SEJA BEM VINDO

H1



H2



H3



H4



Notícias

RSS Feed - Notícias - Mantenha-se Informado


19/08 - Moradores e comerciantes reclamam de poeira e obra parada na Praça Godofredo Leopoldino, em Goiânia
Segundo eles, trabalhos começaram há cerca de dois meses, mas está sem andamento e causa transtornos na região. Revitalização de praça se transforma em dor de cabeça para moradores de Goiânia Moradores e comerciantes da região da Praça Godofredo Leopoldino, também conhecida como Praça do Racha, em Goiânia, reclamam que a prefeitura começou uma obra no local há cerca de dois meses, mas não deu andamento. Segundo eles, o local está com muita terra, poeira e sem iluminação, pois as lâmpadas foram retiradas. “Aqui está insuportável. Nós estamos convivendo com esse lugar feio. É muita poeira, está escura, está perigosa, temos medo”, diz Maria Nora, síndica do residencial que fica em frente à praça. Localizada entre os setores Oeste e Coimbra, a praça já foi um ambiente de convivência para crianças, adultos e idosos, mas estava abandonada há alguns anos, segundo os moradores. Eles dizem que funcionários da prefeitura foram até a praça no final de junho e retiraram a calçada, grama, bancos e lâmpadas, deixando apenas terra no local. Algumas pessoas acreditam que a obra seja uma revitalização da praça, mas afirmam que não foram comunicadas sobre o projeto ou o tempo que levará. “Ninguém conhece o projeto da praça. Ninguém sabe o que vai ser feito aqui. Não avisaram data de início nem de fim. Ninguém mostra o projeto, não tem ninguém aqui para explicar para a gente”, relata Maria Nora. A moradora afirma que a poeira tem causado transtornos para todos da região. “A área de lazer tem que limpar o tempo inteiro, nossos apartamentos estão cheios de poeira. Além disso, nós temos restaurantes, farmácias, tem crianças e idosos no prédio, então está sendo muito difícil”, afirma. Os comerciantes da região também estão incomodados com a terra e a obra parada. Eles contam que os funcionários da prefeitura raramente aparecem no local. Em um mês, foram ao local apenas duas vezes. A poeira na praça também afeta a rotina das lojas, pois os clientes se incomodam com a limpeza. A população da região espera um posicionamento da prefeitura, para saber quando a obra será concluída. O G1 entrou em contato com a Prefeitura de Goiânia por email nos dias 6 e 13 deste mês para saber quando as obras serão retomadas e concluídas, mas não obteve resposta até a última atualização dessa reportagem. Já a Comurg explicou que será mantido o traçado original da praça, porém haverá um aumento na área permeável e substituição do gramado. A revitalização ainda inclui reparos nos bancos de concreto, lixeiras e canteiros. Veja outras notícias da região no G1 Goiás. Praça Godofredo Leopoldino está com obra parada Reprodução/TV Anhanguera
Veja Mais

19/08 - Ponte da Vila Maria é liberada após obras; dois morrem em acidente após furar bloqueio
Via estava fechada desde a noite de sexta-feira (16). Motociclista e garupa morreram no sábado (17) com corte de corda de nylon colocada em bloqueio de segurança. Ponte da Vila Maria foi reaberta na madrugada desta segunda-feira A Ponte Jânio Quadros, também conhecida como Ponte da Vila Maria, na Zona Norte de São Paulo, foi liberada na madrugada desta segunda-feira (19), após interdição para obras emergenciais no fim de semana. No sábado (17), um motociclista e o garupa morreram após furarem dois bloqueios montados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para impedir o trânsito na via. A corda de nylon atravessava a via e estava fixada em duas grades, mas a CET não explicou a finalidade da linha. A corda atingiu o pescoço do motociclista William de Souza Falcão, de 30 anos, que foi decapitado. O homem que estava na garupa sofreu um corte profundo no pescoço e também morreu. Segundo a CET, as obras na pista sentido bairro foram realizadas em duas das quatro vigas de sustentação que foram danificadas por diversas colisões de caminhões que não respeitaram o limite de altura permitido. Acidente Na madrugada do último sábado (17), um motociclista e o garupa furaram o bloqueio de segurança da CET, que visava impedir o trânsito durante obras na via e morreram. Em nota, a CET disse que "os bloqueios de interdição para as obras de reforço da ponte da Vila Maria foram feitos por uma barreira com cerca de 50 cones em dois pontos - acesso da Marginal para a ponte, com cones, e viatura da CET com dois agentes - e outro bloqueio na Av. Guilherme Cothing com Rua Juvenal Gomes Coimbra - com mais uma viatura e dois agentes". Capacete de motociclista morto na Ponte Vila Maria Reprodução/TV Globo
Veja Mais

19/08 - VÍDEOS: Bom Dia PE de segunda-feira, 19 de agosto
Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Pernambuco. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Pernambuco.
Veja Mais

19/08 - Homem morre após colidir moto em poste, em João Pessoa
Buraco na via teria feito com que o homem perdesse o controle da moto, de acordo com a perícia. Acidente aconteceu na avenida Tancredo Neves, em João Pessoa Reprodução/TV Cabo Branco Um homem de 26 anos morreu depois que colidiu a moto que pilotava em um poste, no Bairro dos Ipês, em João Pessoa, neste domingo (18). De acordo com a perícia, um buraco na via teria provado o acidente. O homem é funcionário de um supermercado no bairro do Bessa e, no momento do acidente, voltava para a casa, no bairro do Róger. De acordo com a perícia, os primeiros indícios indicam que o homem caiu com a moto no buraco ou tentou desviar dele e, por isso, perdeu o controle da moto. Ele morreu na hora.
Veja Mais

19/08 - Espetáculo 'Corre-Corre na Floresta' é atração gratuita em Sorocaba
Objetivo é conscientizar crianças sobre educação e segurança no trânsito de maneira divertida. Espetáculo 'Corre-Corre na Floresta' é atração gratuita em Sorocaba Divulgação O espetáculo "Corre-Corre na Floresta" será apresentado em três espaços públicos de Sorocaba (SP). O objetivo é conscientizar crianças sobre educação e segurança no trânsito de maneira divertida. Na segunda-feira (19), às 10h e às 14h, a atração será levada à Biblioteca Municipal "Jorge Guilherme Senger". Com duração de 45 minutos, a peça apresenta a história de Ronin, um jovem jabuti que, cansado de ser o mais lento da floresta, decide usar sua enorme capacidade inventiva para desenvolver o veículo mais rápido do bosque. Ele só não imaginava a bagunça que sua invenção causaria. Voltada a crianças de 5 a 10 anos de idade, "Corre-Corre na Floresta" tem o objetivo de informar, por meio das artes cênicas, sobre os importantes cuidados que cada cidadão deve possuir no trânsito e o comportamento adequado em relação ao respeito e à segurança exigida nas vias públicas. Além disso, a peça também levanta pontos sobre cidadania e educação. As demais apresentações da peça teatral acontecerão na terça-feira (20), às 14h, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes) "Prof. Flávio Vespasiano Di Giorgi", no Parque das Laranjeiras, e na quarta-feira (21), às 10h, na Biblioteca Infantil Municipal "Renato Sêneca de Sá Fleury". O evento é aberto ao público. A Biblioteca Municipal está localizada na Rua Ministro Coqueijo Costa, 180, no Alto da Boa Vista. Mais informações podem ser obtidas, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h50 e, aos sábados, das 13h às 16h50, pelo telefone (15) 3228-1955. Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Veja Mais

19/08 - Avenida Niemeyer passará por inspeção nesta segunda-feita
Via está fechada desde o dia 28 de maio por determinação da Justiça. Avaliação será feita por peritos judiciais e de técnicos do município; obras da prefeitura devem ser concluídas em outubro. Uma inspeção será feita na Avenida Niemeyer, na manhã desta segunda-feira (19), para avaliar a possibilidade de reabertura da via. A decisão foi tomada na quinta (15), durante uma audiência na 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que reuniu representantes da Prefeitura e do Ministério Público. A inspeção será feita por peritos judiciais e de técnicos do município, com a presença do desembargador Mauro Pereira Martins. Atualmente, a prefeitura faz 34 obras na via, com conclusão prevista para outubro. Carro do prefeito Crivella circula pela Av. Niemeyer, que está interditada judicialmente desde maio Quase 3 meses de interdição A Avenida Niemeyer – que liga os bairros de São Conrado e Leblon - está fechada desde o dia 28 de maio por determinação da Justiça, que atendeu ao pedido do Ministério Público, sob alegação de risco para motoristas. O procurador-geral do município, Marcelo Silva Moreira Marques, apresentou logo no início da sessão de conciliação a proposta de abertura imediata da via com o compromisso de interditá-la em dias de chuva. O MP chegou a questionar se seria possível garantir a segurança da população durante as obras, mas o secretário Municipal de Infraestrutura e Habitação, Sebastião Bruno, explicou que todas as rochas que poderiam oferecer risco já haviam sido retiradas e contidas, assim como 17 casas e todo o entulho. Diante do impasse, o desembargador Mauro Pereira Martins determinou então a ida de peritos para avaliação dos riscos. No dia 7 de fevereiro, uma forte chuva atingiu a avenida, causando o desabamento de mais um trecho da ciclovia Tim Maia. Pelo menos quatro pontos de deslizamento bloquearam a via. Dois ônibus foram atingidos pelos deslizamentos de terra e duas pessoas morreram. No dia 16 de maio, a via foi fechada por outro deslizamento de terra. Uma casa foi atingida, mas não houve vítimas. Placa informa fechamento da Av. Niemeyer por causa de decisão judicial Marcos Serra Lima/ G1
Veja Mais

