda não há informações sobre vítimas. Veja outras notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

12/07 - Rio Preto registra mais três mortes e chega a 130 óbitos pela Covid-19
Depois de bater um recorde diário com 400 novos casos neste sábado, Rio Preto somou mais 54 novos infectados neste domingo, chegando agora a 4.641 casos de Covid-19. São José do Rio Preto (SP) registrou neste domingo (12) mais três mortes por causa do coronavírus e chegou aos 130 óbitos desde o início da pandemia na cidade, no mês de março. A Secretaria de Saúde não informou o sexo, a idade ou se os pacientes que morreram tinham alguma comorbidade. Depois de bater um recorde diário com 400 novos casos neste sábado, Rio Preto somou mais 54 novos infectados neste domingo, chegando agora a 4.641 casos de Covid-19. Initial plugin text Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba
Veja Mais

12/07 - PM apreende pássaros e dinheiro em Arcoverde
Motorista do veículo não apresentou a habilitação e foi levado para a delegacia. Outro homem que estava no carro também foi detido. A Polícia Militar em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, apreendeu pássaros que seriam vendidos em Caruaru. A ação aconteceu no sábado (11) e dois homens foram detidos. Inicialmente, a Central de Operações do 3º Batalhão de Polícia Militar recebeu uma denúncia, informando que um carro de passeio havia saído da cidade de Buíque carregando drogas. Os policiais montaram uma barreira na BR-232 e pararam o carro. Durante a abordagem foram encontrados 180 galos-de-campina, 20 tico-ticos, 80 papa-capins, dois tizius e oito sanhaços. Também foram apreendidos dois facões e R$ 700. Os animais estavam divididos em 18 gaiolas. O motorista do veículo não apresentou a habilitação e foi levado para a delegacia de Arcoverde. O outro homem que estava no carro também foi detido. Eles vão responder a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).
Veja Mais