19/08 - Quanto custam as peças do iPhone (em comparação com o preço final do celular)
A tela, os componentes eletromecânicos e a câmera são as três peças mais caras para fabricar o dispositivo. O custo das peças do iPhone XS Max de 64GB, lançado em setembro do ano passado, é de aproximadamente US$ 392,50 REUTERS/Stephen Lam O iPhone não é mais a galinha dos ovos de ouro da Apple. Foi o que se constatou quando a empresa apresentou os resultados do segundo trimestre do ano - até o mês de junho - e deixou os investidores com um gosto agridoce na boca. Apesar do aumento do lucro global, a gigante da tecnologia registrou pela primeira vez desde 2012 que as vendas do iPhone representaram menos da metade das vendas totais da companhia. Em comparação com o mesmo trimestre do ano passado, as vendas do dispositivo apresentaram uma queda de US$ 741 milhões (R$ 2,9 bilhões). A Apple conseguiu compensar a diferença desta queda com uma receita maior em serviços, como streaming de músicas e sua loja de software. Mas qual é o custo de fabricação de um iPhone? Segundo dados da consultoria de tecnologia IHS Markit, o custo das peças do iPhone XS Max de 64GB - lançado em setembro do ano passado - é de aproximadamente US$ 392,50 (cerca de R$ 1.570) por unidade, enquanto este mesmo modelo é vendido nos EUA por US$ 1.099 (R$ 4.400, em valores atuais). Já no Brasil, o mesmo aparelho hoje custa R$ 7.999 no site da Apple. Você precisa levar em conta, no entanto, que o primeiro valor corresponde apenas ao preço que a Apple paga pelas peças do telefone, e não inclui outros gastos, como a montagem. Tampouco inclui o investimento que deve ser feito em pesquisa e desenvolvimento de produtos, logística e marketing. Para efeito de comparação, quando o Samsung Galaxy S9+ de 64 GB foi lançado, o custo total das suas peças era de US$ 375,80 (ou R$ 1.504) – apenas US$ 16 a menos que as do iPhone XS Max. Naquela época, esse modelo de smartphone era vendido nas lojas por cerca de US$ 840 (R$ 3.360); ou seja, US$ 259 (ou R$ 1.036) a menos que o celular da Apple. Custo de produção do Samsung Galaxy S9 Plus é quase o mesmo do iPhone XS Max Richard Drew/AP A tela, os componentes eletromecânicos e a câmera são as três peças mais caras para fabricar o iPhone. Custam US$ 120, US$ 71,50 e US$ 51,10, respectivamente. Por outro lado, o carregador, as portas USB, os fones de ouvido e os sensores do telefone custam US$ 11. O iPhone XS Max, modelo mais novo da Apple, tem uma tela super retina HD de 6,5 polegadas e, de acordo com a própria empresa, sua bateria dura 30 minutos a mais do que o modelo anterior. Evolução dos preços Se olharmos para trás, o custo de fabricação de um iPhone 7 de 64GB era de quase US$ 225, enquanto o de um iPhone 8 era levemente mais alto, cerca de US$ 255, de acordo com a IHS Markit. Ao serem lançados, os modelos foram colocados à venda por US$ 649 e US$ 699, respectivamente. Já as peças da versão Plus do iPhone 8, também de 64GB, com uma tela maior, custavam US$ 295. E, quando chegou às lojas, era vendido por US$ 799. As mudanças no design do dispositivo entre uma versão e outra (7 e 8), foram mínimas, embora no interior tenham sido incorporadas versões atualizadas de quase todos os componentes. De acordo com cálculos feitos pela IHS Markit com base em dados coletados pelo site Statista, "a empresa de Cupertino (onde fica a sede da Apple, na Califórnia) teria ganhado uma média de aproximadamente US$ 500 com seu iPhone 8 e iPhone 8 Plus". A consultoria avalia que esses ganhos tenham chegado a US$ 663 com o novo iPhoneX, lançado em 12 de setembro de 2018. A primeira versão deste modelo mais sofisticado, o iPhone X, apresentada em setembro de 2017, representou realmente um salto no investimento que a Apple teve que fazer para comprar os componentes de cada unidade. Seu preço inicial era de US$ 999. Foi então que chegaram as telas com resolução mais alta e tecnologia AMOLED, a câmera dupla com reconhecimento facial e o revestimento de aço inoxidável de qualidade cirúrgica. O custo total das peças passou de US$ 255 (iPhone 8) para US$ 370 (iPhone X). Ou seja, uma diferença de US$ 115. Após este salto, os modelos que seguiram o iPhone X, ou seja, o XR e o XS, aumentaram o custo de fabricação do dispositivo em US$ 20. Para Jusy Hong, diretor de pesquisa e análise da IHS Markit, com o modelo X, a Apple começou a transferir toda sua produção de telefones para o segmento premium. Esse aumento do padrão resultou, por exemplo, em vendas menores na China, onde a taxa de câmbio colocou os telefones da Apple fora do alcance de muitos consumidores. "O iPhone é um produto em declínio e, como resultado, os lucros da empresa foram afetados", explica Dave Lee, repórter de tecnologia da BBC. "As receitas da empresa aumentaram graças ao crescente sucesso de (seus produtos) para casa e acessórios (como Apple Watch e AirPods) e o crescimento contínuo de seus serviços (App Store, Apple Pay, Apple TV, Apple Music etc.)", acrescenta. Para Lee, o gigante da tecnologia goza de boa saúde financeira. "Os investidores entendem que é uma empresa em transição."
Veja Mais

19/08 - Festa do Peão de Barretos 2019: gospel de Aline Barros e 'modões' de Cezar e Paulinho agitam palco Amanhecer
Noite de segunda-feira (19) também marca início das disputas pela Liga Nacional de Rodeio e pela Copa Os Independentes. Ingressos estão à venda pela internet. A noite desta segunda-feira (19) na 64ª edição da Festa do Peão de Barretos será de gospel e "modões" no palco Amanhecer e de muita adrenalina nas competições dentro da arena. A programação musical da festa ficará por conta de Aline Barros e da dupla Cezar & Paulinho a partir das 20h30. Além disso, o público pode conferir o início das disputas válidas pela Liga Nacional de Rodeio e pela Copa Os Independentes. Os ingressos custam de R$ 15 a R$ 30 e podem ser adquiridos pela internet. Confira a programação de shows e veja como comprar ingressos Arte programação Barretos 2019 Arte/G1 Arte programação Barretos 2019 Arte/G1 Quem é quem Aline Barros Referência da música gospel e detentora de sucessos como "Tua Palavra", aos 42 anos a cantora e apresentadora carioca Aline Barros acumula sete prêmios no Grammy Latino na categoria álbum de música cristã em língua portuguesa. O mais recente deles foi em 2017, com "Acenda a Sua Luz". Com sua mensagem, Aline Barros acumula mais de 5,1 milhões de seguidores no Instagram e 1,2 milhões de inscritos em seu canal no Youtube, onde canções como "Eternidade" e "Autor da Vida" ultrapassam respectivamente as marcas de 8,9 milhões e 7 milhões de visualizações. Aline Barros é um dos destaques da Festa do Peão de Barretos desta segunda-feira, 19 de agosto Vinicius Mochizuki/Divulgação Cezar e Paulinho Em 40 anos de estrada, os irmãos de Piracicaba (SP) Cezar & Paulinho têm um currículo com cerca de 30 álbuns, além de quatro DVDs e sucessos que listam entre os clássicos do gênero. Filhos de Craveiro, da dupla Craveiro & Cravinho, e apadrinhados ainda na infância por João Mineiro & Marciano, eles estão entre as duplas mais tradicionais da música sertaneja. Os cantores têm uma trajetória consolidada por canções românticas e inspiradas na vida do campo como "Você é Tudo Que Pedi Pra Deus" e "Boboca e Bobão", bem como sucessos marcados pela irreverência, como "Pé de Bode". Entre os trabalhos recentes mais importantes está o DVD "Show de Estrada", gravado em 2016 acompanhado por uma orquestra. Cezar & Paulinho tocam no palco Amanhecer Pedro Amatuzzi/ G1 O que esperar do show Primeira a subir ao palco, Aline Barros deve apresentar sucessos recentes, como a música "Ressuscita-me", que tem versão em espanhol, e "Invencível", o último clipe da cantora. Os irmãos Cezar e Paulinho, que devem se apresentar a partir das 22h, prometem músicas do trabalho em comemoração às quatro décadas da dupla. "Meu Cachorro e Eu” e “Remédio Pra Saudade é Pinga” estão entre as canções esperadas, além dos "modões" que marcam a história da dupla. “Não vemos a hora de chegar o dia, para cantar para o público muita moda de viola, além das nossas músicas divertidas”, afirmou Cezar. Festa do Peão de Barretos 2019: entenda as modalidades disputadas na arena do rodeio Provas As disputas prometem ser eletrizantes nesta segunda-feira (19), com as montarias em touros da Liga Nacional de Rodeio, além das provas de Três Tambores e Working Penning. Na Prova dos Três Tambores, as amazonas precisam contornar três obstáculos dispostos em forma de triângulo na arena no menor tempo. No Working Penning, um cavaleiro deve conduzir um bezerro sorteado entre dez até o curral. Competidora dispara em velocidade na prova dos Três Tambores em Barretos 2019 Érico Andrade / G1 Ingressos Os ingressos estão à venda pela internet e nos pontos oficiais. O bilhete para a pista dá acesso ao Parque do Peão, ao rodeio e aos shows realizados nesta segunda-feira no palco Amanhecer. Veja os preços: Pista comum inteira: R$ 30,00 Pista comum meia: R$15,00 Initial plugin text Leia mais notícias da Festa do Peão de Barretos 2019
Veja Mais

19/08 - Corpo de Júlio Bueno, ex-secretário de Fazenda do RJ, será velado no Memorial do Carmo, no Caju
Ele sofreu um infarto fulminante, no domingo, em casa. Bueno foi secretários dos governos de Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão. Corpo do ex-secretário estadual de Fazenda Júlio Bueno vai ser velado no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju Érica Ramalho / Alerj / Divulgação O corpo do ex-secretário estadual de Fazenda, Júlio Bueno, será velado a partir das 7h desta segunda-feira (19), no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, na Zona Portuária do Rio. O ex-secretário de Fazenda e Desenvolvimento Econômico do estado morreu em casa, na manhã de domingo (18), vítima de um infarto fulminante. Bueno foi secretário de governo de fevereiro de 2015 até julho de 2016, no governo de Luiz Fernando Pezão. Depois de deixar a pasta, ele assumiu como assessor especial do gabinete do governador do estado. Antes ele também ocupou a pasta de Desenvolvimento Econômico durante a gestão de Sérgio Cabral. Bueno exerceu a mesma função também no governo do Espírito Santo. Ele também foi presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e da BR Distribuidora. Atualmente atuava como empresário e consultor. Em 2010, ele concorreu à presidência do Fluminense Futebol Clube, uma de suas paixões. Bueno tinha 64 anos e deixa dois filhos e três netas.
Veja Mais

19/08 - Mulher morre após ser atingida por tiros em São Francisco do Sul
Crime ocorreu na noite de domingo na Praia de Ubatuba. Uma mulher foi assassinada a tiros na noite de domingo (18) na Praia de Ubatuba, em São Francisco do Sul, no Norte catarinense. Segundo a polícia, ela foi encontrada dentro de casa ferida com os disparos. Segundo a Polícia Militar, vizinhos ouviram os tiros e os gritos da mulher e solicitaram o atendimento por volta das 20h. Ainda de acordo com a PM, a mulher disse aos policiais que o autor dos disparos seria um homem que usava um capuz. Ela chegou a ser atendida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas morreu antes de dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A polícia realizou rondas na região, mas o suspeito não foi localizado até esta publicação. O nome da vítima não foi divulgado. Veja mais notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

19/08 - Ribeirão Preto e mais 4 cidades da região têm 88 vagas de emprego abertas
Tratorista, professor e mestre de obras estão entre oportunidades em Ribeirão, Barretos, Franca, Sertãozinho e Jaboticabal. Interessados devem levar currículo e documentos aos PATs. Cinco cidades na região de Ribeirão Preto (SP) têm 88 vagas de emprego abertas nesta segunda-feira (19). Há oportunidades para designer gráfico, tratorista agrícola, professor de matemática, mestre de obras, eletricista, auxiliar administrativo, entre outras. Os postos de atendimento ao trabalhador (PATs) informam que o número de vagas pode sofrer alterações na medida em que as oportunidades são preenchidas. Os interessados devem comparecer às unidades dos PATs (veja endereços abaixo) com documento de identidade, CPF, carteira de trabalho ou número de PIS/NIT e comprovante de residência. Ribeirão Preto O PAT está localizado no Morro do São Bento, s/nº, no mesmo prédio da Secretaria Municipal de Administração. O atendimento é feito de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h. Todas as vagas exigem experiência registrada em carteira de trabalho. Administrador de fazenda: ter ensino médio completo e residir na fazenda com a família Auxiliar administrativo: com ensino médio completo Auxiliar mecânico de autos: com ensino médio completo Caldeireiro (chapas e tubulações): com ensino médio incompleto Churrasqueiro: com ensino médio incompleto Cozinheiro: com ensino fundamental completo Eletricista de autos: com ensino médio completo Eletrotécnico: com ensino médio incompleto Estoquista (vaga para estágio): cursando ensino superior em logística, publicidade, engenharia de produção, administração ou secretariado. Função não exige experiência registrada em carteira de trabalho Fiscal de loja: com ensino médio completo Gerente de restaurante: com ensino superior em administração Mecânico de manutenção de automóveis: com ensino fundamental completo Mestre de obras: com ensino fundamental completo Operador de caixa: com ensino médio completo e ter disponibilidade de horário Promotor de vendas (vaga temporária): com ensino médio completo Tratorista agrícola : com ensino fundamental completo e residir na fazenda com a família Vaqueiro: com ensino fundamental completo e residir na fazenda com a família Vagas para pessoas com deficiência Ajudante de carga e descarga: com ensino fundamental completo Ajudante de expedição: com ensino médio completo Auxiliar administrativo: com ensino médio completo Auxiliar de cobrança: com ensino médio completo. Função não exige experiência. Operador de telemarketing: com ensino médio completo Servente de obras: com ensino fundamental incompleto. Função não exige experiência. Barretos O PAT atende no Poupatempo, localizado ao lado do North Shopping, na Via Conselheiro Antônio Prado, nº 1.400. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h. Todas as vagas exigem experiência na função. Auxiliar de cozinha: com ensino médio completo Auxiliar de limpeza: com ensino fundamental Camareira de hotel Cozinheiro de restaurante: com curso técnico ou superior em gastronomia, disponibilidade de horário Cozinheiro de restaurante: com ensino fundamental completo Cozinheiro de restaurante: com ensino fundamental incompleto Cozinheiro geral: ensino fundamental completo e disponibilidade de horário. Designer gráfico: com ensino médio completo, conhecimento intermediário em Corel, Adobe e pacote Office. Encarregado de produção: com ensino superior ou técnico completo no ramo de alimentos, além de disponibilidade para trabalhar em Guaíra (SP). Garçom Jardineiro Mecânico agrícola: com ensino fundamental completo e conhecimento em hidráulica, elétrica e mecânica, possuir carteira de habilitação na categoria B, além de disponibilidade para realizar viagens. Operador de máquina torno CNC: com ensino fundamental incompleto Padeiro: com ensino fundamental completo Pizzaiolo: com ensino fundamental completo Professor de matemática do ensino fundamental II e médio: com ensino superior completo em matemática e disponibilidade para trabalhar à tarde Representante comercial autônomo: com ensino médio completo. Irá atuar em vendas de propaganda e marketing Serviços gerais Torneiro mecânico: com ensino fundamental incompleto Vigilante: com ensino médio completo, além de curso e reciclagem em dia Vaga para pessoas com deficiência Ajudante de distribuição: com ensino médio completo Franca O PAT está localizado na Rua Campos Sales, nº 1.495, no Centro. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h. O telefone para contato é (16) 3723-5444. Todas as vagas exigem experiência registrada em carteira de trabalho. Analista contábil: com ensino médio completo Analista de mídias sociais Auxiliar financeiro: com ensino superior completo em administração ou finanças Chefe de desenvolvimento de novos produtos: com formação em design ou experiência em desenvolvimento de produtos Coreldraw, inglês avançado e disponibilidade de mudança. Motorista de caminhão: com ensino fundamental completo, curso Mopp e carteira de habilitação nas categorias “D” e “E” Operador de telemarketing ativo: com ensino médio completo Vendedor de serviços (vaga temporária): com ensino médio completo Vendedor porta a porta: com ensino fundamental completo e disponibilidade para início imediato. Função não exige experiência Sertãozinho O PAT fica na Rua Voluntário Otto Gomes Martins, nº 1.380, no Centro. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 17h. O telefone é o (16) 3942-3714. A maioria das vagas exige experiência. Assistente Comercial em Vendas: com ensino técnico ou superior, carteira de habilitação e veículo próprio Assistente de trade marketing: com ensino superior em Publicidade e Propaganda/Marketing (ou cursando o último ano) e disponibilidade para viagens Auxiliar de instalação de som e acessórios de veículos: com carteira de habilitação. Vaga não exige experiência. Auxiliar instrumentista: com ensino médio completo, curso técnico em automação industrial ou técnico em instrumentação, além de carteira de habilitação na categoria "AB" Auxiliar técnico em construção civil: com ensino superior em engenharia civil (ou cursando o último ano) e carteira de habilitação na categoria "AB" Consultor comercial: com ensino médio completo, carteira de habilitação e veículo próprio, além de disponibilidade para viagens Cozinheiro(a): com ensino médio completo e disponibilidade de horário. Eletricista de caminhão Eletricista de distribuição: com ensino fundamental, certificados NR 10 e NR 35, curso de eletricista de distribuição e carteira de habilitação na categoria "C" ou "D" Encarregado de eletricista: com ensino fundamental, certificados NR 10 e NR 35, curso de eletricista de distribuição e carteira de habilitação na categoria "C" ou "D" Líder de campo: com ensino fundamental completo, conhecimento com roçadeira e manutenção predial, possuir carteira de habilitação na categoria "B", além de disponibilidade para viagens Mecânico de caminhão Mecânico de máquina agrícola: com ensino fundamental e possuir carteira de habilitação na categoria "B" Montador de estruturas metálicas (vaga disponível em Ribeirão Preto/SP): com ensino fundamental completo Motorista carreteiro: com ensino fundamental completo, cursos Mopp e cargas indivisíveis, além de carteira de habilitação na categoria "E" Motorista entregador: com ensino médio completo e carteira de habilitação na categoria "A/D", além de disponibilidade para realizar viagens Motorista operador de Munk: possuir carteira de habilitação na categoria "A/D", curso de operador de Munk, além de disponibilidade para realizar viagens Operador de máquina de empacotar: com ensino fundamental completo Operador de motoniveladora (vaga disponível em Itaí/SP): com ensino fundamental completo Programador e operador de torno CNC: com ensino fundamental completo, curso de programação e operação de torno CNC, além de disponibilidade para viajar e fazer horas extras Promotor de vendas (temporário): com ensino médio completo Supervisor de colheita mecânica (vaga disponível em Itaí/SP): com ensino superior - Supervisor de vendas: com ensino médio completo, possui carteira de habilitação e veículo próprio, além de disponibilidade para realizar viagens Vendedor porta a porta: com ensino fundamental completo Vagas para pessoas com deficiência Ajudante de carga e descarga: com ensino médio completo. Função não exige experiência Auxiliar administrativo: com ensino médio completo. Função não exige experiência Recepcionista de cadastro biométrico: ensino médio completo e carteira de habilitação Pedreiro Pintor Jaboticabal A unidade do PAT está localizada no Paço Municipal. O funcionamento é de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 16h30. Os interessados podem obter informações pelo telefone (16) 3203-8275. Todas as vagas exigem experiência. Garçom Operador de COI Biogás Auxiliar de mecânico de veículos leves Auxiliar de instalação de sistemas de segurança Empregada doméstica Soldador Caldeireiro Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Veja Mais

19/08 - VÍDEOS: Bom Dia Minas de segunda-feira, 19 de agosto
Assista ao telejornal com as notícias de MG. Assista ao telejornal com as notícias de MG.
Veja Mais

19/08 - Homem é preso com drogas na Zona Rural de Lagarto
Ele também tinha um mandato de prisão em aberto por assalto a mão armada. Homem é preso com drogas na Zona Rural de Lagarto PMSE/Divulgação Um homem foi preso com posse de drogas neste domingo (18) no Assentamento Uberaba, na Zona Rural de Lagarto. Segundo informações da Polícia Militar, os policiais foram informados que um trio de assaltantes estaria escondido em um matagal da localidade. Ao irem verificar a denúncia, os militares encontraram o homem com duas sacolas contendo maconha. Após ele ser conduzido à delegacia foi constatado que ele tinha um mandato de prisão em aberto por assalto a mão armada. Além disso, ele é investigado por autoria de vários roubos.
Veja Mais

19/08 - Criminosos invadem casa e roubam objetos e R$ 5 mil em Arapiraca
Segundo a polícia, ninguém foi preso. Criminosos invadiram no domingo (18) uma residência na cidade de Arapiraca e roubaram objetos e R$ 5 mil em espécie. A vítima contou para a polícia que saiu de casa e, ao retornar, percebeu que a residência havia sido furtada. Os criminosos levaram um aparelho de DVD, uma furadeira, uma máquina de lavar carro e R$ 5 mil. O dono da casa foi orientado a fazer um Boletim de Ocorrência (BO) na Central de Polícia. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Veja Mais

19/08 - Enel oferece troca de aparelhos de ar condicionado e geladeira com até 50% de desconto, em Goiás
Podem participar clientes em dia com a empresa e que tenham eletrônicos antigos, que consomem mais energia. Parte do valor pago ainda é revertido para projetos sociais. Moradores poderão trocar geladeiras e aparelhos de ar condicionado Enel/Divulgação A Enel em Goiás realiza a troca de aparelhos de ar condicionado e geladeiras com até 50% de desconto pelo projeto Luz Solidária. Segundo a empresa, serão R$ 12,7 milhões em descontos por meio do programa. Além disso, 5% do valor pago pelo cliente será doado a uma entidade escolhida. Em Goiás, as instituições devem receber até R$ 1,1 milhão. Para participar, o cliente precisa: estar em dia com as contas da empresa; ter uma geladeira ou aparelho de ar condicionado que consuma mais energia, se enquadrando nas condições de troca (mas que funcione); ser o titular da conta; aceitar entregar o aparelho antigo pagando 50% do valor do novo; aceitar receber a visita de um técnico da empresa em casa. A partir daí, é só ir a uma das lojas cadastradas no programa, escolher entre os aparelhos disponíveis, fazer a doação e pedir o desconto. As trocas podem ser feitas em qualquer loja Novo Mundo ou Fujioka do estado. Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Veja Mais

19/08 - Cerca de 200 pessoas são flagradas pulando catracas da Estação Central do Recife
Vídeo mostra multidão entrando sem pagar. Segundo CBTU, caso aconteceu no domingo (18), quando grupo seguia para o jogo do Santa Cruz, na Arena de Pernambuco. Dezenas de pessoas são flagradas pulando catraca da Estação Central do metrô Um vídeo mostra uma multidão pulando e passando por baixo das catracas da Estação Central de Metrô do Recife para não pagar a passagem. Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), o caso aconteceu na tarde do domingo (18) e cerca de 200 pessoas, a maioria com camisas do Santa Cruz, pularam as catracas. (Veja vídeo acima) O flagrante foi feito horas antes do jogo entre a cobra coral e o Globo, do Rio Grande do Norte, na Arena de Pernambuco. Em nota, a CBTU afirmou que "não conta com quantitativo de seguranças para atuar em casos como esse" e, por isso, solicitou apoio dos órgãos de segurança estadual. Ainda de acordo com a companhia, em dias de jogos na Arena Pernambuco, os grupos de torcedores costumam ser acompanhados pela Polícia Militar, o que não ocorreu no domingo. A PM, no entanto, apontou que a segurança da área interna das estações do metrô é de competência da CBTU e que mantém o policiamento ostensivo no entorno das estações, intensificado nos dias de jogos. A Polícia afirmou, ainda, que são estudados meios para possibilitar a atuação da PM na área interna das estações de metrô, que é de jurisdição federal. A CBTU informou que as imagens do circuito interno serão encaminhadas para a Secretaria de Defesa Social (SDS).
Veja Mais

19/08 - PM apreende 28 máquinas caça-níqueis em bares de Londrina
Nove pessoas foram encaminhadas para a delegacia para prestar esclarecimentos. 29 máquinas caça-níqueis foram apreendidas em Londrina Divulgação/PMPR A Polícia Militar (PM) apreendeu 28 máquinas caça-níqueis em Londrina, no norte do Paraná, na madrugada deste domingo (18). A apreensão aconteceu durante uma operação em bares na zona norte da cidade, após denúncias de que as máquinas estavam em funcionamento nos estabelecimentos. As máquinas foram apreendidas e levadas para a delegacia para que seja realizada uma perícia. Nove pessoas que operavam as máquinas no momento da ação foram encaminhadas para a delegacia para prestar depoimento. Segundo a polícia, todas foram liberadas. Elas devem responder pelo crime de exploração de jogos de azar. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Veja Mais

19/08 - Corpo de homem é encontrado após afogamento, em Pitimbu, na PB
Homem de 29 anos teria se afogado na tarde do sábado (17). Corpo da vítima foi encontrado apenas no domingo (18), diz bombeiros. Buscas feita pelo Corpo de Bombeiros, na Praia Bela, em Pitimbu, PB Reprodução/TV Cabo Branco O corpo de um homem foi encontrado neste domingo (18) na Praia Bela, em Pitimbu, Litoral da Paraíba. O homem, de 29 anos, pode ter se afogado enquanto estava no mar. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem estava com mais duas pessoas tomando banho de mar. As buscas foram intensas e só terminaram na tarde deste domingo. O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). A identidade dele não foi divulgada e as causas do afogamento estão sendo apuradas.
Veja Mais

19/08 - Parte de árvore cai no Vale do Ogunjá e deixa trânsito lento; confira
Situação ocorreu nesta segunda-feira (19). Ninguém ficou ferido. Chuva provoca queda de árvore na Avenida Ogunjá, que tem via parcialmente interditada Parte de uma árvore caiu no Vale do Ogunjá, em Salvador, e deixa o trânsito lento na região, na manhã desta segunda-feira (19). Ninguém ficou ferido. A árvore ocupa uma parte da pista, no sentido Avenida Vasco da Gama. Com isso, os motoristas que passam pelo local devem ficar atentos. Equipes da Transalvador foram encaminhadas ao local para monitoramento do trânsito e já acionaram a Secretaria Municipal de Manutenção para realizar a poda da árvore. Nas últimas 12 horas, a Transalvador registrou quatro acidentes com quatro feridos.
Veja Mais