12/07 - Espanha determina confinamento de 200.000 pessoas e focos de coronavírus aumentam no mundo
Confinamento na região da Catalunha é o primeiro desde a reabertura no país. Medidas de restrição mais severas estão sendo aplicadas também na América Latina e Oriente Médio. Mulher passa por um hospital de campanha, depois que o governo da Catalunha impor novas restrições em um esforço para controlar um novo surto de covid-19 em Lérida, na Espanha Nacho Doce/Reuters As autoridades da região da Catalunha (nordeste da Espanha) ordenaram neste domingo (12) que 200.000 habitantes da zona ao redor da cidade de Lérida retornem ao confinamento obrigatório, enquanto aumenta a preocupação em todo o planeta com os novos focos do coronavírus. "A população deverá permanecer em suas residências", anunciou a secretária regional de Saúde, Alba Verges, em uma entrevista coletiva. A zona afetada, ao redor de Lérida, já havia sido isolada do restante da Espanha na semana passada. Esta é a primeira vez desde 21 de junho, quando terminou o confinamento geral na Espanha, que uma região volta a decretar o confinamento domiciliar. A Espanha é um dos países mais afetados do mundo pela doença, com 28.400 mortos. Neste domingo, as regiões da Galícia e do País Basco comparecem às urnas, com medidas reforçadas de higiene. Com a flexibilização do confinamento, a Europa, continente com mais mortes (quase 202.000 em um total de 2,8 milhões de casos), observa novos focos de contágio. Novo recorde nos Estados Unidos Nos Estados Unidos, país mais afetado pelo vírus, o presidente Donald Trump apareceu pela primeira vez de máscara em público. Trump, relutante sobre a proteção, usou a máscara durante a visita a um hospital na região de Washington para saudar veteranos militares. Trump com máscara AFP Informações divulgadas pela imprensa durante a semana afirmam que os assessores praticamente imploraram ao presidente que cedesse e utilizasse uma máscara em público, no momento em que os casos de coronavírus disparam em algumas regiões do país. Os Estados Unidos voltaram a contabilizar um número recorde de contágios em apenas um dia, mais 66.000. O balanço total do país inclui 3,2 milhões de casos e quase 135.000 mortes. A Flórida é um dos estados mais afetados, com 10.360 novas infecções e 95 horas nas últimas 24 horas. Os números não impediram a Disney World de reabrir parcialmente no sábado (11) dois de seus quatro parques temáticos em Orlando. "Quarentenas estritas" em Bogotá O coronavírus também avança implacável na América Latina e Caribe, com um balanço de mais de 143.000 mortos e mais de 3,3 milhões de casos. O Brasil, o segundo país mais afetado do mundo pela doença, tem quase 71.500 vítimas fatais e mais de 1,8 milhão de contágios, incluindo o presidente Jair Bolsonaro. Cético a respeito da pandemia e contrário às quarentenas aplicadas nos estados, Bolsonaro continua fazendo campanha a favor da hidroxicloroquina, remédio sem eficácia científica comprovada. O Chile superou no sábado a marca de 11.000 mortes por coronavírus quando somados os casos prováveis, de acordo com o ministério Saúde. Apesar do número, as autoridades afirmam que o país vive atualmente uma "leve melhora". Colômbia e Equador também superaram no sábado a barreira de 5.000 vítimas fatais, de acordo com os dados oficiais dos países. Bogotá, maior ponto de contágios da Colômbia, anunciou a aplicação a partir de segunda-feira de "quarentenas estritas" por localidades (conjuntos de bairros). As autoridades da Venezuela, onde o número dois do chavismo, Diosdado Cabello, contraiu o vírus, anunciaram que 160 militares testaram positivo para a Covid-19. Aceleração da pandemia Após meses de confinamento e restrições, alguns países flexibilizam as medidas, mas os contágios voltam a aumentar. No Irã, que registra mais de 12.000 mortes, as autoridades alertam para o novo avanço do vírus. O guia supremo, o aiatolá Ali Khamenei, chamou neste domingo de "verdadeira tragédia" a epidemia de Covid-19 e pediu aos iranianos que respeitem as normas de saúde para conter o avanço da doença e "salvar o país". A Autoridade Palestina anunciou a aplicação de um toque de recolher diário noturno e completo aos finais de semana durante 14 dias para lutar contra a doença. "A circulação será proibida todos os dias das 20h às 6h em todas as províncias, assim como de quinta-feira de manhã a domingo, afirmou o porta-voz do governo palestino, Ibrahim Melhem. O agravamento da pandemia nos Bálcãs, apesar dos números aparentemente modestos, preocupa cada vez mais esta região pobre da Europa com infraestruturas médicas frágeis. A Organização Mundial da Saúde (OMS), que pede uma "ação agressiva" para lutar contra a propagação, enviou uma equipe à China para preparar uma missão que deve tentar determinar a origem do vírus. Initial plugin text
Veja Mais

12/07 - Seca faz umidade ficar abaixo de 30% no DF; Inmet emite 'alerta amarelo'
Segundo Instituto Nacional de Meteorologia, umidade relativa do ar chegou a 29% neste domingo (12). Chuva só deve voltar em setembro. Inmet emite alerta amarelo, devido à baixa umidade no Distrito Federal Defesa Civil / Divulgação O Distrito Federal registrou umidade relativa do ar abaixo de 30%, neste domingo (12), segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Por esse motivo, o órgão emitiu "alerta amarelo" para a capital, entre 12h e 18h (leia abaixo as instruções do Inmet). Neste domingo, a estação automática do Gama, no DF, registrou um mínimo de 29% de umidade. De acordo com o Inmet, estima que para uma boa qualidade do ar, a umidade deve ficar em torno dos 78%. DF completa 50 dias sem chuva; seca será 'dentro da normalidade', diz Inmet Veja aqui a previsão do tempo Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o alerta amarelo corresponde a "perigo potencial". É o primeiro de uma lista seguida pelo alerta laranja, que representa perigo, e vermelho – grande perigo. (veja detalhes abaixo). Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), a baixa umidade é considerada preocupante, porque podem provocar a desidratação, mal-estar, dificuldade de respiração, ressecamento de mucosas. O DF completou 56 dias sem chuva neste domingo. O último registro de chuva em Brasília este ano, segundo o Instituto de Meteorologia, foi no dia 17 de maio. A previsão é de que só volte a chover em setembro. Classificação da umidade do ar (segundo OMS) De 30% a 20% estado de atenção: evitar exercícios físicos ente 11h e 15h, deixar no ambiente balde com água ou toalha molhada, evitar locais desprotegidos do sol. De 20 a 12% estado de alerta: mesmas recomendações acima, além de suprimir exercícios físicos das 10h às 16h, evitar aglomerações em ambientes fechados, usar soro fisiológico nos olhos e no nariz. Abaixo de 12% estado de emergência: mesmas recomendações acima, além de não praticar nenhum tipo de esporte, nem trabalho braçal e interromper atividade ao ar livre das 10h às 16h. Devem ser suspensas as aulas de educação física, coleta de lixo, entregas dos Correios e é recomendado evitar aglomerações em ambientes fechados. Instruções do Inmet para dias com baixa umidade Beba bastante líquido; Evite desgaste físico nas horas mais secas; Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia; Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193). Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Veja Mais