19/08 - PRF apreende mais de 6.000 kg de queijo e carne irregulares na BR-316 no MA
Apreensão aconteceu na manhã de domingo (18) no km 543 da rodovia estadual em Caxias; Alguns queijos estavam com odor forte por conta do transporte inadequado. Policiais rodoviários encontraram 6.000 Kg de queijo mussarela e coalho, e mais 200 Kg de carne bovina. Divulgação/Polícia Rodoviária Federal A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã de domingo (18) mais de 6.000 kg de queijo e carne transportados irregularmente na BR-316 na cidade de Caxias, a 360 km de São Luís. Segundo a PRF, a apreensão aconteceu por volta das 09h40 quando os policiais rodoviários federais realizavam abordagens no km 543 da BR 316 em Caxias e deram ordem de parada a um condutor de um caminhão de 43 anos, que não teve a sua identidade revelada. O caminhão de placas JOU-7535 do estado do Piauí levava ainda outros dois homens. Indagado sobre a viagem, o motorista informou que havia carregado frutas na Central de Abastecimento (Ceasa) em Teresina, no Piauí, e transportado para Belém no estado do Pará e que estava voltando vazio, somente com as caixas de plástico. Em seguida a equipe realizou uma inspeção na carga de caixas vazias e verificou que havia uma carga "oculta" entre elas. Polícia Rodoviária Federal apreendeu 6.000 Kg de queijo mussarela e coalho Divulgação/Polícia Rodoviária Federal Novamente perguntado, dessa vez o motorista informou que era uma carga de peixe e açaí e que não tinha nenhuma documentação da carga. Durante todo o tempo, os passageiros também corroboraram com a versão do motorista. Após a retirada das caixas vazias a equipe visualizou que a carga era na realidade de queijo mussarela, queijo coalho e duas caixas de isopor contendo carne bovina nos cortes de filé e picanha. De acordo com os policiais rodoviários, após a retirada total das caixas foi constatada que a quantidade transportada era de 6.000 Kg de queijo mussarela e coalho, e mais 200 Kg de carne bovina. Com a descoberta do produto irregular transportado e questionados novamente sobre a carga, o motorista e os dois passageiros confessaram que já faziam esse tipo de transporte há algum tempo. O motorista e os passageiros confessaram aos policiais rodoviários federais que levando frutas e verduras para a cidade de Buriticupu e Açailândia decidiram comprar os queijos de pequenos produtores da região, sem nenhum controle de qualidade e sem documentação fiscal. Eles revelaram ainda que adquiriram cada quilo de queijo ao preço médio de R$ 10 reais e que revendiam em comércios de Teresina e Timon, a 450 km da capital, até pelo dobro do preço. Ele disseram também que a carga de queijo pertencia a eles. A carga estava avaliada em, aproximadamente, R$ 65 mil reais. Uma equipe da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged) foi acionada e compareceu na Unidade Operacional da PRF. No local foi lavrado o auto de infração no valor de R$ 6.400 e o Termo de Apreensão, Inutilização e Aproveitamento Condicional, ambos da Aged. Os produtos apreendidos, por não estarem em conformidade para serem consumidos ou doados, foram destinados ao aterro sanitário e destruídos. Alguns queijos já estavam com odor forte devido ao transporte feito em condições inapropriadas, sem refrigeração e em altas temperaturas. Os três ocupantes do veículo foram conduzidos ao Plantão da Polícia Civil de Caxias para prestarem esclarecimentos sobre o crime que cometeram. O transporte nestas condições é considerado crime de acordo com artigo 7º, Inc. IX da Lei 8.137/90 que define crimes contra a ordem tributária, econômica e contra as relações de consumo, e dá outras providências cuja pena é detenção, de dois a cinco anos, ou multa. Mais 200 Kg de carne bovina também foram apreendidos pela Polícia Rodoviária na BR-316 em Caxias Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Veja Mais

19/08 - Suspeito de manter esposa em cárcere privado é preso, em Santa Rita, na PB
Antes do cárcere, o homem agrediu a mulher várias vezes. Ele resistiu a ordem de prisão da polícia, mas acabou sendo contido. Delegacia da Mulher, em João Pessoa Divulgação/Secom-PB Um homem suspeito de manter a esposa em cárcere privado durante uma semana, além de agredi-la, foi preso neste domingo (18), em Santa Rita, na Grande João Pessoa. A mulher de 28 anos convivia com esse homem há mais de um ano e, na última semana, foi impedida de sair de casa. Antes disso, ela foi agredida por ele. A mulher contou à Polícia Civil que o marido não permitia que ela saísse sozinha sequer para fazer feira, não deixava que ela conversasse com familiares, nem telefonasse para a mãe, que mora no Rio de Janeiro. No domingo (11) da semana passada o homem saiu de casa e a deixou trancada, conforme conta a delegada Paula Monalisa. Na volta, ele percebeu que ela havia tomado banho e trocado de roupa. Com ciúmes, ele manteve a esposa durante toda a semana presa em casa e a agrediu durante a manhã. Neste domingo (18), no entanto, ele saiu e, quando voltou, por volta das 16h, reclamou que ela havia saído para o quintal para lavar roupa. Então ele começou uma nova série de agressões, com murros e chutes que machucaram a mulher. No momento da agressão, ela conseguiu fugir e saiu correndo pela rua. Com a ajuda de um motorista de transporte alternativo ela conseguiu sair de perto da casa para ir até uma delegacia, em Tibiri. No caminho, ela percebeu a presença de uma viatura e atravessou na frente do carro pedindo socorro. Com a polícia, a mulher voltou até a casa onde morava, mas o homem não estava mais lá. Quando saíam do local, se depararam com o homem e a filha do casal em cima de uma bicicleta. A Polícia Militar fez a abordagem, mas o homem resistiu a prisão, desacatando os policiais. Foi preso uma equipe de cinco policiais para que o homem fosse preso. A mulher deve ser acolhida em um abrigo enquanto recebe da mãe a passagem para ir embora para o Rio de Janeiro. Ela ficará sob custódia do estado, em uma casa com a segurança necessária. O homem foi encaminhado para a Delegacia da Mulher, na Central de Polícia Civil.
Veja Mais

19/08 - TJMG realiza programa de reconhecimento espontâneo de paternidade
Inscrições pode ser feitas em 52 comarcas no estado. Ação extrajudicial será em outubro. TJMG realiza programa de reconhecimento espontâneo de paternidade O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) abre inscrições nesta segunda-feira (19) para o programa de reconhecimento espontâneo de paternidade. Os interessados devem se inscrever até o dia 4 de outubro nas unidades da Defensoria Pública de Minas Gerais nas comarcas participantes. A iniciativa é feita simultaneamente em Belo Horizonte e em mais 51 comarcas do estado. Serão oferecidos gratuitamente, mediante a inscrição prévia, reconhecimento espontâneo de paternidade/maternidade, reconhecimento socioafetivo e exame de DNA. Os exames de DNA realizados em Belo Horizonte e Santa Luzia serão custeados pela Defensoria mineira. Um parceiro local arcará com os custos dos testes em Uberlândia, na Região do Triângulo. Nas demais comarcas do interior os exames serão disponibilizados pelo TJMG, em conjunto com a equipe do Centro de Reconhecimento de Paternidade (CRP). Para a realização do teste, filhos e supostos pais e mães são notificados a comparecer nas sedes da Defensoria Pública no dia do mutirão. Ao todo, serão disponibilizados 1.290 exames em todo o estado.
Veja Mais

19/08 - Meditação e inteligência emocional são temas de curso gratuito na Biblioteca Pública de Brasília
Aulas começam em setembro. Ao todo, são 40 vagas; veja como participar. A Biblioteca Pública de Brasília vai lançar um curso gratuito de "Meditação e Inteligência Emocional", a partir de setembro. Ao todo, são 40 vagas e as inscrições podem ser feitas por e-mail ou telefone (veja detalhes abaixo). Meditação está ajudando estudantes de SP a se livrar do esquecimento nas provas Técnico preso em caverna na Tailândia com time de futebol é adepto da meditação; entenda como técnica pode ajudar a manter a calma Os encontros serão sempre na primeira quarta-feira do mês, às 17h. O projeto é uma parceria da Biblioteca Pública com o Centro de Estudos do Autoconhecimento. De acordo com os organizadores, as aulas serão ministradas por profissionais voluntários que irão usar técnicas de meditação Zen e Zazen. "A técnica utilizada na oficina consiste em compreender os eixos do homem, conectando o cérebro, a mente e o coração com a prática do relaxamento." A ideia é trabalhar – de forma teórica e prática – a cultura da meditação. "As aulas vão auxiliar o público a compreender as impressões humanas, como assertividade e empatia", explica Sheila Gualberto, uma das coordenadoras. Sheila acrescenta que o projeto é também uma oportunidade de envolver as pessoas com o acervo da Biblioteca Pública de Brasília. "Há diversos livros nas áreas de meditação e autoconhecimento que podem ser retirados de forma gratuita", diz ela. "O aluno inscrito no curso também poderá se aprofundar no assunto através das obras literárias." As etapas da meditação Betta Jaworski/G1 O que é meditação? A meditação, apesar de praticada por algumas religiões, não está associada à uma religião específica. É uma técnica que pode ser usada por qualquer pessoa. O que acontece no corpo durante a meditação? Segundo Elisa Harumi Kozasa, que pesquisa as vantagens da meditação aplicada à medicina, "durante a prática da meditação há uma maior ativação de regiões do cérebro relacionadas à tensão, regiões pré-frontais que podem ajudar em questões emocionais". "Geralmente, em uma sessão as pessoas relatam relaxamento, mas não são resultados duradouros. Resultados mais consistentes só depois de um período de treinamento." Jonas Masetti, mestre de Vedanta – o nome do estudo realizado a partir do final dos Vedas, que deu origem ao conceito popular de autoconhecimento – pontua que a meditação pode funcionar como "um estado de sono profundo". "A primeira capacidade que a meditação traz é a nível físico energético, que é o descolamento do externo para o interno. Você esquece tudo que está acontecendo ao seu redor." 'Coração confiante': monge Sato, do Templo Shin Budista de Brasília, fala sobre meditação e superação de momentos difíceis como o confinamento dos meninos da Tailândia em caverna 'Temos que aprender a nos compreender melhor', diz monja Coen, uma das principais representantes do Zen Budismo no Brasil Meditação está ajudando estudantes de SP a se livrar do esquecimento nas provas Programe-se Oficina de Meditação e Inteligência Emocional Inscrições Telefone: (61) 9 8188-2080 ou e-mail autoconhecimento.df@gmail.com Vagas limitadas: 40 pessoas por turma De graça Início das aulas Data: 4 de setembro (quarta-feira) Horário: 17 horas Local: Biblioteca Pública de Brasília Endereço: 312/313 sul, Asa Sul Veja o que fazer em Brasília no G1 DF.
Veja Mais

19/08 - Planaltina celebra 160 anos nesta segunda-feira
Região mais antiga do DF desponta no comércio e no cenário cultural do DF. Comemoração terá distribuição de bolo e sessão solene; confira. Região mais atinga do Distrito Federal, Planaltina celebra 160 anos nesta segunda-feira (19) TV Globo/Reprodução O berço do Distrito Federal celebra nesta segunda-feira (19) 160 anos. Planaltina, a região mais antiga do quadradinho, carrega páginas de histórias e tradição. Mas a cidade onde o destino da capital do país começou a ser literalmente traçado – muito antes de Juscelino Kubitschek – também vem ganhando reconhecimento para além da centenária Folia do Divino Espírito Santo e da Via-Sacra do Morro da Capelinha. Folia do Divino Espírito Santo, em Planaltina, no Distrito Federal Andre Borges/Agencia Brasilia Comércio Pelas ruas da região, percebe-se, a cada dia, o fortalecimento do comércio. Tem gente que sai de outras regiões administrativas e até do Entorno do DF para fazer compras em Planaltina. "Vim lá de Marajó, depois do [Núcleo Rural] Café Sem Troco. Saí de lá para fazer compras aqui", disse o pedreiro Jorge Luiz Lopes. Segundo o administrador regional Gilson Amorim Sobrinho, Planaltina tem se tornado autossustentável: “Nos últimos tempos, muitos empresários chegaram à região, tornando-a autossustentável e economicamente atrativa”. Vista de Planaltina, no DF Tony Winston/Agência Brasília Jeitinho de interior Apesar do crescimento, a cidade não perde o ar de interior. “Temos famílias pioneiras, muitos pontos turísticos e 27% de toda a área rural do DF. Tem jeitinho de interior, onde todos se conhecem de alguma forma”, disse o administrador. Sentadinhos na porta de casa, o casal de aposentados Adélio e Cecília Antunes observa o movimento. Eles moram em Planaltina desde quando a energia elétrica era para poucos. “Tinha uma lista. Não era todo mundo que tinha luz. E era só até as 23h. Tinha um homem que tomava conta do motor. Depois, desligava e ficava todo mundo no escuro”, contou Adélio. Adélio e Cecília Antunes moram em Planaltina, no Distrito Federal, desde quando a energia elétrica era restrita até as 23h TV Globo/Reprodução Cultura A cidade com jeitinho de interior também se tornou palco do rock. De dois em dois meses, bandas locais e de outras regiões se apresentam na praça do centro histórico da região. Planaltina também é forte na cena do Hip Hop. E os artistas da cidade também estão levando o grafite, a dança e a poesia para dentro das escolas públicas – um jeito de reduzir a evasão escolar e a violência entre jovens. Projeto 'Poesia nas Quebradas' leva poesia para diferentes espaços de Planaltina, como escolas públicas, no DF TV Globo/Reprodução A ativista cultural Ravena Carmo participa da iniciativa, chamada “Poesia nas Quebradas”, que lançou neste ano um livro com 58 poemas (veja trechos abaixo). Grafite e rimas foram o refúgio da ex-interna do sistema socioeducativo do Distrito Federal. Com a liberdade restrita dos 15 aos 18 anos, a jovem transformou a experiência atrás das grades em um impulso para mudar a própria realidade. Ela foi aprovada, em primeiro lugar, em um curso de graduação da Universidade de Brasília (UnB) e hoje leva os aprendizados para a garotada de Planaltina. A ativista cultural Ravena Carmo TV Globo/Reprodução "Planaltina, de tantas contradições e tradições Esquecida do lado norte do avião Transporte precário, falta salário Um ponto para exclusão." "Brasília, olha que sensacional 160 anos já tinha profecia na Pedra Fundamental Licença para chegar, me apresentar e sair A poesia fica, vai resistir." Planaltina completa 160 anos E para celebrar... Para comemorar os 160 anos, nesta segunda-feira (19), às 12h, haverá o corte de um bolo e distribuição do quitute para os moradores da região no Centro Olímpico. Às 19h, uma sessão solene no auditório do Centro Educacional Delta homenageará a cidade. No evento, pessoas que realizaram ações de destaque ou participaram de algum momento histórico de Planaltina receberão honra ao mérito. Região mais atinga do Distrito Federal, Planaltina celebra 160 anos nesta segunda-feira (19) TV Globo/Reprodução Senta que lá vem história... Planaltina teve origem com as incursões realizadas pelos bandeirantes paulistas e fez parte dos primeiros estudos da Comissão Exploradora do Planalto Central, liderada por Luiz Cruls (1892). A cidade nasceu em 19 de agosto de 1859 como Distrito de Mestre D’armas — em homenagem a um armeiro que vivia na região —, em Formosa (GO). Em 1917, ela foi batizada com o nome atual. Região mais atinga do Distrito Federal, Planaltina celebra 160 anos nesta segunda-feira (19) TV Globo/Reprodução Em 1922, após a passagem da Comissão Cruls, o então presidente da República, Epitácio Pessoa, determinou o assentamento da Pedra Fundamental, onde se pretendia construir a futura capital do Brasil – um monumento em homenagem fica no Morro da Capelinha. A partir da década de 1960, Planaltina iniciou um período de incremento populacional derivado da criação da nova capital, com o surgimento de novas áreas habitacionais ao redor do núcleo tradicional acompanhando o traçado viário existente. Região mais atinga do Distrito Federal, Planaltina celebra 160 anos nesta segunda-feira (19) TV Globo/Reprodução Em 1964, a Lei nº. 4.545 de 10 de dezembro dividiu o Distrito Federal em oito regiões administrativas, sendo Planaltina a RA VI. E, assim, na região de 1.537 quilômetros quadrados a 38,5km do Plano Piloto, 177 mil pessoas crescem e formam famílias, segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad), da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan) de 2018. Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.
Veja Mais

19/08 - Previsão indica céu encoberto e chuva nesta segunda-feira em Santa Catarina
Durante a tarde as temperaturas devem cair e ficam entre 11°C e 13°C em muitas cidades. Chuva marca o início da manhã em Florianópolis Odemar Andrade/ NSC TV A segunda-feira (19) será de céu encoberto com possibilidade de chuva a qualquer hora em Santa Catarina. Há chances de algumas aberturas de sol, mas apenas no Oeste catarinense. A previsão é da Central NSC de Meteorologia. As regiões do Litoral, Vale do Itajaí e Norte catarinense poderão ter maiores volumes de chuva. A passagem de uma forte massa de ar frio deixa a segunda-feira gelada. O amanhecer não terá temperaturas muito baixas. Mas, durante a tarde, as marcas devem cair e ficam entre 11°C e 13°C em muitas cidades. Confira a previsão do tempo para a sua cidade no G1 Veja mais notícias do estado no G1 SC
Veja Mais

19/08 - RJ começa ações contra desordem urbana na Zona Sul
Batizada de ‘Marcha da Cidadania e Ordem’, iniciativa mira usuários de drogas em situação de rua e comércio irregular. Governo realiza choque de ordem para combater comércio irregular na Lagoa O governo do RJ começou nesta segunda-feira (19) as operações da Marcha da Cidadania e Ordem, contra a desordem urbana. Equipes de diferentes secretarias e órgãos chegaram às 6h ao Jardim de Alah, na Zona Sul do Rio. A iniciativa mira usuários de drogas em situação de rua e comércio irregular. Moradores de rua que ocupavam as áreas públicas do jardim serão levados para o Centro de Triagem da Prefeitura do Rio, na Ilha do Governador, e abrigados em um hotel parceiro do governo estadual no Centro. Nesta segunda, a Marcha fará a varredura na orla de Ipanema e no Arpoador. "É uma demanda da sociedade pelo seu direito de ir e vir", disse Cleiton de Souza Rodrigues, secretário de Governo e Relações Institucionais de Wilson Witzel. "Vamos elaborar um plano para que esta ação aconteça todos os dias", emendou o secretário. PMs do Leblon Presente imobilizam morador de rua Reprodução/GloboNews No início do mês, o Blog do Edimilson Ávila antecipou o projeto. Em entrevista ao Blog, Cleiton Rodrigues dera detalhes da Marcha e afirmara que a ação começaria pelo Jardim de Alah - como de fato aconteceu. Participam das varreduras: Secretaria Estadual de Governo e Relações Institucionais (Operações Segurança Presente); Fundação Leão XVIII; Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos; Secretaria Estadual de Polícia Civil; Secretaria Estadual de Polícia Militar; Instituto Estadual do Ambiente (Inea); Instituto de Pesos e Medidas (Ipem); Secretaria Estadual de Saúde; Fundação para a Infância e Adolescência (FIA); Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais; Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec); Secretaria Estadual de Trabalho e Renda; Secretaria Estadual de Educação; Secretaria Estadual de Defesa Civil (Corpo de Bombeiros); Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran); Prefeitura do Rio de Janeiro (Comlurb, Guarda Municipal, Controle Urbano e Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos com as assistentes sociais); Controladoria Geral do Estado (Ouvidoria e Transparência Geral do Estado).
Veja Mais

19/08 - Caminhão carregado de grãos pega fogo na BR-376, em Ortigueira
Pista ficou totalmente bloqueada na noite deste domingo (18). Fila chegou a 8 km, segundo PRF. Incêndio em caminhão causou filas de 8 km nos dois sentidos da BR-376. Divulgação/PRF Um caminhão carregado de grãos pegou fogo na BR-376, em Ortigueira, nos Campos Gerais do Paraná, na noite deste domingo (18). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o incêndio bloqueou totalmente a rodovia na altura km 372, o que causou filas de 8 km nos dois sentidos da estrada. O fogo começou por volta das 19h, e a pista foi liberada às 21h. Ninguém ficou ferido. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Veja Mais

19/08 - Emprego: semana começa com 288 vagas de emprego na Grande Vitória
Oportunidades estão disponíveis nas agências do trabalhador das prefeituras de Cariacica, Serra e Vitória. Também há vagas para pessoas com deficiência. A semana começa com 288 vagas disponíveis nas agências do trabalhador das prefeituras de Cariacica, Serra e Vitória. As oportunidades são para cozinheiro, estoquista, fonoaudiólogo, entre outras. Também há vagas para pessoas com deficiência. Os interessados devem ir a uma unidade do Sine e apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência. Na prefeitura de Vitória é necessário acessar o site da Agência do Trabalhador e fazer um cadastro para a vaga pretendida. Vitória 98 vagas Assistente de Vendas Atendente de Telemarketing Capoteiro Cozinheiro Estoquista Fonoaudiólogo Mecânico de Manutenção de Máquinas Mecânico de Automóvel Operador de Caixa Pintor de Automóveis Serra 38 vagas, sendo seis para pessoas com deficiência Auxiliar de Expedição Armador de Ferragens Auxiliar de Manutenção Elétrica e Hidráulica Auxiliar de Linha de Produção Analista Fiscal Caldeireiro Serralheiro Confeccionador de Toldos Eletricista de instalações de veículos automotores Encarregado geral Gesseiro Instrutor de Informática Motorista Carreteiro Mecânico de Automóvel Operador de máquina na fabricação de artefatos de cimento Operador de grua Operador de Pá Carregadeira Pedreiro Vendedor Porta a Porta Estoquista Vendedor Interno Cariacica 152 vagas, sendo 54 destinadas à pessoas com deficiência Dentre as vagas, estão disponíveis: auxiliar administrativo, auxiliar administrativo operacional, recepcionista, auxiliar de cozinha, auxiliar de produção, gerente administrativo. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Veja Mais