12/07 - Carreta pega fogo e deixa uma faixa interditada na Rodovia Anhanguera, em Americana
Segundo a Polícia Rodoviária, veículo transportava açúcar e pegou fogo após o pneu estourar. Caminhão pegou fogo na Rodovia Anhanguera, em Americana Glaucio Cezar Rossi Uma carreta que transportava uma carga de açúcar pegou fogo na Rodovia Anhanguera (SP-330), em Americana (SP), neste domingo (12). Não houve vítimas. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o incidente ocorreu no quilômetro 127, sentido sul. Um pneu do veículo estourou e, na sequência, começou o incêndio. Equipes do policiamento rodoviário e o caminhão-pipa da CCR AutoBAn, concessionária da rodovia, foram até o local combater as chamas. Uma faixa foi interditada, mas o trânsito flui normalmente, ainda conforme a PMR. Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Veja Mais

12/07 - Delírio e psicose: cientistas alertam para distúrbios cerebrais em casos de Covid-19
Cientistas alertaram os médicos de que eles podem não estar diagnosticando uma série de distúrbios cerebrais ligados ao coronavírus. 9 de junho - Mulher passa por loja de roupas de casamento onde vestidos de noiva se amontoam na vitrine, em Londres. Os casamentos no Reino Unido foram adiados devido à pandemia do coronavírus (Covid-19) Frank Augstein/AP Complicações neurológicas graves — que incluem inflamação, psicose e delírio — foram descobertas em 43 casos de pacientes com Covid-19 por pesquisadores da University College London (UCL). Indivíduos sofreram com problemas variados, como distúrbios cerebrais, derrames, danos centrais ao nervo e outros efeitos graves no cérebro, segundo a pesquisa. Como a Covid-19 danifica o cérebro A odisseia de pacientes que sofrem os efeitos de longo prazo da Covid-19 O estudo publicado na revista científica "Brain" também revela um aumento nos casos de uma condição conhecida como encefalomielite aguda disseminada (Adem, na sigla em inglês). Esse aumento coincidiu com a primeira onda de casos de Covid-19 no Reino Unido, em março deste ano. O número de casos aumentou de uma média de um por mês para um por semana. A Adem pode ser provocada por uma infecção viral como o coronavírus. "Se vamos ter uma epidemia de grande escala de danos cerebrais ligados à pandemia (de Covid-19) — talvez parecida com o surto de encefalite letárgica dos anos 1920 e 1930 depois da pandemia da gripe espanhola de 1918 — ainda não sabemos dizer", diz Michael Zandi, do Instituto de Neurologia da UCL. Cientistas não encontraram traços de Covid-19 no líquor, o fluido corporal presente no cérebro. Isso sugere que o vírus não ataca diretamente o cérebro. Eles especulam que o dano cerebral seria causado pela resposta do sistema imunológico ao coronavírus. "Dado que o coronavírus só está aí desde poucos meses, não temos ainda noção sobre os danos de longo prazo que ele pode causar", diz o médico Ross Peterson, da UCL, que também participou da pesquisa. "Os médicos precisam estar cientes dos possíveis efeitos neurológicos, já que o diagnóstico precoce pode melhorar o resultado para os pacientes." Cientistas ainda tentam entender o impacto que a Covid-19 pode ter no cérebro. Outro estudo recente identificou danos cerebrais em 125 pacientes que estiveram em estado grave por conta do coronavírus. Quase metade deles havia sofrido derrame devido a algum coágulo que se formou. Outros apresentaram inflamação cerebral, psicose e sintomas de demência. Um dos autores do estudo, o professor Tom Solomon, da Universidade de Liverpool, disse à BBC que está claro que existe uma relação entre o vírus e os danos cerebrais. "Parte é devido à falta de oxigênio no cérebro. Mas parece haver muitos outros fatores, como problemas de coagulação e uma resposta híper-inflamatória do sistema imunológico." No Canadá, o neurocientista Adrian Owen lançou um estudo global para tentar determinar como o vírus afeta a cognição. "Nós já sabemos que os sobreviventes de UTIs estão vulneráveis para danos cognitivos", disse. "Então com o número de pessoas recuperadas de Covid-19 crescendo, está ficando cada vez mais nítido que mandar as pessoas da UTI para casa não é o final da história para essas pessoas. É só o começo das suas recuperações." Michael Zandi, da UCL, diz que também havia ligações entre danos neurológicos e doenças como a Sars e a Mers. Mas no caso da Covid-19 isso está acontecendo em uma escala muito maior. O mais parecido com a situação atual, segundo Zandi, foi o surto de uma doença misteriosa logo após a pandemia de gripe espanhola, em 1918. A doença conhecida como encefalite letárgica apareceu no mundo naquela época e afetou mais de um milhão de pessoas. Há poucas pistas sobre as causas da doença e sobre a possibilidade de a influenza ser o gatilho para ela. A doença causava problemas motores semelhantes ao Mal de Parkinson e uma espécie de coma. O correspondente médico da BBC, Fergus Walsh, diz que é importante não se traçar comparações exageradas entre a Covid-19 e a gripe espanhola de 1918. Mas no caso desses sintomas de problemas neurológicos, será necessário estudar mais os impactos de longo prazo da doença no nosso cérebro. Primeiro voluntário recebe vacina contra Covid-19 feita pelo Imperial College de Londres Initial plugin text
Veja Mais