19/08 - Após ganhar prêmio internacional, Camerata Jovem do Rio viaja para apresentações na Europa
Grupo formado por jovens que moram em comunidades do RJ ganhou o Swiss Charity Award 2019 e fará concertos na Suíça e na Alemanha. Jovens músicos de projeto social são selecionados para tocar em evento na Alemanha Em meio ao burburinho do Centro do Rio, existe uma sala um tanto quanto escondida que reúne o som de jovens talentos que estavam espalhados pelo estado. São 19 meninos e meninas, com idades entre 17 e 23 anos, que vieram de várias favelas e hoje fazem parte da Camerata Jovem do Rio — um dos grupos do projeto Ação Social pela Música do Brasil (ASMB). Na próxima terça-feira (20), eles estarão de malas prontas para receber o reconhecimento de muito esforço e talento: os jovens ganharam o Swiss Charity Award 2019 e vão fazer várias apresentações na Suíça e na Alemanha. O grupo do Rio de Janeiro foi escolhido entre jovens de 40 países. "Nós ficamos muito felizes de ter aberto essa janela para eles, dentro da situação que eles vivem, e poder mostrar eles para o mundo. Abrir essa janela: 'Olha os talentos do Rio de janeiro'", diz Fiorella Solares, diretora-geral da ASMB. Além da noite da premiação, o grupo também foi convidado para tocar no Tonhalle de Zurique, em comemoração aos 100 anos da ONG Save the Children. Em seguida, eles farão um concerto no Palácio das Nações, sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra, e também na Basiléia. Depois, os jovens vão para a Alemanha, onde farão apresentações em Dusseldorf e Berlim. Essa não é a primeira viagem internacional do grupo. No ano passado, eles se apresentaram na sede da ONU, em Nova York, nos Estados Unidos. Cada uma dessas oportunidades é uma conquista graças à dedicação desses jovens à música. "A gente fica um pouco surpreso ao ver os caminhos que a música nos leva porque se você parar pra pensar, nós somos músicos de um projeto social e todos nós viemos da favela, com uma realidade totalmente diferente. Acho que ninguém nunca imaginou ganhar um prêmio concorrendo com outras pessoas que, provavelmente, não tem a mesma realidade que nós", diz Gilbert Vilela, de 21 anos. 'O que aprendo, eu transmito' A história de Gilbert na música começou antes de ele entrar para a Camerata Jovem do Rio. Hoje com 21 anos, ele tocava num outro projeto que acabou por conta de um corte de verba, mas nem por isso ele se afastou da música. Ao ser remanejado para o grupo da ASMB, ele conheceu o violino. Morador do Morro da Providência, no Centro do Rio, ele também dá aulas de música para crianças da comunidade e toca em uma roda de samba no bar de sua avó. "Eu sou um músico da favela, um dos poucos que tem lá. É como se eu fosse um instrumento de conexão. O que aprendo, eu transmito. A arte está muito desvalorizada no nosso país. A gente tem que acreditar que vai ter uma melhora, uma mudança, que nós seremos valorizados", diz Gilbert. Camerata Jovem do Rio foi premiada com o Swiss Charity Award 2019 Victória Machado / Divulgação Assim como Gilbert, David Nascimento, de 23 anos, também veio de uma comunidade do Rio. Hoje, ele faz faculdade de música na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e toca contrabaixo na Camerata Jovem. "Ando na rua, ando na comunidade sempre com um 'trambolho' nas costas. Chama muita atenção [o instrumento], mas fico honrado em poder fazer isso, fazer arte onde está difícil. Chama atenção das crianças. ‘Tio, o que é isso? É um violino gigante? Uma guitarra gigante? Isso me deixa muito comovido. Eu sempre explico ‘não, isso é um contrabaixo’", diz David. A inspiração para o estudante vai além. Ao G1, ele contou como a música transformou a sua vida. "Quando vejo outros amigos meus indo pra outro lado da vida e eu vejo que a música me trouxe isso, me trouxe viver, me trouxe esperança para um futuro melhor. Quando entrei no projeto que tive que tomar a rédea, tinha que ter notas boas, estar indo pra escola. Eu também andava com pessoas que não eram boas pra mim. Quando eu conheci a música, passei a ter outros exemplos de vida", afirma o estudante. Um dos sonhos de Larissa Santos, de 22 anos, também está perto de ser alcançado. Ela fará pela primeira vez uma viagem internacional e conta que essa vai ser uma realização através da música. "É a primeira vez que eu viajo pra Europa. O meu sonho, desde criança, sempre foi viajar pra Alemanha e esse ano vai acontecer. A música vai realizar meu sonho. Passa um filme porque eu nunca pensei que eu ia alcançar um dia isso, que alcançaria esse objetivo. Era um sonho de criança, mas eu nunca pensei que seria na música", diz Larissa. Jovens da Camerata Jovem do Rio farão apresentações na Suíça e na Alemanha Victória Machado / Divulgação Convite de prefeito alemão Uma das apresentações mais esperadas, segundo Fiorella, será no dia 1º de setembro. "Eles têm dois concertos em Ratingen, mas o mais importante é que eles vão tocar no Dia da Democracia, 1º de setembro. Esse é um convite do prefeito da cidade de Dusseldorf e ele vai estar recebendo vários prefeitos da Europa. Nada mais importante para o ASMB que ter um grupo de jovens cariocas, com tanta brasilidade, talento, beleza, representando o Brasil nesse dia em uma comemoração da Alemanha", destacou Fiorella. A diretora do grupo ressalta ainda que esse será o momento de pensar no significado dessa conquista para o grupo de jovens de comunidades do Rio de Janeiro. "É algo que me chama muito a atenção pensar 'o que significa tudo isso'? O Brasil levando seus jovens para comemorar o Dia da Democracia num país avançado, que é dono e senhor da sua democracia", diz Fiorella. Camerata Jovem do Rio fará apresentações na Suíça e na Alemanha Victória Machado / Divulgação
Veja Mais

19/08 - Motorista atropela três moradores de rua no centro de SP e foge sem prestar socorro
Uma das vítimas está em estado grave. Condutor não foi identificado Três moradores de rua foram atropelados no centro de São Paulo Três moradores de rua foram atropelados na Rua Conselheiro Nébias, na bifurcação com a Avenida São João, no Centro de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (19). O motorista, que dirigia um sedan de luxo prata, fugiu sem prestar socorro. Os três homens, que não possuíam documentos de identidade, foram levados para os hospitais da região. Dois deles foram para a Santa Casa e o terceiro, que está em estado grave, foi encaminhado para o Hospital das Clínicas. Nenhum deles corre risco de morte. O caso foi registrado no 2º DP do Bom Retiro, também no Centro da capital. Moradores de rua foram atropelados no Centro de São Paulo Reprodução/TV Globo
Veja Mais

19/08 - Cora vive na memória das pessoas, nos seus versos e na casa que nunca deixou de ser dela na cidade de Goiás
O museu dedicado à poetisa leva o visitante de volta ao tempo que ela ali morava, cozinhava, conversava e escrevia. Cora vive na memória das pessoas, nos seus versos e na casa que nunca deixou de ser dela Quem se interessa pela obra e vida de Cora Coralina logo percebe que, na cidade de Goiás, é como se ela ainda vivesse de alguma forma. Ela completaria 130 anos nesta terça-feira (20), quando acontecem várias homenagens à poetisa (veja aqui a programação). Sem dúvida, ela está na memória das pessoas, no ar e, claro, nos versos que ela deixou. A principal responsável por manter a história dela viva é a Associação Casa de Cora Coralina (ACCC), que administra e mantém o museu de mesmo nome. Ele funciona na “casa da ponte”, que sempre foi da família da poetisa e onde ela viveu todos os 30 anos que morou em Goiás – um pouco na infância e muito na velhice. À frente de tudo está uma pessoa que pode se considerar pupila de Cora: Marlene Vellasco. Professora aposentada e coordenadora do local, ela fala da poetisa como uma neta fala de uma avó por quem tem profunda admiração, carinho e respeito. “Para mim é um orgulho poder ser a pessoa que faz isso. Eu vivo ela 24 horas por dia. Passo mais tempo aqui [no museu] do que em qualquer outro lugar. É uma honra para mim ter convivido tanto com ela. Ela me ensinou tanto. A gente conversava muito”, lembrou. Em cada centímetro da casa tem uma parte da poetisa, e o museu foi planejado para passar o máximo dela para os visitantes. "Ela inspirava pelo jeito de ser. Os poemas traduziam quem ela era, como ela era: muito à frente do seu tempo mesmo”, contou. Marlene disse que um dos objetivos do museu é manter a casa como ela é, e dar continuidade ao legado da Cora: incentivando a leitura, ensinando pelo exemplo de humildade, superação, força feminina e valorização do trabalho, entre tantas outras características que a faziam a referência que é até hoje. Entre esses traços da Cora, um que chama a atenção e que permeia muitos dos versos dela é a empatia e identidade que ela cria com as pessoas "invisíveis". Em um tempo cheio de machismo e preconceito, ela falava de prostitutas com se fossem suas irmãs. Acolhia a andarilha Maria Grampina e o jardineiro Seu Vicente. "Mulher da Vida, Minha irmã. De todos os tempos. De todos os povos. De todas as latitudes. Ela vem do fundo imemorial das idades e carrega a carga pesada dos mais torpes sinônimos, apelidos e ápodos: Mulher da zona, Mulher da rua, Mulher perdida, Mulher à toa. Mulher da vida, Minha irmã" Quem conviveu com ela se lembra que Maria Grampina passou a morar nos fundos da casa da Cora, mas “não dormia lá em cima no quarto porque não queria, não foi por falta da Cora chamar”, lembrou Marlene. “Você pode reparar. Nos poemas dela, ela não exaltava os grandes homens do estado. Eram os marginalizados, os esquecidos. Ela dava voz a quem não tinha. Talvez pela sensibilidade, humildade e por ser de uma geração entre a escravatura e a república, ela tinha muito essa visão social”, completou. Casa de Cora Coralina, na cidade de Goiás Vitor Santana/G1 Mais uma prova é que, num tempo em que as mulheres eram ainda vistas ainda menos como figuras fortes, independente e empoderadas, Cora falava, às vezes, como uma feminista. “Escrevia versos e era sofisticada. / Você teve medo. / O medo que todo homem sente / da mulher letrada”, afirmou em um dos seus poemas. Outro tema recorrente na vida, no dia a dia e, consequentemente, nos versos da poetisa era o valor ao trabalho. Cora foi vendedora de tecidos, vendedora de flores, e doceira. Sempre ativa, ela dizia que não conseguir trabalhar deveria ser uma das maiores frustrações de um homem, como lembrou Marlene. Outra lembrança vívida na memória de Marlene é a forma como ela fazia tudo: com muito zelo e carinho. No caso dos doces, por exemplo, não era incomum haver doceiras na cidade, mas os dela eram especiais. “A maioria das pessoas vendia doces em calda, mas ela fazia cristalizados. Assim, ela conseguia colocar vários em uma caixinha, fechava tudo com muito cuidado e colocava um laço de fita. Com ela era sempre assim. E ela vendia tudo aqui na porta mesmo da casa dela. Daí aproveitava que as pessoas vinham comprar os doces, e oferecia os livros”, contou Marlene. Casa de Cora Coralina, na cidade de Goiás Vitor Santana/G1 Talvez toda a dedicação venha também de uma visão positiva, esperançosa da vida. A pupila de Cora recorda-se de uma “avó” que sempre falava das dificuldades como “pedras”, mas as encarava como oportunidade de aprender. “Não tem na obra dela palavras negativas, de derrota. Ela sempre falava de superação das dificuldades. Como ela dizia ‘quebrando pedras e plantando flores’”, disse. Marlene acredita que, se ainda estivesse viva, Cora se daria muito bem nos dias de hoje, porque era muito moderna, sempre querendo se atualizar. “Ela teria tudo: blog, redes sociais. Era muito antenada”, brincou. Até mesmo por isso, o Museu tenta se manter atual, sem perder a essência, claro. Há cerca de dois anos eles começaram a receber ajuda de professores e estudantes da Universidade Federal de Goiás (UFG) para modernizar o espaço. “Eles criaram essa linha do tempo em que você pode ver os acontecimentos importantes da vida dela, e a poesia em todas as formas: projeções no vapor, representando o ar, na bica, que é a água, e nas paredes. Nosso próximo desafio é o cheiro”, revelou. Estátua de Cora Coralina, em Goiás Vitor Santana/G1 Na casa estão expostos manuscritos quase centenários e fotografias históricas ao lado de projeções digitais e espaços interativos. O passeio começa pela antiga sala da casa, preservada com os mesmos móveis da época, passando pela cozinha, quintal e quarto da poetisa. Também no museu, há um espaço no enorme quintal em que os poemas dela são sussurrados pelas árvores. Basta ficar ali para ouvir os versos, se aproximando da realidade dela, que dizia “conversar com formiguinhas” naquele mesmo ambiente. Vive dentro de mim uma cabocla velha de mau-olhado, acocorada ao pé do borralho, olhando para o fogo. Benze quebranto. Bota feitiço… Ogum. Orixá. Macumba, terreiro. Ogã, pai-de-santo… Vive dentro de mim a lavadeira do Rio Vermelho. Seu cheiro gostoso d’água e sabão. Rodilha de pano. Trouxa de roupa, pedra de anil. Sua coroa verde de São-caetano. Vive dentro de mim a mulher cozinheira. Pimenta e cebola. Quitute bem feito. Panela de barro. Taipa de lenha. Cozinha antiga toda pretinha. Bem cacheada de picumã. Pedra pontuda. Cumbuco de coco. Pisando alho-sal. Vive dentro de mim a mulher do povo. Bem proletária. Bem linguaruda, desabusada, sem preconceitos, de casca-grossa, de chinelinha, e filharada. Vive dentro de mim a mulher roceira. -Enxerto de terra, Trabalhadeira. Madrugadeira. Analfabeta. De pé no chão. Bem parideira. Bem criadeira. Seus doze filhos, Seus vinte netos. Vive dentro de mim a mulher da vida. Minha irmãzinha… tão desprezada, tão murmurada… Fingindo ser alegre seu triste fado. Todas as vidas dentro de mim: Na minha vida – a vida mera das obscuras! Museu Casa de Cora Coralina Aberto de terça a sábado entre 9h e 16h45; aos domingos e feriados entre 9h e 13h Endereço: Rua Dom Cândido, nº 20, Centro - cidade de Goiás Outras informações no site Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Veja Mais