12/07 - Alenquer fica entre as 7 cidades paraenses com mais registros de malária no 1º semestre de 2020
Foram registrados 694 registros no município. Estado registrou 8.355 casos de janeiro a junho. Alenquer fica entre as 7 cidades paraenses com mais registros de malária no 1º semestre de 2020 Getty Images Os casos de malária no Pará tiveram redução no comparativo entre o primeiro semestre deste ano e do ano passado. A queda foi de 45%. Entretanto, os números ainda são altos. No oeste do estado, o município de Alenquer ficou entre as sete cidades que concentram os maiores números de casos da doença. De acordo com levantamento da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), de janeiro a junho foram registrados 694 casos em Alenquer. Outras cidades com mais registros e que figuram com 80% do total de casos no Pará são: Anajás (1.702), Itaituba (1.444), Jacareacanga (979), Bagre (782), Oeiras do Pará (610), Altamira (358) e Cametá (349). Dados gerais Os dados da Sespa apontam que foram 8.355 casos confirmados neste ano contra 15.107 registrados no ano passado no estado. Em relação ao ano de 2018, que teve 21.189 casos de malária notificados, a redução foi de 60, 56%. Em relação às áreas prováveis de infecção, houve redução de 72,8% na área urbana e de 58,5% na área rural. No entanto, houve aumento de 17,8% na transmissão em regiões de garimpo e de 46,7% nos territórios indígenas. Sinais e sintomas Mosquito Anopheles stephensi, transmissor da malária, picando uma vítima Jim Gathany/CDC/Reuters A malária é uma doença infecciosa febril aguda, causada por protozoários transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles (mosquito prego), que aparece principalmente ao entardecer e ao amanhecer. Os sintomas mais comuns da malária são febre alta, calafrios, tremores, sudorese, dor de cabeça, que podem ocorrer de forma cíclica. Muitas pessoas, antes de apresentarem essas manifestações mais características, sentem náuseas, vômitos, cansaço e falta de apetite. A doença pode evoluir para suas formas graves se não for diagnosticada e tratada de forma oportuna e adequada. É importante ressaltar que a malária é uma doença que tem cura e o tratamento é eficaz, simples e gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS).
Veja Mais