19/08 - Técnico de escola de futebol é preso suspeito de abusar de alunos em Belo Horizonte
Homem de 56 anos teria cometido os abusos no bairro Braúnas, na Região da Pampulha. À polícia, ele negou as acusações. Técnico de escola de futebol é preso suspeito de abusar de alunos em Belo Horizonte Um técnico de uma escola de futebol, de 56 anos, foi preso suspeito de abusar sexualmente dos alunos. De acordo com a Polícia Militar (PM), os supostos abusos foram cometidos por Marcus Vinícius Folco e teriam acontecido na escolinha, no bairro Braúnas, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. A polícia chegou até o suspeito depois que o pai de um dos meninos treinados por ele disse que o filho teria sofrido abusos do técnico. Esse pai também contou aos policiais que outras três crianças foram vítimas. A polícia já ouviu o depoimento desses meninos, que confirmaram os abusos. Alguns contaram que o técnico exibia vídeos pornográficos, acariciava os órgãos sexuais e pagava de R$ 5 a R$ 10 para praticar sexo com elas. Um dos meninos disse que o técnico ameaçou acabar com a escolinha caso ele contasse para os pais o que acontecia. A polícia prendeu o suspeito e o caso foi encaminhado à Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente. Em depoimento, Folco negou ter cometido os crimes. A escola informou que o técnico foi desligado na sexta-feira (16).
Veja Mais

19/08 - Brasileira que participou de protestos em Hong Kong diz que ameaça chinesa não vai parar manifestantes
'Jovens, crianças, famílias inteiras vão aos protestos. É de arrepiar', afirmou. Cônsul diz que comunidade brasileira está preocupada, mas não sofre impacto direto das manifestações. Espectadores observam manifestantes em Hong Kong, neste domingo (18) Tyrone Siu/ Reuters A brasileira Eleonor*, que mora em Hong Kong desde 2012, participou das primeiras manifestações populares pró-democracia no território semiautônomo e não acredita que as ameaças chinesas irão conter a onda de protestos. Há mais de dois meses, a ex-colônia britânica é palco de grandes mobilizações populares contra o que os manifestantes consideram uma crescente influência da China e o governo de Carrie Lam, acusada de ser pró-Pequim. Na semana passada, tropas chinesas foram posicionadas em Shenzhen, cidade vizinha a Hong Kong, após o governo chinês dizer que havia identificado sinais de terrorismo durante os protestos. “Eu acho que os chineses têm a intenção de fazer os manifestantes sentirem medo e desistirem de ir adiante. Mas eles vão continuar, sim. Eu acho que as tropas só entrariam em Hong Kong no último caso”, diz a autônoma de 31 anos, que foi moradora do Rio de Janeiro. Manifestantes se concentram em área com vista para o Conselho Legislativo de Hong Kong durante protesto neste domingo (18) Lillian Suwanrumpha / AFP Eleonor foi às ruas no início do movimento, que começou em 9 de junho ao mesmo tempo em sete distritos estratégicos de Hong Kong. A mobilização começou por causa de um projeto de lei — atualmente suspenso — que previa a extradição de cidadãos de Hong Kong para julgamento na China. Posteriormente, os manifestantes ampliaram a pauta de reivindicações e dizem que lutam contra a erosão do arranjo "um país, dois sistemas" — que confere certa autonomia a Hong Kong desde que a China retomou o território do Reino Unido, em 1997. Brasileiros em Hong Kong falam de protestos nas ruas “Jovens, crianças, famílias inteiras vão aos protestos. É de arrepiar. Os manifestantes são gentis, educados. Ônibus e ambulâncias passam no meio do protesto. Mas, infelizmente, a polícia começou a repreender cada vez de maneira mais agressiva”, conta. Eleonor* tirou uma única foto durante os protestos. 'É de arrepiar', disse Arquivo pessoal/G1 Manifestantes usam roupas pretas e muitos cobrem os rostos com medo de serem identificados pelas autoridades e sofrerem sanções judiciais. “Tem um grupo que fica à frente e, por isso, usam muito guarda-chuva por causa do gás lacrimogêneo e do spray de pimenta. O grupo que está mais atrás é pacífico, são pessoas que querem protestar”, conta. No início, os protestos foram majoritariamente pacíficos e, com o passar do tempo, foram registrados confrontos com as forças de segurança. Os conflitos teriam afastado alguns participantes, embora a mobilização siga firme, como mostra a manifestação pacífica que reuniu milhares no domingo. Apesar da chuva, organizadores dizem que levaram 1,7 milhão às ruas. O governo local fala em 128 mil. A CNN não pode verificar as informações de maneira independente. Segundo a brasileira, em outras ocasiões houve relatos de que policiais disfarçados foram infiltrados no movimento “para provocar confusão, poder acusá-lo de baderneiro e poder prender seus integrantes”. Eleonor deixou de ir por medo de prejudicar o marido, que abdicou da nacionalidade brasileira. “Eu vi poucos estrangeiros nas ruas. Eu tenho medo de ser identificada e que a política de Hong Kong aja para prejudicar uma possibilidade de trabalho do meu marido na China”, conta. 'Hong Kong longe de ser livre' “Porém, eu apoio a ideia de brigar pela liberdade. Me incomoda a falta de liberdade de pensamento mesmo antes da liberdade de expressão. É melhor que a China? É, porque você vê um pouco mais de liberdade, mas está longe de um país onde as pessoas podem protestar ou decidir alguma coisa”, afirma. Manifestantes passam em frente a muro com a mensagem ‘Hong Kong Livre’ neste domingo (18) Thomas Peter/ Reuters Para a autônoma, os moradores de Hong Kong são muito obedientes com relação às determinações do governo. “O governo determina, e assim é feito. Isso é bom por um lado: as coisas funcionam justamente porque eles obedecem às leis”, observa. “Porém, tem um lado ruim: eles não têm liberdade para pensar ‘fora da casinha’ nunca. Até por isso esse movimento é tão revolucionário, mesmo que nós sejamos sufocados”. A brasileira acredita que a ideia de “busca pela liberdade e a certeza de que o povo tem poder contra os desmandos do governo local, que é visto como governo chinês disfarçado, ficarão para sempre implantados na cultura local”. ‘Não temos escolha’ A consultora de negócios internacionais gaúcha Jéssica Franz, que mora há sete anos no território semiautônomo, não foi às ruas, mas tem amigos que foram e também não acredita que os manifestantes vão desistir por causa das ameaças feitas pela China até agora. “A maioria dos manifestante é composta de jovens, estudantes. Eles têm medo do que possa ocorrer, sim, mas isso não será motivo para que eles desistam. Apesar do medo de serem atacados, a resposta deles é sempre ‘não temos escolha, precisamos sair às ruas’ ”, afirma. Consultora de negócios internacionais Jéssica Franz mora em Hong Kong há quase 7 anos e não participa dos protestos Jéssica Franz/ Arquivo Pessoal Jéssica disse que amigos nascidos em Hong Kong demostram tristeza e bastante preocupação com o futuro. “Eles se sentem sozinhos, sem um governo local que os proteja, que realmente os escute. Por isso, acreditam que devem lutar pelos seus direitos, já que ninguém lutará por eles”, observa. Ela conta que, quando os protestos acontecem no meio da semana, muitas empresas orientam os funcionários a não saírem de casa. “Eles pedem que os funcionários façam home office para evitar pegar transporte público ou andar na rua. Em um dos maiores protestos ocorridos, o comércio fechou cedo (no meio da tarde), o que é bastante incomum em Hong Kong, que é uma cidade em que o comércio funciona de domingo a domingo”, conta. Jéssica já morou um ano na China continental e vê Hong Kong como um país totalmente diferente. Cartaz com a mensagem ‘Aos jovens, obrigado’ é visto durante protesto em Hong Kong neste domingo (18) Vincent Thian/AP “Há muito controle do Estado na China, controle de informação, e liberdade bastante limitada. Lembro-me que quando morava lá minha internet era bastante lenta e não conseguia acessar o Facebook ou outras mídias sociais. A língua também é um problema para os estrangeiros. O chinês não fala inglês e você precisa aprender o mandarim para se comunicar muitas vezes”, lembra. “Já Hong Kong é uma cidade muito aberta e internacional. Não há controle de informação ou da internet. Na maioria das vezes é possível se comunicar com os locais em inglês”, observa. Jéssica trabalha em uma companhia que dá consultoria a empresas que querem se estabelecer no território. Ela acredita que as questões econômicas podem conter uma ação chinesa mais dura. “Creio que a China será cuidadosa, pois ela faz muitos negócios com os EUA via Hong Kong para escapar das atuais leis protecionistas. Essas leis só são válidas enquanto os americanos reconhecerem Hong Kong como um território soberano. Se a China resolvesse atacar com mais agressividade, o território poderia perder o status de autônomo e essa lei cair”, analisa. Sem impacto para comunidade brasileira O cônsul-geral do Brasil em Hong Kong, Piragibe Tarragô, afirma que até o momento não há relatos de problemas diretamente relacionados à comunidade brasileira por causa da onda de protestos. “Os brasileiros estão preocupados com relação ao rumo que os protestos podem tomar. Eles sempre apreciaram a tranquilidade e segurança de viver nesta cidade. Agora estão um pouco inquietos, pois não sabem se essa tranquilidade será restabelecida”, afirma o cônsul. Na avaliação do diplomata, que mora há dois anos e meio na cidade, o que preocupa especialmente empresários brasileiros são os impactos na atividade econômica. “Porém, a detectada queda na atividade econômica de Hong Kong também teria a ver com a guerra comercial EUA-China e a desaceleração da economia global. Como a economia é muito aberta, Hong Kong sente os efeitos imediatamente”, analisa. “Do lado dos empresários locais que têm contato com o consulado, ouve-se o mesmo tipo de preocupação [mais econômica do que política]”. *Por questões de segurança, a reportagem omitirá o nome da entrevistada. Initial plugin text
Veja Mais

19/08 - Mulher é encontrada morta ao lado de campo de futebol em Fortaleza
De acordo com a Polícia Militar, moradores encontraram o corpo da vítima no matagal e acionaram os agentes. Mulher é encontrada morta ao lado de campo de futebol em Fortaleza. Rafaela Duarte/Sistema Verdes Mares Uma mulher foi encontrada morta ao lado de campo de futebol no Conjunto Habitacional Cidade Jardim II, no Bairro José Walter, em Fortaleza, na noite deste domingo (18). De acordo com a Polícia Militar, moradores encontraram o corpo da vítima no matagal e acionaram os agentes. Ainda segundo os policiais, a mulher de aproximadamente 18 anos de idade foi encontrada sem documentação, com roupas e com sinais de que foi morta por uma arma branca. Equipes da Perícia Forense, da Polícia Militar e Polícia Civil foram ao local para atender a ocorrência. O caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.
Veja Mais