12/07 - Em rede social, transexuais reclamam de exclusão de perfil em aplicativo de paquera
Tinder afirmou que não bane usuários por conta da sua identidade de gênero, mas reconhece que a comunidade trans enfrenta desafios no aplicativo, 'incluindo ser injustamente denunciado por matches (parceiros) potenciais'. Imagem de tela de entrada do Tinder Divulgação/Kon Karampelas/Unslash Na manhã deste domingo (12), transexuais reclamaram em uma rede social da exclusão de seus perfis no Tinder, um dos aplicativos de paquera mais conhecidos. Na rede social, o Tinder tem uma conta na qual se diz que o aplicativo "é para todas nós, é para todos nós, é para todes nós" – essa expressão "todes" é empregada como forma de linguagem inclusiva para trans. A logomarca do aplicativo também estava nas cores do arco-íris, que representam a comunidade LGBTQI. No entanto, ativistas reclamaram que, frequentemente, o aplicativo exclui as contas de transexuais. Segundo Alina Dursi, de 20 anos, o Tinder não tem a categoria mulher trans ou homem trans. Ela diz que é comum o perfil ser excluído depois de denúncias de outros usuários do aplicativo – o que aconteceu com ela mesma em 2018, afirma. “Não conheço uma trans que não tenha passado por isso. Se se coloca na biografia que é trans, o perfil cai”, diz ela. Dursi afirma suspeitar que não há funcionários do Tinder que se certificam se são verdadeiras as denúncias de perfil falso no aplicativo de paquera. "É uma rede com muitos problemas e um suporte muito fraco", diz. Denúncias injustas e novas opções de identificação de gênero Em nota, o Tinder afirmou que não bane usuários por conta da sua identidade de gênero, mas reconhece que a comunidade trans enfrenta desafios no aplicativo, "incluindo ser injustamente denunciado por matches (parceiros) potenciais". "Esta é uma questão complexa e multifacetada e estamos trabalhando em estreita colaboração com organizações ao redor do mundo para melhorar constantemente nossas práticas." O aplicativo adotou novas opções de identificação de gêneros, mas as atualizações ainda estão acontecendo e devem levar algumas semanas, de acordo com a assessoria de imprensa da empresa. "Recentemente, anunciamos a chegada de identidades de gênero no Brasil em julho, expandindo as opções disponíveis para membros que se identificam além dos gêneros binários." A empresa pede a aqueles que consideram terem sido injustamente banidos entrar em contato pelo endereço de e-mail questions@gotinder.com. Live do G1 fala sobre a mudança dos relacionamentos durante a pandemia Deu match! Idosos que se conheceram pelo Tinder e se casam em SP
Veja Mais

12/07 - Adolescente é arremessado para fora de carro e morre após capotamento, na PR-459
De acordo com o Corpo de Bombeiros, acidente aconteceu na tarde deste domingo (12); outras três pessoas estavam no carro e não sofreram ferimentos. Um adolescente, de 14 anos, morreu após o carro em que ele estava capotar na PR-459, em Pinhão, na região dos Campos Gerais do Paraná, na tarde deste domingo (12). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima foi arremessada para fora depois que o motorista do carro perdeu o controle da direção e capotou. No veículo, estavam o adolescente, o motorista e outras duas pessoas. Os outros ocupantes do carro não ficaram feridos. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Veja Mais

12/07 - Dois ficam feridos e carro cai em córrego após colisão em Ribeirão Preto, SP
Acidente aconteceu na Avenida Antônio e Helena Zerrener na manhã deste domingo (12). Causas da batida não foram esclarecidas. Carro cai em córrego após batida em Ribeirão Preto, SP Ronaldo Gomes/EPTV Duas pessoas ficaram feridas em um acidente com a queda de um carro dentro de um córrego na zona oeste de Ribeirão Preto (SP) neste domingo (12). A colisão entre dois carros aconteceu na Avenida Antônio e Helena Zerrener, no cruzamento com a Rua Rondônia. As vítimas tiveram ferimentos leves, segundo o Corpo de Bombeiros. Um jovem de 18 anos teve uma fratura no punho e foi levado a um hospital particular. Um idoso de 78 anos foi atendido pela Santa Casa, de acordo com as primeiras informações da equipe de resgate. As circunstâncias do acidente ainda não foram esclarecidas. Carro cai em córrego após colisão na Avenida Antônio e Helena Zerrener, em Ribeirão Preto (SP) Ronaldo Gomes/EPTV Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Veja Mais