19/08 - Caminhoneiro que invadiu pista contrária da BR-101 é liberado em audiência de custódia
Acidente deixou mulher morta e sete feridos, no Recife. Edvaldo Odilon José vai responder em liberdade por homicídio culposo e lesão corporal de trânsito. Vídeo mostra caminhão perdendo controle momentos em acidente com um morto e 7 feridos O motorista do caminhão que invadiu a pista contrária da BR-101, no Recife, e atingiu três veículos, deixando uma mulher morta e outras pessoas feridas, no sábado (17), foi liberado em audiência de custódia, realizada na noite domingo (18). Edvaldo Odilon José, de 34 anos, havia sido preso em flagrante pela Polícia Civil por por lesão corporal de trânsito e homicídio culposo, quando não há intenção de matar. (Veja vídeo acima) O acidente aconteceu próximo ao Viaduto da Caxangá, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste da capital. Uma câmera flagrou o momento em que o motorista perdeu o controle do veículo e quebrou o canteiro central da rodovia. Ao invadir a pista contrária, ele atingiu três carros: um Sandero, um Logan e um Siena. No último veículo, segundo a Polícia Civil, estava Gabriele Gadelha da Silva Pontes, de 32 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. As outras pessoas feridas foram socorridas para unidades de saúde pelo Corpo de Bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Caminhão invadiu a pista contrária da BR-101, no bairro da Iputinga, no Recife, e atingiu outros três veículos, no sábado (17) Corpo de Bombeiros/Divulgação No sábado, o motorista relatou à Polícia Rodoviária Federal (PRF) que vinha de Paulista, no Grande Recife, com destino ao Porto de Suape, onde iria abastecer o caminhão-tanque. Ele relatou aos policiais, ainda, que uma motocicleta fez uma manobra na frente dele e, pra não colidir, ele puxou o caminhão para a esquerda. O inspetor da PRF, Paulo Arcoverde, apontou que não foram detectados sinais de embriaguez no motorista do caminhão. Os quatro veículos envolvidos no acidente foram periciados pelo Instituto de Criminalística (IC) no mesmo dia do acidente. A Delegacia de Delitos de Trânsito fica responsável por concluir as investigações sobre o caso. Caminhão invadiu pista contrária e bateu em três veículos, deixando uma mulher morta, na BR-101, no Recife, neste sábado (17) Corpo de Bombeiros/Divulgação
Veja Mais

19/08 - AO VIVO: Assista ao Jornal da Manhã
Confira a edição desta segunda-feira (19), com apresentação de Ricardo Ishmael e Camila Oliveira. AO VIVO: Assista ao Jornal da Manhã Confira a edição desta segunda-feira (19), com apresentação de Ricardo Ishmael e Camila Oliveira.
Veja Mais

19/08 - Quem é Papatinho, produtor que começou gravando em garagem e agora faz feat de Cardi B e Anitta
Carioca de 32 anos aprendeu sozinho a criar 'beats', fundou ConeCrewDiretoria e usa experiência no rap para internacionalizar o funk: 'Estão virando uma coisa só'. Papatinho não canta. Mas já assinou música com seu nome bem ao lado de Snoop Dogg. É assim em quase todos os seus trabalhos. O carioca de 32 anos levanta a bandeira da valorização do ofício de produtor. E, em breve, vai se ver de novo entre os maiores do rap: é ele o responsável pela batida da recém-anunciada parceria de Anitta com a estrela americana Cardi B. Initial plugin text "Nos anos 90, queria saber quem produzia as músicas e não tinha [essa informação]. Comecei a ver acontecendo lá fora. Quando passei a produzir para os artistas, comecei a fazer questão de assinar", conta ao G1. Por isso, ele nunca foi um nome por trás do ConeCrewDiretoria, fenômeno da música independente que o lançou no cenário do rap brasileiro. Sempre esteve à frente, citado como integrante ao lado dos MCs. A banda surgiu em 2005, quando Papatinho deu forma às primeiras músicas do grupo no estúdio na garagem de um amigo. O grupo ConeCrewDiretoria, com Papatinho no centro Divulgação "Nunca tinha entrado num estúdio na vida. Levei meus três primeiros beats e um monte de papeis cheios de letras", lembra. "Saímos de lá com um CD gravado e pedimos para um amigo, que tinha som no carro, tocar. Aí fu***. Depois disso, não teve uma noite que não tenha tentado fazer beat." O interesse por música surgiu depois da paixão por tecnologia. Na adolescência, Papatinho gostava de fuçar softwares de edição na internet. Foi assim que aprendeu a criar batidas por conta própria. "Não tinha onde estudar, não existiam tutoriais como hoje." 'A galera do pop' O trabalho no ConeCrew abriu portas para parcerias com nomes como Gabriel O Pensador, Marcelo D2, Criolo e Black Alien - com o último, em um dos discos mais elogiados de 2019. De repente, começou a aparecer também "a galera do pop". "O rap está muito inserido no pop americano hoje. Rihanna e Beyoncé têm produtores que são do rap. Quando Anitta e Ludmilla me procuram, é isso que elas querem. Essa galera não quer uma coisa careta", explica. Com as duas brasileiras, Papatinho trabalhou em "Onda diferente", música do álbum mais recente de Anitta que tem a participação de Snoop Dogg. O produtor já conhecia o rapper desde 2015 - ele já havia escutado seu som no ConeCrew. Para a nova parceria com a cantora, ele disse ter trabalhado por 18 horas em busca do beat perfeito. Cardi B escolheu justamente um que tem uma participação póstuma de Mr. Catra (1968-2018), ícone do funk. "Agora o rap e o funk estão muito unidos, estão virando uma coisa só", analisa. Os dois gêneros também se unem no estúdio do selo de gravação criado por Papatinho, o Papatunes. Além de Anitta e Ludmilla, estão entre os frequentadores do espaço MV Bill, MC Marcinho, Gabriel O Pensador, Kevin O Chris - até Cleo Pires, que jogava videogame enquanto o produtor falava com o G1. Só falta Cardi aparecer por lá.
Veja Mais

19/08 - 'Te amo sem compromisso' é a 'Shallow' do funk? Hit fictício em 'Sintonia' é candidata a sucesso real
Música da série de Kondzilla para a Netflix tem 'ghost writer' de 'Olha a explosão' e a voz do ator e cantor Jottapê, mas é assinada pelo personagem Doni; G1 mostra e comenta em VÍDEO. G1 Ouviu - MC Doni - 'Te amo sem compromisso' “Te amo sem compromisso”, do MC Doni, pode seguir caminho semelhante ao de "Shallow", música de Lady Gaga em "Nasce uma estrela": de hit ficcional a sucesso real. Ouça trecho e veja comentário do G1 Ouviu acima. A música está na série "Sintonia”, do diretor Kondzilla para a Netflix. Não é só trilha, mas parte da história. É o hit do personagem Doni, um dos protagonistas da história, que sonha em ser estrela do funk. A letra tem um estilo pegador, mas bonzinho, que tem a ver com o estilo do Kevinho. É um funk pop acessível. O Doni pode ser considerado um Kevinho de laboratório Mas o intérprete é o MC Jottapê, ator da série. Ele fez o “Menino da Porteira” quando criança e virou funkeiro. O Jottapê está estourado com a música “Sentou e gostou”, versão de Old Town Road. Autor é o mesmo de 'Olha a explosão' Mas quem escreveu “Te amo sem compromisso” foi o Ezequias Rocha Gomes, o MC EZ. Ele é conhecido nos bastidores do funk por paródias de vários hits e também por composições originais. O MC EZ é o autor de “Olha a explosão”, o maior hit do Kevinho, por exemplo. Ele já tem 119 composições cadastradas no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). A produção e coautoria é do duo Tropkillaz, parceiros em hits de Anitta, Karol Conka e outras. Eles fizeram toda a trilha original da série. "A gente fez varias sessões juntos pra criar as musicas com a cara dos personagens, ainda antes de começarem as filmagens, porque elas foram usadas em cena", contou ao G1 o produtor Zegon, do Tropkillaz. Recapitulando esse "Inception" do funk "Te amo sem compromisso": é uma música que emula o estilo do MC Kevinho, feita pelo compositor MC EZ, interpretada pelo ator e MC Jottapê, mas o lançamento é assinado como Mc Doni, o personagem. É complicado, mas o resultado é um funk chiclete que pode pegar além de "Sintonia". Ouça abaixo o programa G1 Ouviu completo desta semana, que também teve Marília Mendonça, Taylor Swift, Barão Vermelho e Normani: De 'Menino da porteira' (esquerda) a 'Old time road', JottaPê fez sucesso encarnando jovens caubóis. Agora, tenta a sorte no ambiente urbano em 'Sintonia', nova série de Kondzilla na Netflix Divulgação
Veja Mais

19/08 - País tem quase 200 concursos abertos para mais de 25 mil vagas; veja lista
Cargos são em todos os níveis de escolaridade. Salários chegam a R$ 35.462,22 no Tribunal de Contas de Rondônia Ao menos 197 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (19) e reúnem mais de 25 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 35.462,22 para vaga de procurador no Tribunal de Contas de Rondônia. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. CONFIRA AQUI A LISTA COMPLETA DE CONCURSOS E OPORTUNIDADES Entre os principais concursos federais e estaduais abertos estão: Aeronáutica, que oferece 372 vagas em dois concursos: um para 120 vagas e outro para 252; Exército, com 258 vagas em quatro seleções: uma 98 vagas e outro para 10; Polícia Militar de São Paulo (2.700 vagas) e Polícia Militar do Paraná (110 vagas); Secretaria da Saúde de Santa Catarina (769 vagas). Concursos TV Fronteira Arte/G1 Nesta segunda-feira, pelo menos 12 órgãos abrem o prazo de inscrições para 582 vagas. Veja abaixo as informações de cada concurso: Prefeitura de Carmópolis de Minas (MG) Inscrições: até 17/09/2019 93 vagas Salários de até R$ 2.722,10 Cargos de nível fundamental, médio e superior Veja o edital Prefeitura de Bombinhas (SC) Inscrições: até 19/09/2019 122 vagas Salários de até R$ 15.757,99 Cargos de nível fundamental, médio e superior Veja o edital Prefeitura de Pedra Azul (MG) Inscrições: até 20/09/2019 117 vagas Salários de até R$ 15.757,99 Cargos de nível fundamental, médio e superior Veja o edital Prefeitura de Aparecida do Rio Doce (GO) Inscrições: até 22/09/2019 34 vagas Salários de até R$ 2.818,80 Cargos de nível fundamental, médio e superior Veja o edital Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT) Inscrições: até 22/09/2019 21 vagas Salários de até R$ 5.616,19 Cargos de nível médio e superior Veja o edital Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina Inscrições: até 18/09/2019 6 vagas Salários de até R$ 4.581,62 Cargos de nível superior Veja o edital Prefeitura de Campina Grande do Sul (PR) Inscrições: até 09/09/2019 18 vagas Salários de até R$ 12.500,00 Cargos de nível superior Veja o edital Prefeitura de São José do Seridó (RN) Inscrições: até 23/08/2019 29 vagas Salários de até R$ 16.000,00 Cargos de nível médio e superior Veja o edital Prefeitura de São Gabriel da Palha (ES) Inscrições: até 22/08/2019 28 vagas Salários de até R$ 998 Cargos de nível médio e superior Veja o edital Prefeitura de Rio Formoso (PE) Inscrições: até 20/09/2019 18 vagas Salários de até R$ 1.250,00 Cargos de nível médio Veja o edital Prefeitura de São José do Xingu (MT) Inscrições: até 31/08/2019 95 vagas Salários de até R$ 8.518,49 Cargos de nível fundamental, médio e superior Veja o edital Prefeitura de Magda (SP) Inscrições: até 26/08/2019 1 vaga Salários de até R$ 4.532,32 Cargo de nível superior Veja o edital
Veja Mais

19/08 - Emprego: oito cidades reúnem 124 vagas no Grande Recife e Zona da Mata
Oportunidades estão em Camaragibe, Cabo, Goiana, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paulista, Recife e Vitória de Santo Antão. Há vagas para auxiliar e chefe de cozinha Fred Loureiro/ Secom-ES Oito cidades do Grande Recife e da Zona da Mata oferecem, nesta segunda-feira (12), 124 vagas de emprego, segundo a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq). Há oportunidades nas áreas de comércio, saúde, serviços, entre outras. Dezesseis delas são para pessoas com deficiência. As vagas estão nas cidades de Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Ipojuca, Nazaré da Mata, Paulista, Recife e Vitória de Santo Antão. Caso haja interesse em alguma delas, é necessário comparecer a uma das unidades da Agência do Trabalho. Confira as oportunidades Vagas em Camaragibe Vagas no Cabo de Santo Agostinho Vagas em Goiana Vagas em Ipojuca Vagas em Nazaré da Mata Vagas no Recife Vagas em Vitória de Santo Antão Vagas para pessoas com deficiência
Veja Mais