12/07 - Homem é detido pela PM após atirar com espingarda sem registro em Ribeirão Bonito
Ele afirmou que teria disparado contra possíveis assaltantes em sua chácara; ele foi liberado após pagar fiança. Espingarda apreendida pela PM em Ribeirão Bonito Polícia Militar/Divulgação Um homem foi detido em Ribeirão Bonito (SP) por posse ilegal de arma de fogo, na noite de sábado (11). Ele acabou liberado após pagar fiança no valor de R$ 1 mil. A Polícia Militar recebeu denúncia de um possível roubo em uma chácara às margens da Rodovia Luís Augusto de Oliveira (SP-215). Segundo a PM, um dos proprietários do imóvel informou que assaltantes armados tentaram invadir o local. Para se defender, ele efetuou disparos com uma espingarda calibre 12. O proprietário afirmou, entretanto, que a arma não estava legalizada. Por isso, ele foi detido, levado ao Plantão Policial de São Carlos e teve a espingarda apreendida. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.
Veja Mais

12/07 - Macatuba vai multar em R$ 5 mil dono de imóvel que promover festa durante pandemia
Segundo o projeto de lei, que entra em vigor nesta segunda-feira (13), participantes desses eventos, públicos ou privados, podem ser multados em R$ 500. Um projeto de lei do Executivo aprovado pela Câmara de Vereadores de Macatuba (SP) prevê multas pesadas para quem promover ou participar de festas ou comemorações com aglomeração de pessoas durante o período da pandemia de coronavírus. Sancionada, a lei passa a valer a partir desta segunda-feira (13). Segundo a nova lei, deve ser multado em R$ 5 mil o dono do imóvel onde estiver sendo realizada a festa ou encontro sem autorização da prefeitura e que conte com a participação de 10 pessoas ou mais, que não pertençam à mesma família, e com consumo de bebidas ou alimentos. Acompanhe ao VIVO as últimas notícias sobre o coronavírus na região O projeto prevê também aplicação de multa no valor de R$ 500 para os participantes dessas festas ou eventos com fins recreativos, em locais públicos ou privados. Segundo a prefeitura, o objetivo da lei é tentar conter as aglomerações de pessoas e, para isso, será requisitado o apoio da Polícia Militar. Durante a tramitação, o projeto recebeu duas emendas. Uma delas cria a destinação de 100% do valor arrecadado pelas multas para a Secretaria de Saúde, e a outra prevê a aplicação de pena de advertência em um primeiro flagrante ao infrator – a multa será aplicada na reincidência. Até sábado (11), Macatuba registrava 337 casos positivos de Covid-19 e outros 102 casos considerados suspeitos, aguardando resultado de exames. Três pessoas já morreram por complicações da doença na cidade, incluindo a jovem de 23 anos que não resistiu durante o parto de gêmeos. Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Veja Mais

12/07 - Mais seis mortes por Covid-19 são confirmadas no Triângulo e Alto Paranaíba; saiba mais no boletim sobre o Noroeste de MG
Atualizado neste domingo (12), informe da SES-MG apresenta ainda casos confirmados nas regiões. São mais de 15.800 registros positivos do coronavírus. As cidades do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas já registraram mais de 15 mil casos da doença Carla Cleto/Ascom Mais seis mortes causadas pela Covid-19 foram confirmadas em cidades do Triângulo e Alto Paranaíba, conforme o Boletim Epidemiológico deste domingo (12). Com a atualização da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), são 263 óbitos pela doença entre os municípios da região. As cidades que tiveram óbitos confirmados pela doença foram Itapagipe, Frutal, Santa Juliana, Uberaba e Uberlândia. O informe estadual apontou ainda novos casos nas duas regiões e também em municípios do Noroeste de Minas. Ao todo, são mais de 15.800 registros positivos do coronavírus nas cidades da região. * Veja ainda informações sobre os casos confirmados, de pessoas recuperadas e as tabelas com os números das cidades. Alterações na metodologia Na última terça-feira (7), a SES-MG divulgou mais uma atualização na metodologia. O ponto central é que "os municípios, após realizarem uma investigação epidemiológica, podem retirar da lista de casos confirmados algum caso com inconsistência. Dessa forma, pode ser que ao invés de acrescentar, eles retirem e o valor informado será negativo". * Veja abaixo tabelas com as principais informações de todos os municípios destas regiões, inclusive as de pessoas curadas da doença. Diferenças de dados entre Estado e Municípios Diariamente, Estado e municípios divulgam informações dos casos relacionados ao coronavírus. O G1 lembra que a divergência de dados do boletim do Governo de Minas em relação aos dados das Prefeituras ocorre por diversos fatores, dentre eles, a quantidade de dados recebidos pelo Estado. Além disso, a SES-MG destaca, sempre, que os dados são parciais e que estão sujeitos a alterações. Casos confirmados Uberlândia segue como a cidade com mais casos confirmados entre os municípios das regiões, são 9.022. Somente na atualização deste domingo, 240 registros foram confirmados. Logo em seguida aparece Uberaba, que neste domingo confirmou mais 30 casos, totalizando 1.030. Ao todo, Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas têm 15.843 resultados positivos para a Covid-19. Veja na tabela o total de casos em cada município, em ordem alfabética. Casos confirmados de Covid-19 Mortes confirmadas Com o boletim deste domingo do Estado, as regiões do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de MG contabilizam 263 óbitos causados pelo coronavírus. No fim de junho, a Prefeitura de Itapagipe confirmou a primeira morte na cidade; este óbito consta na atualização deste domingo da SES-MG. Conforme o Estado, a vítima era um idoso de 63 anos que morreu no dia 27 de junho. Ele apresentava comorbidades, que não foram divulgadas pela secretaria estadual. Além da cidade, Frutal, Uberaba e duas em Uberlândia também confirmaram óbitos da doença. Respectivamente, as vítimas são: idoso de 84 anos que morreu no dia 9 de julho e não apresentava comorbidades; idoso de 77 anos que faleceu no dia 10 de julho e apresentava comorbidades. Já em Uberlândia, as vítimas são dois idosos de 72 e 80 anos. A senhora de 80 anos morreu no dia 9 deste mês e apresentava comorbidades; o idoso de 72 anos morreu no dia 16 de junho e também apresentava comorbidades. A última morte confirmada neste domingo foi em Santa Juliana: um idoso de 73 anos, apresentava comorbidades e morreu no dia 9 de julho. Com isso, a cidade tem quatro óbitos conforme o Estado. No entanto, não há atualização recente no site da Prefeitura sobre esse caso. O G1 entrou em contato com o Executivo por telefone, mas não houve retorno até a publicação desta matéria. Veja por cidades: Mortes por Covid-19 Casos curados Veja os números totais dos casos curados com atualização feita pela reportagem às 13h44 deste domingo nas cidades do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas em ordem alfabética. O Estado destaca que os dados são parciais e sujeitos a mudanças. Muitas vezes, a data que consta na publicação da página não bate necessariamente com a atualização dos números. Veja abaixo por cidade: Casos curados de Covid-19 Minas Gerais Conforme este boletim, são 75.851 casos confirmados em todo Estado. Estão em acompanhamento 24.506, ou seja, quadros que não evoluíram para óbito, cuja condição clínica permanece sendo acompanhada ou aguarda atualização pelos municípios. Além disso, 49.769 pessoas se recuperaram da Covid-19 em Minas Gerais. Ainda no Estado, há 1.576 mortes confirmadas por coronavírus. Sobre casos suspeitos, a SES-MG informou que conforme nova definição de caso preconizada pelo Ministério da Saúde, os casos anteriormente definidos como “suspeitos” passam a ser registrados nos sistemas oficiais de notificação como Síndrome Gripal Inespecífica, por não preencherem, em sua integralidade, critério para investigação laboratorial. Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Veja Mais

12/07 - PM acaba com festa e leva 60 pessoas para a delegacia, em Caldas Novas
De acordo com a PM, havia adultos e menores bebendo e ouvindo música alta. Participantes assinaram TCO por desrespeito ao decreto municipal que visa evitar a disseminação do coronavírus. PM flagra aglomeração em festa e leva participantes para delegacia de Caldas Novas, Goiás Reprodução/TV Anhanguera Um grupo com cerca de 60 pessoas foi flagrado pela Polícia Militar de Caldas Novas, no sul de Goiás, em uma festa com bebidas alcoólicas e música alta, na madrugada de sábado (11). De acordo com a PM, havia adultos e menores no local, às margens da GO-139, saída para Marzagão. Segundo informações da PM, todos os participantes da festa foram levados até a delegacia de Caldas Novas, onde assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desrespeito ao decreto municipal que visa evitar a disseminação do coronavírus. Em Caldas Novas, o decreto da prefeitura proíbe aglomerações e até mesmo a venda de bebidas alcoólicas aos finais de semana. Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Veja Mais

12/07 - Meio milhão de pessoas votam nas primárias pró-democracia de Hong Kong
Mesmo sob a mira da recém aprovada lei de segurança nacional, pelo governo chinês, pleito teve alta adesão. Vencedores serão anunciados na segunda-feira. Mais de meio milhão de cidadãos de Hong Kong votaram nas primárias organizadas por partidos pró-democracia para escolher os candidatos nas eleições legislativas, informaram neste domingo (12) os organizadores. Protestos em homenagem às vítimas do massacre de 1989, em Hong Kong REUTERS/Tyrone Siu A participação foi alta, apesar do aviso do governo de que poderia violar a nova lei de segurança imposta por Pequim a esse território semi-autônomo chinês. A lei foi aprovada como resposta ao movimento pró-democracia iniciado em 2019 e prevê a punição de atos de subversão, secessão, terrorismo e conluio com forças estrangeiras. Em um dia quente, milhares de pessoas esperaram para entrar nos mais de 250 centros de votação no território. A votação durou dois dias, sábado e domingo. Após o fechamento dos centros eleitorais, neste domingo às 21h locais, os organizadores informaram ter contabilizado 580.000 eleitores no sistema de votação eletrônica. "Diante da nova lei de segurança nacional, quase 600.000 pessoas vieram e votaram, e aí que vemos a coragem do povo de Hong Kong", disse o ex-deputado e organizador das primárias, Au Nok-hin. Os candidatos vencedores serão anunciados na noite da próxima segunda-feira após a contagem, e concorrerão às eleições legislativas de Hong Kong, previstas para setembro, que conta com 70 membros. Na última quinta-feira (9), o secretário de Assuntos Constitucionais e Continentais, Erick Tsang, afirmou que aqueles que "organizam, planejam e participam" das eleições primárias podem ser considerados culpados pela nova lei de segurança, de acordo com entrevistas publicadas por vários jornais pró-Pequim. Apesar dos avisos, centenas de milhares de pessoas foram votar.
Veja Mais

12/07 - Colegas prestam homenagem a GCM vítima do novo coronavírus em Nova Odessa; VÍDEO
Newton Araújo Gino, que tinha 69 anos e estava há 26 na corporação, teve a morte confirmada neste sábado. GCMs prestaram guarda em frente ao Cemitério Municipal, onde ele foi sepultado. Homenagem a GCM vítima da Covid-19, em Nova Odessa Reprodução/ Facebook Colegas de trabalho prestaram a última homenagem ao guarda civil municipal Newton Araújo Gino, de 69 anos, que foi a 17ª vítima da Covid-19 em Nova Odessa (SP). Gino teve a morte confirmada neste sábado (11) pelo hospital particular onde estava internado, em Americana. A homenagem ocorreu em frente ao Cemitério Municipal de Nova Odessa, onde o agente foi sepultado, na manhã deste domingo (12). Initial plugin text Gino estava na corporação desde 1994. Era guarda de classe especial. Depois de anos de patrulhamento nas ruas, foi transferido para o Paço Municipal, onde trabalhava à noite, cuidando da segurança do prédio. O guarda testou positivo para Covid-19 e foi internado no mês passado. A partir daí, seu quadro foi se agravando. Nota de pesar da Guarda de Nova Odessa sobre a morte do GCM Reprodução/ Facebook “Trabalhei com o Gino nas ruas durante quase quatro anos, éramos da mesma equipe. Ele era um guarda excepcional, justo, correto, extremamente responsável e sempre teve hábitos saudáveis. Além disso, éramos muito amigos, praticamente irmãos. Sem dúvida, uma perda irreparável”, relatou o diretor da Guarda Civil Municipal de Nova Odessa, Nilton César Alves. A morte do GCM Gino ocorreu no dia em que Nova Odessa registrou o maior número de casos de coronavírus desde o início da pandemia. Foram 40 novos infectados. Segundo a Secretaria de Saúde, são casos reportados por hospitais e laboratórios particulares ao longo da semana. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Veja Mais